• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2020.tde-05052020-144007
Documento
Autor
Nome completo
Ana Carolina Murad Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2020
Orientador
Banca examinadora
Rossi, Fabricio (Presidente)
Aprilanti, Tamara Maria Gomes
Ribeiro, Rogers
Souza, Claudinei Fonseca
Título em português
Pepino tipo japonês irrigado com efluente tratado de laticínio e aplicação de Trichoderma asperellum
Palavras-chave em português
Cucumis sativus L.
Instrumentação
Microbiologia agrícola
Reúso agrícola
Resumo em português
A agroindústria de laticínios, assim como tantos outros processos agroindustriais, produz grande volume de efluente, geralmente despejado em corpos d'água e, muitas vezes, sem o tratamento correto, podendo causar impacto ambiental. A aplicação de águas residuárias na agricultura se apresenta como uma forma de minimizar esse impacto ao destinar efluentes tratados para a irrigação, além de possibilitar a economia de água de melhor qualidade no cultivo agrícola e ter o potencial de fornecer nutrientes para as plantas. Por outro lado, o aumento da salinidade no solo devido à irrigação com efluente está dentre os principais riscos dessa prática. Sendo assim, o objetivo desse trabalho foi avaliar a resposta do pepineiro do tipo japonês irrigado com efluente tratado de laticínio em diferentes doses e com aplicação de Trichoderma spp.. Três cepas de Trichoderma (T. asperellum, T. harzianum e T. atroviride) foram cultivadas em meio de cultivo com doses do efluente tratado de laticínio (0, 25, 50, 75 e 100%). A cepa T. asperellum apresentou as melhores respostas e foi selecionada para ser inoculada no solo durante o cultivo do pepineiro irrigado com efluente. O cultivo do pepineiro foi conduzido com irrigação utilizando efluente tratado de laticínio em quatro doses (25, 50, 75 e 100%) e em fatorial com o fator Trichoderma asperellum (com e sem aplicação), em blocos casualizados, com quatro repetições. Os controles consistiram em irrigação com água de abastecimento, com ou sem a aplicação do agente biológico. Os resultados mostraram que a irrigação com efluente tratado de laticínio foi capaz de aportar nitrogênio no sistema e suprir a adubação nitrogenada de cobertura recomenda para acultura nas doses de 50, 75 e 100% de efluente. Não houve redução no teor de nitrogênio foliarem nenhuma das doses avaliadas, sendo que na dose de 75% houve incremento em relação ao controle. Para o tratamento sem aplicação de T. asperellum houve ajuste quadrático dos índices relativos de clorofila (IRC), sendo que 75% de efluente apresentou os maiores índices. A aplicação do fungo favoreceu os IRC na dose de 25%. Em 21-jun a temperatura foliar máxima e média foi maior com a aplicação de T. asperellum com 75% de efluente. Em 19-jul, a temperatura mínima na dose de 50% foi menor em relação ao controle. A aplicação de T. asperellum apresentou efeito positivo nas análises das folhas do pepineiro irrigado com efluente. A condutividade elétrica do extrato de saturação do solo aumentou de forma linear com o aumento da dose de efluente na água de irrigação. Os resultados mostram que a aplicação de T. asperellum favoreceu parâmetros do pepineiro irrigado com efluente e que a irrigação efluente tratado de laticínio foi capaz de fornecer nitrogênio para o pepineiro em cobertura. Além disso, foi possível cultivar o pepineiro irrigado com efluente tratado de laticínio sem perdas de produtividade nas doses de 25, 50 e 100% e com ganho de produtividade na dose de 75% em relação ao controle. Assim sendo, há viabilidade para o cultivo do pepineiro com irrigação com efluente tratado de laticínio e aplicação de Trichoderma asperellum.
Título em inglês
Japanese cucumber plants irrigated with treated dairy effluent and Trichoderma asperellum application
Palavras-chave em inglês
Cucumis sativus L.
Agricultural microbiology
Agricultural reuse
Instrumentation
Resumo em inglês
Dairy agro-industry, like so many other agroindustrial processes, produces a large volume of effluent, usually discharged into water bodies and often without proper treatment which may cause environmental impact. Application of wastewater in agriculture is presented as a way to minimize this impact by directing treated effluents for irrigation, besides make possible to save water of better quality in agricultural cultivation and has potential to supply nutrients to plants. On the other hand, the increase in salinity in soil due to irrigation with effluent is among the main risks of this practice. Therefore, this work aimed to evaluate the response of japanese cucumber irrigated with treated dairy effluent in different doses and with application of Trichoderma spp.. Three Trichoderma strains (T. asperellum, T. harzianum and T. atroviride) were grown in a culture medium with doses of treated dairy effluent (0, 25, 50, 75 and 100%). T. asperellum strain presented best responses and was selected to be inoculated in soil during cucumber cultivation irrigated with effluent. Cucumber cultivation was carried out with irrigation using treated dairy effluent in four doses (25, 50, 75 and 100%) and in a factorial with Trichoderma asperellum factor (with and without application), in randomized blocks, with four replications. Controls were irrigation with water supply, with or without application of the biological agent. Results showed that irrigation with treated dairy effluent was able to provide nitrogen for system enough to supply nitrogen cover fertilization recommended for this crop at 50, 75 and 100% effluent doses. There was no reduction in leaf nitrogen content in any of the doses evaluated, andat 75% dose there was an increase compare to control. For treatment without T. asperellum application, there was a quadratic adjustment of chlorophyll relative levels (IRC), 75% efluente having the highest rates. The application of fungus favored IRC at 25% dose. On June 21, maximum and average leaf temperature was higher with T. asperellum application at 75% effluent. On July 19, the minimum temperature at 50% dose was lower than control. The application of T. asperellum had positive effect on leaves analysis of cucumber irrigated with effluent. Electrical conductivity of soil saturation extract increased linearly with increase in effluent dose in irrigation water. Results show that application of T. asperellum favored parameters of cucumber irrigated with effluent and that irrigation with treated dairy effluent was able to provide nitrogen for cucumber in cover fertilization. In addition, it was possible to grow cucumber irrigated with treated dairy effluent without productivity loss at 25, 50 and 100% doses and with productivity gain at the 75% dose compared to control. Therefore, there is viability for growing cucumber with irrigation with treated dairy effluent and application of Trichoderma asperellum.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-05-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.