• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2014.tde-11112014-160156
Documento
Autor
Nome completo
José Henrique Bazani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2014
Orientador
Banca examinadora
Gonçalves, José Leonardo de Moraes (Presidente)
Barros, Nairam Felix de
Pavinato, Paulo Sergio
Título em português
Eficiência de fertilizantes fosfatados solúveis e pouco solúveis, com ou sem complexação com substâncias húmicas, em plantações de eucalipto
Palavras-chave em português
Eucalyptus
Fertilização
Fósforo
Nutrição
Produtividade
Resumo em português
A fertilização tem proporcionado aumento de 30 a 50% da produtividade dos povoamentos de eucalipto, e tem no fósforo (P) um dos principais nutrientes responsáveis por estas respostas. Ambientes tropicais altamente intemperizados diminuem a disponibilidade do P no solo em função das reações de adsorção com os minerais de argila e precipitação com os cátions Fe, Al e Ca. O manejo adequado da fertilização fosfatada contribui para a otimização dos custos inerentes à atividade de fertilização e para manutenção da competitividade técnicofinanceira das plantações florestais. Diversas são as opções de fornecimento de P às plantas. Em geral, as fontes fosfatadas distinguem-se pela concentração, forma e solubilidade do P, mas apresentam a menor taxa de recuperação pelas plantas entre os macronutrientes. Novas tecnologias de fertilizantes fosfatados estão sendo desenvolvidas visando aumentar esta eficiência de utilização, as quais necessitam de validação e comprovação dos seus efeitos em condições reais de crescimento do povoamento. Uma alternativa para aumentar a eficiência do P é a complexação deste com substâncias húmicas (complexo P-metal-SH), pois podem diminuir os processos de adsorção e possibilitar o maior aproveitamento do nutriente. Constatou-se que é possível obter crescimento satisfatório do povoamento de Eucalyptus grandis apenas com a utilização de fontes fosfatadas totalmente solúveis, durante os dois primeiros anos de crescimento. Estas fontes tiveram efeito benéfico na sanidade e na uniformidade do povoamento. A utilização do fosfato natural reativo proporcionou comportamentos distintos no acúmulo de P nas plantas. Em condições de maior disponibilidade hídrica no solo, houve maior absorção de P pelas plantas relativamente ao período de maior limitação hídrica, fato que não foi observado com a utilização de fontes solúveis. O complexo P-metal-SH se mostrou uma alternativa tecnicamente viável, proporcionando oportunidades de ganho na eficiência de utilização do P e na produção de madeira. As respostas às diferentes fontes fosfatadas foram mais evidentes nos meses iniciais de crescimento do povoamento e diminuíram com o passar do tempo. Sob elevada deficiência hídrica do solo, esses efeitos foram menos pronunciados, em função da limitação do crescimento das plantas. Não houve grande diferença de crescimento das plantas em relação às fontes fosfatadas usadas, refletindo em oportunidades econômicas e logísticas que estão atreladas à escolha do fertilizante. Fontes de maior concentração possibilitam redução nos custos de formação do povoamento, em função da diminuição dos gastos com transporte e armazenamento, e permitem a obtenção de maiores rendimentos operacionais no momento da aplicação do fertilizante no campo. Contudo é preciso maior clareza quanto aos efeitos residuais da fertilização fosfatada, com suas diferentes fontes, nas rotações de cultivo subsequentes (em especial quanto ao manejo da talhadia). Estudos para entender a participação de formas de P presentes no solo não detectáveis nas análises de rotina (principalmente o P orgânico), no fornecimento de P às plantas, podem auxiliar os programas de fertilização a aperfeiçoar o uso do P em plantações florestais.
Título em inglês
Efficiency of soluble and poorly soluble phosphate fertilizers, with or without complexation with humic substances, in Eucalyptus plantations
Palavras-chave em inglês
Eucalyptus
Fertilization
Nutrition
Phosphorus
Productivity
Resumo em inglês
Fertilization has provided a 30-50% increase on Eucalyptus plantations productivity, and phosphorus (P) is one of the main nutrients responsible for this response. Highly weathered tropical soils reduce the availability of P applied during fertilization due to adsorption reactions with soil clay minerals and complexation with Fe, Al and Ca cations. Proper management of phosphate fertilization contributes to optimize the costs of fertilization and to maintain the economic competitiveness of forest plantations. There are several options for supplying P to plants. In general, phosphate sources differ in concentration, form and P solubility, however exhibit the lowest recovery rate by plants among the macronutrients. New technologies of phosphate fertilizers are being developed to increase this efficiency, which need validation and evidences of its effects on real growth conditions. An alternative to increase P efficiency is complexation with humic substances (P-metal-HS complex), once this method decreases the adsorption processes and provides a better utilization of this nutrient. This study showed a satisfactory growth of Eucalyptus grandis plantation only with the use of fully soluble phosphorus sources during the first two years of the stand. These sources positively affected healthiness and uniformity of the stand. The use of natural reactive phosphate caused different behaviors on P accumulation in plants. With high soil water availability there was a higher P uptake by plants compared with water limitation periods, this fact that was not observed when soluble sources were used. The P-metal-HS complex proved to be a technically feasible alternative to increase P utilization and wood production. The responses to the different phosphorus sources were more evident during the early months of forest growth and decreased over time. Under high soil water stress, these effects were lower due to plant growth limitation. There were no great differences on plant growth in relation to the phosphate sources used, what raises economic and logistic opportunities concerning to the fertilizer choice. Fertilizers with higher concentration sources decrease the initial costs of forest plantations as a result of reduction in expenses with transportation, storage and also due to better efficiency during fertilizer application on the field. However it is necessary to understand the residual effects of P fertilization, with different sources, on subsequent rotations (mainly regarding the coppice management). Studies to understand the participation of P forms in the soil, not detectable in routine analysis (especially organic P), on P supply to plants, can help fertilization programs to optimize the use of P in forest plantations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.