• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.11.2014.tde-03122014-170654
Documento
Autor
Nombre completo
Jefferson Vieira José
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 2014
Director
Tribunal
Marques, Patricia Angélica Alves (Presidente)
Coelho, Rubens Duarte
Maia, Nilson Borlina
Duarte, Sergio Nascimento
Zolin, Cornélio Alberto
Título en portugués
Adubação potássica e lâminas de irrigação na produção de biomassa e óleo essencial do manjericão (Ocimum basilicum L.)
Palabras clave en portugués
Coeficiente da cultura
Manejo de irrigação
Potássio
Rendimento de óleo essencial
Resumen en portugués
O manjericão é uma das ervas mais populares e úteis na culinária, devido ao seu aroma delicado e à sua fragrância. As principais formas de utilização são o manjericão fresco, seco ou o óleo essencial, sendo esta última a forma que apresenta maior valor agregado. As necessidades hídricas e a adubação potássica são uns fatores importantes nos parâmetros de produtividade de biomassa e óleo essencial de manjericão. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes lâminas de irrigação e doses de potássio sobre a produção de biomassa e óleo essencial de manjericão variedade "Lampião", originária da coleção do IAC (Instituto Agronômico de Campinas), em três períodos de colheita. O experimento foi instalado sob um delineamento experimental e em esquema fatorial 4 x 4, em blocos aleatorizados com parcelas subdivididas, constando de quatro lâminas de irrigação necessária para elevar a água do solo à capacidade de campo: L1 - 100% CAD, L2 - 75% CAD, L3 - 30% CAD, L4 - sem irrigação e quatro doses de potássio; D1 - 0 kg de K2O ha-1, D2 - 50 kg de K2O ha-1, D3 - 100 kg de K2O ha-1 e D4 - 200 kg de K2O ha-1. A área experimental foi constituída de 48 parcelas, cada parcela com 2,5 m de comprimento e 2,0 m de largura. O sistema de irrigação utilizado foi o gotejamento, adotando o manejo de irrigação com estimativa da umidade do solo por meio de dados da sonda de capacitância, modelo Diviner 2000®. Foi quantificado o consumo hídrico do manjericão e estimou-se o coeficiente de cultura (Kc) relacionando-o à soma de graus dia (GD) e ao índice de cobertura vegetal (IC). A evapotranspiração da cultura (ETc), em mm d-1 foi determinada com o auxílio de três lisímetros de drenagem, fazendo-se o balanço de entradas e saídas de água. A evapotranspiração de referência (ETo), em mm d-1 foi estimada pelo método Penman-Monteith, preconizado pela FAO-56, para obter o Kc. Foram avaliadas as variáveis de produção de mudas, de crescimento, produção de biomassa e rendimento de óleo essencial. O consumo hídrico da cultura foi de 71 mm, 103 mm e 187 mm, correspondendo aos valores médios de 1,03; 1,84 e 3,07 mm d-1 nos períodos de cultivos I, II e III, respectivamente. Observou-se variações nos valores de Kc decorrentes das condições climáticas e das fases fenológicas da cultura. Os valores máximos e mínimos dos Kc foram 0,37-0,23; 0,60-0,27; 1,00-0,38 e 1,15-0,82 para as fases fenológicas I, II, III e IV, respectivamente. A estimativa do Kc em função do GD e do IC foram significativas para a cultura nos três períodos de cultivos. O modelo da área, AF=10(0,92327 Aelipse), que utilizou a área da elipse (C L (?/4)), mostrou-se o mais adequado para a estimativa da área foliar do manjericão. As lâminas de irrigação e doses de potássio apresentaram incremento no rendimento de óleo essencial. Houve um maior acréscimo no rendimento de óleo essencial referente às lâminas de irrigação do que as doses de potássio.
Título en inglés
Potassium fertilization and water depth on biomass production and essential oil of basil (Ocimum basilicum L.)
Palabras clave en inglés
Crop coefficient
Irrigation management
Oil yield
Potassium
Resumen en inglés
Basil is one of the most popular and useful herbs in cooking due to its delicate aroma and fragrance. The main forms of using basil are fresh, dried or essential oil, being this last one the form with higher value added. The assessment of water requirement associated with potassium fertilization is an important factor in the productivity parameters of biomass and essential oil of basil. This study aimed to evaluate the effect of irrigation depths and potassium rates on biomass and essential oil of basil variety "Lampião" in three periods. The experiment was conducted in an experimental randomized block design with split plots consisting of four depths of irrigation needed to raise the water from the soil to field capacity: L1 - 100% FC, L2 - 75% FC, L3 - 30% FC, L4 - without irrigation and four potassium rates; D1 - 0 K2O kg ha-1, D2 - K2O 50 kg ha-1 D3 - 100 kg ha-1 K2O and D4 - 200 kg ha-1 K2O. The experimental area consisted of 48 plots, each plot with 2.5 m in length and 2.0 m wide, totaling 5.0 m2. The irrigation system used was dripping, adopting the irrigation management by estimating the soil moisture using data from capacitance probe, Diviner 2000 ® model. The water consumption of basil was quantified and the crop coefficient (Kc) was estimated relating it to the sum of degree days (DD) and the index of vegetation cover (IVC). Through three drainage lysimeters, being the crop evapotranspiration accounting (ETc) in mm d-1, held by the inputs and outputs of water, and the reference evapotranspiration (ETo) in mm d-1 estimated by Penman-Monteith method, recommended by the FAO-56. The variables analyzed were the variables of seedling production, growth, biomass production and essential oil yield. The crop water consumption was 70.91 mm, 103 mm and 187 mm, corresponding to an average value of 1.03; D 1.84 and 3.07 mm-1 crops during periods of I, II and III, respectively. It was observed variations in the values of Kc due to climate conditions and phenological stages. The maximum and minimum values of Kc were 0.37 to 0.23; 0.60 to 0.27; 1.00 to 0.38 and 1.15 to 0.82 for the phenological stages I, II, III and IV, respectively. The estimate of Kc as a function of DD and IVC were highly significant for culture in the three periods of crops. The AF=10(0,92327 Aelipse), which was used the area of the ellipse as (CL (?/4)), proved the most suitable for the estimation of basil leaf area index. The irrigation and potassium levels showed an increase in oil yield. There was a greater increase in oil yield related to irrigation than the potassium.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2014-12-12
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2019. Todos los derechos reservados.