• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Sônia Marta Carpinelli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Título em português
Rendimento no desdobro e produtividade em madeira serrada de uma floresta de Eucalyptus grandis
Palavras-chave em português
DESDOBRO
EUCALIPTO
FLORESTA
MADEIRA SERRADA
PRODUTIVIDADE
RENDIMENTO
TECNOLOGIA DA MADEIRA
Resumo em português
O presente trabalho teve por objetivo identificar variáveis que influenciam nas estimativas de volumes de madeira serrada e diferentes classes de qualidade, estocados na floresta. Foram investigadas duas técnicas de desdobro aplicadas em toras de diferentes diâmetros. Buscou-se também interpretar a interferência da prática de desrama natural e/ou artificial no rendimento em madeira serrada, além de avaliar o impacto gerado pelo uso de duas diferentes equações de forma da árvore nas estimativas de volumes de madeira serrada estocados na floresta. Foram estudados o método de desdobro por cortes tangenciais balanceados, indicado para espécies que possuem altos níveis de tensões de crescimento, como a maioria das espécies de Eucalyptus e o método de desdobro por cortes tangenciais de máximo aproveitamento, que é indicado para espécies com baixos níveis de tensões de crescimento, como as espécies de Pinus. O diâmetro menor da tora confirmou ser um dos fatores que influencia no rendimento em madeira serrada, que em geral aumenta com o aumento desse diâmetro. Contudo, os resultados obtidos neste experimento mostram que o rendimento em madeira serrada não aumenta, necessariamente com o aumento de um diâmetro para um seu sucessor superior. O rendimento em madeira serrada apenas aumenta quando há a possibilidade de obter-se em um determinado diâmetro, pelo menos uma peça a mais do que o número delas tiradas no diâmetro anterior. O rendimento em madeira serrada obtido no sistema de desdobro por cortes tangenciais balanceados não difere do rendimento em madeira serrada obtido no desdobro por cortes tangenciais de máximo aproveitamento para diâmetros mínimos da tora de até 26 cm. Portanto o primeiro método é indicado porque apresenta a vantagem de minimizar os efeitos das tensões residuais. O modelo gerado pela equação de forma da árvore suposta perfeitamente cônica estimou volumes menores que o modelo gerado pela equação de forma de Ormerod, fato que já era esperado por apresentar uma taxa de afilamento do fuste mais elevada. A vantagem deste modelo é a de ser extremamente simples e ajustável para cada árvore, dispensando dados de cubagens rigorosas. O segundo modelo utilizado apresentou a vantagem de não assumir uma forma geométrica rígida para todo o tronco. Contudo, não dispensou o uso de dados de cubagens rigorosas realizadas na população em estudo. A desrama artificial aplicada corretamente e realizada desde os primeiros anos, induz a formação de uma maior quantidade de madeira "clear" ao restringir a ocorrência de nós a uma reduzida área no centro do tronco. Dessa forma, essa operação minimiza a presença de nós em todo o volume comercial do tronco, aumentando o rendimento em madeira serrada de qualidade superior. Verificou-se que a desrama artificial possibilitou maior produtividade em madeira serrada de melhor qualidade que a desrama natural
Título em inglês
Recovery rate in sawing and sawn wood productivity in a forest of Eucalyptus grandis
Resumo em inglês
The present work was carried out in order to identify variables that influence the estimates of sawn wood volumes in different classes of wood quality in a forest. Two techniques of sawing applied in logs of different diameters were investigated. It was also interpreted the interference of natural and/or artificial prunning on the recovery rate of obtaining different sawn wood qualities, and evaluate the impact of using two different function taper in the estimates of sawn wood volumes stocked in a forest. The first method of sawing employed was the system of balanced tangential cuts, indicated for species that have high growth stress, as most of Eucalyptus species. The second one was the method of tangential cuts of maximum recovery indicated for species which have low growth stress level, as Pinus species. The minimum log diameter confirmed to be one of the factors that influence sawn wood recovery rates. However, the recovery rate only increases when it is possible to obtain, in a certain diameter, at least one more piece in relation to the number of pieces that were obtained in the previous recommended diameter. The system of sawing of balanced tangential cuts is strongly for the diameters which are normally found in young planted forest up to 26 cm diameter, in comparison to the system of tangential cuts of maximum recovery. It presents also the advantage of minimizing effects of log residual stress. The model generated by the taper function which supposes that the tree is perfectly conical estimated smaller volumes than the model generated by Ormerod's taper function. The first model has the advantage of being extremely simple and adjustable for each tree, neglecting data of rigorous volume measures. The second model has the advantage of not assuming a rigid geometric form for the whole tree. However, it didn't excuse the use of rigorous volume measures data. The artificial prunning applied correctly and accomplished since the first years, induces the formation of a larger amount of clear wood when restrict the occurrence of knots in a reduced area in the log center. This operation minimizes the presence of knots in the whole commercial volume of the log, increasing the recovery rate in sawn wood of superior quality. It was verified that the artificial prunning facilitated larger productivity of better quality than the natural prunning
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.