• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2016.tde-28032016-121014
Documento
Autor
Nome completo
Karen Stephanny Cordova Flores
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Silva, Luciana Duque (Presidente)
Fandiño, Verónica Asensio
Gonçalves, José Leonardo de Moraes
Título em português
Estudo das respostas ecofisiológicas no crescimento de clones Eucalyptus spp. submetidos a variações de níveis de restrições hídricas em distintas condições edáficas
Palavras-chave em português
Defasagem
Estômato
Eucalyptus
Incremento
Índice de áre foliar
Resumo em português
A alta demanda por madeira de eucalipto para diversas finalidades traz a necessidade da expansão de plantios para áreas em condições de déficit hídrico, o que leva o interesse de entender os processos fisiológicos relacionados ao crescimento da árvore, para possibilitar uma alta produtividade das florestas nessas áreas. Com base nessas informações, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da variação de níveis de restrições hídricas em clones de Eucalyptus spp. plantados em diferentes condições edáficas, pelo estudo das respostas ecofisiológicas, para isso foram instalados em janeiro 2012 dois experimentos na Estação Experimental de Ciências Florestais de Itatinga (EECFI) pertencente a Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ) - USP, o experimento 1 foi instalado no solo classificado como Latossolo vermelho distroférrico típico A moderado textura argilosa (LVdf) e o experimento 2 no solo Latossolo vermelho distrófico típico A moderado textura argilosa (LVd-1).Cada experimento foi implantado em blocos casualizados em arranjo fatorial de 6 x 3, seis clones de eucalipto (COP 1404, COP 1407, AEC 1528, AEC 0042, AEC 0224, AEC 0144) e três espaçamentos (3m x1m, 3mx2m, e 3mx4m), com seis repetições, e parcelas quadradas constituídas por 25 plantas, sendo as nove plantas centrais consideradas como a área útil de medição. Foram realizadas avaliações das variáveis: DAP (cm), altura total (m), comprimento da copa (m) e índice de área foliar (IAF m2/m2) trimestralmente, no período de 21 até 37 meses de idade para as variáveis altura total e DAP, e o comprimento da copa e IAF a partir do mês 27. Para a mensuração do IAF foram utilizados dois equipamentos LAI-2000, onde a coleta de dados foi fora e sob o dossel. O folhedo foi coletado mensalmente em todas as parcelas. A avaliação da eficiência e uso de água foi aos 29 e 35 meses, analisando área foliar e as caraterísticas estomáticas em quatro blocos, nos quais três árvores foram amostradas sistematicamente. Para avaliação no incremento de diâmetro no tronco, se instalaram faixas dendrométricas em duas árvores por parcela e as leituras foram quinzenais, sendo correlacionadas com variáveis climáticas no período de 15 e 45 dias de defasagem. Os clones que apresentaram melhor desenvolvimento e estratégia do uso da água foram AEC 1528, AEC 0144 e AEC 0042 obtendo como respostas: maior DAP, altura total, comprimento da copa, área foliar, diâmetro estomático, e menor IAF e concentração de estômatos. Em relação ao peso de folhedo depositado verificou-se que a tendência de deposição oscilou no decorrer do tempo em função da fenologia da planta. Na dinâmica de crescimento cambial os incrementos apresentaram correlações com as variáveis climáticas, principalmente com a precipitação pluviométrica, quanto maior a defasagem maior a correlação. Correlacionando todas as variáveis, os clones apresentaram distintos padrões de respostas ecofisiológicas.
Título em inglês
Ecophysiological responses in growth of Eucalyptus spp. clones subjected to water restrictions levels in different soil conditions
Palavras-chave em inglês
Eucalypts
Leaf area index
Measurement lag
Stomata
Tree growth
Resumo em inglês
Eucalypts plantations are expanding to drought áreas in Brazil in order to attend the high demand of eucalypts wood for various purposes. Therefore, the understanding the physiological process related to tree growth in this condition is one of the research priorities. This study aimed to evaluate the effect of ecophysiological responses to water restrictions levels in growth of Eucalyptus spp clones, planted in different soil conditions. The two field experiments were planted in January 2012 at the Itatinga Experimental Station, College of Agriculture "Luiz de Queiroz" (ESALQ), São Paulo State University. Experiment 1 was planted on a site which the soil is classified as "A moderate typical dystrophic Red Latosol with clay texture (LVdf)" and experiment 2 on "A moderate typical dystrophic Red Latosol with clay texture (LVd- 1)". The experiments were established in a randomized block design with factorial 6 x 3 arrangement [six eucalypts clones (COP 1404, COP 1407, AEC 1528 AEC 0042, AEC 0224, AEC 0144) and three spacings (3m x1m, 3mx2m and 3mx4m)], with six replications, and square plots (5x5 trees). The measurements were carried out on the nine central trees. From the 21 to 37 months of age, the following variables were assessed every three months: DBH (diameter at breast height in cm), height (m) and crown length (m). Leaf area index (LAI m2 / m2) was evaluated every three months after 27 months of age. Two LAI-2000 equipments were used to measure the LAI, one under and another out of the canopy. Litter was collected monthly on all plots. The efficiency of water use was evaluated at 29 and 35 months of age, based on leaf area and stomatal characteristics of samples collected in three trees sampled systematically in four blocks. Dendrometer belts were used to evaluate the diameter growth of two trees per plot. Data collected fortnightly from dendrometers belts were correlated with climatic variables with 15 and 45-da lags. AEC 1528, AEC 0144 and AEC 0042 clones showed higher DBH, total height, crown length, leaf area, stomatal diameter and lower IAF and stomatal concentration, showing better strategy of water use and growth. Deposition of litter fluctuated over time and varied with the tree phenology. Cambium growth dynamics correlated with climate variables, especially with the rainfall. Higher correlations were observed with higher measured lag. Clones showed distinct patterns of ecophysiological responses when the correlations of all variables were considered.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-03-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.