• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-180240
Documento
Autor
Nome completo
Sila Kramarski
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2004
Orientador
Título em português
Complexação de quelantes para metais de transição em branqueamento de celulose com peróxido de hidrogênio
Palavras-chave em português
BRANQUEAMENTO
DECOMPOSIÇÃO
METAIS DE TRANSIÇÃO
PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO
POLPA CELULÓSICA
QUELANTES
TECNOLOGIA DE CELULOSE E PAPEL
Resumo em português
A decomposição do peróxido de hidrogênio pelos metais resulta em radicais que reagem com os carboidratos da polpa, resultando em perdas de rendimento no branqueamento das fibras. Entretanto, o uso com sucesso dos branqueadores à base de peróxido, depende da inativação dos metais catalisadores da decomposição, envolvendo operações de complexação com uso de agentes quelante. Estes quelantes são adicionados antes do estágio de peróxido num branqueamento em multiestágios, formando um complexo solúvel em água com o metal, impedindo a atuação do metal na decomposição do peróxido. Este trabalho tem como objetivo o estudo da determinação da capacidade de complexação de quelantes em pH alcalino para metais de transição, visando avaliar o desempenho destes quelantes em branqueamento de polpa celulósica com peróxido de hidrogênio. Os resultados mostraram que os quelantes aplicados num estágio qP com dosagens de 0,5 e 1,0Kg/tsa apresentaram ganhos de alvura e menores índices de reversão de alvura, sendo os quelantes DTPMPA e EDTMPA que mais se destacaram. Com relação a viscosidade foram observados ganhos pontuais com a aplicação do quelante DTPA. Observou-se que o íon ferro não é um metal responsável pela catálise de decomposição de peróxido de hidrogênio e que os íons cobre e manganês em quantidades tão pequenas quanto 1 e 5ppm respectivamente catalisam a decomposição do peróxido de hidrogênio em níveis mais significativos que 45ppm de ferro. O quelante EDTPMPA apresentou melhor desempenho na complexação do íon cobre e o quelante DTPMPA apresentou melhor desempenho na complexação do íon ferro e manganês
Título em inglês
Complexation of chelants for transition metals in bleaching pulp with hidrogen peroxide
Resumo em inglês
The decomposition of hidrogen peroxide by metals results in radicals that react with the carbohydrate of the pulp, resulting in fiber bleaching losses. However, the successful usage of peroxides-based bleaching agents depends on the inativation of metals that catalyses such decomposition, involving the operations of complexation with chelanting agents usage. Suchs chelants are added before the peroxide stage in the multistages bleaching generating a water soluble metal complex, that avoids decomposition of peroxide by the transition metal. This work aims to study the capacity determination of chelants complexation in alkalin pH for transition metals, focusing on the evalution of this chelants performance in pulp bleaching with hidrogen peroxide. The results showed that the chelants applied in a qP step with dosings between 0,5 and 1,0 Kg/tsa resulted in gains of brightness and brightness reversion index reduction, inasmuch as the most proeminent chelants were DTPMPA and EDTMPA. In relation to viscosity the best results were achieved by aplying the chelant DTPA. It was found that the iron ion can't be held responsible for the catalytic decomposition of hidrogen peroxide in levels more significants that 45 ppm of iron. The chelant EDTPMPA showed the best performance in the complexation of copper ions whereas the chelant DTPMPA was the best complexation agent to iron and manganese ion
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
KramarskiSila.pdf (18.65 Mbytes)
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.