• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2011.tde-10062011-172859
Documento
Autor
Nome completo
Jesusmar Ximenes Andrade
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Martins, Gilberto de Andrade (Presidente)
Arruda, Maria Cecilia Coutinho de
Cornachione Junior, Edgard Bruno
Mattos, Pedro Lincoln Carneiro Leão de
Oliveira, Luizir de
Título em português
Má conduta na pesquisa em ciências contábeis
Palavras-chave em português
Contabilidade - Ètica
Pesquisa - Ética
Pesquisadores - Ética
Resumo em português
Diversos comportamentos inadequados apresentados na literatura acerca da Ética na pesquisa, tais como fraude e plágio, são encontrados no processo de preparação e publicação de trabalhos científicos. Esses comportamentos podem ser originados, em grande parte, pela pressão que as instituições acadêmicas fazem sobre pesquisadores para a elevação da produção científica ou a que o próprio pesquisador se impõe para obter maior posto ou remuneração, conseguir ou manter seu status de aceitação pela comunidade científica, ou ainda, porque não percebem a natureza questionável dos seus atos. Alheios a esses acontecimentos, geralmente, os pesquisadores de Contabilidade têm desenvolvido seus estudos sem qualquer reflexão às questões éticas que envolvem o processo da pesquisa contábil. O propósito geral deste estudo foi examinar o posicionamento dos pesquisadores em Contabilidade em relação à má conduta na pesquisa científica, identificando a frequência de sua ocorrência e a intensidade dos fatores que influenciam a má conduta. A importância desse estudo poderá ser verificada quando se espera que os debates sobre ética na pesquisa sejam fomentados e sirvam de base para o desenvolvimento de estratégias que possam reduzir a má conduta na pesquisa. Usando a abordagem de método misto sequencial explicativo proposto por Creswell (2008), investigou-se a ocorrência de má conduta na pesquisa e os fatores que a ocasionam por meio de um survey aplicado a 85 pesquisadores presentes no Congresso USP de Controladoria e Contabilidade de 2009 seguido por entrevistas semiestruturadas aplicadas a oito pesquisadores experientes e de reconhecida competência. O perfil geral dos participantes do estudo foi constituído por 61,1% de mestres, mestrandos e doutorandos em Contabilidade, sendo que 67% desses tinham até nove anos de envolvimento com pesquisa. Oitententa e oito por cento de todos os participantes eram professores universitários, mas apenas 19% do total da amostra estavam vinculados a um programa stricto sensu e, entre esses, 81,2% tinham maior vinculação com instituições públicas e os demais, 18,8%, com instituições privadas. Dos professores não vinculados a um programa stricto sensu (69%), 67,2% estavam vinculados a instituições públicas e 32,8% a instituições privadas. Na perspectiva desses participantes os resultados da análise do survey revelaram que há evidências de envolvimento de pesquisadores em Contabilidade com práticas inapropriadas, mas que a frequência com que essas ocorrem é pequena, ou seja, tiveram ocorrência rara ou ocasional. Dentre as dezessete más condutas avaliadas quanto às suas ocorrências, 'Um autor divide o crédito do trabalho com colega que não contribui para fazê-lo, em troca de participação em trabalho em que também não vai contribuir' e 'Um autor, para aumentar a credibilidade de seu artigo, amplia a seção de referências com citações de fontes que não leu, mas que viu citadas em outros artigos' são, nessa ordem, os comportamentos mais frequentes. Os resultados também forneceram evidências que quanto maior o tempo de envolvimento com a pesquisa maior a frequência que os pesquisadores mostram crer e conhecer a ocorrência de má conduta, mas isso foi verdade apenas para 'Um professor se esforça para impedir que o trabalho de um pesquisador seja publicado' que teve uma relação positiva e significante com o tempo de envolvimento na pesquisa. Os pesquisadores participantes do survey e os entrevistados creem que a necessidade de publicação é o fator mais importante para influenciar a má conduta na pesquisa. Para os pesquisadores experientes entrevistados a necessidade de publicação está associada à Capes e ao sistema de avaliação imposto por ela. Educação foi considerado um importante meio para desencorajar má conduta na pesquisa tanto para participantes do survey quanto para os pesquisadores experientes entrevistados. Ainda para esses últimos, é possível inferir-se que o atual estágio da qualidade da pesquisa contábil no Brasil é, em parte, reflexo das más condutas avaliadas neste estudo.
Título em inglês
Misconduct in accounting research
Palavras-chave em inglês
Accounting - Ethics
Ethics
Researchers - Ethics
Resumo em inglês
Diverse inadequate behaviors presented by the literature about Ethics in research, such as fraud and plagiarism, are found in the preparation and publishing process of scientific works. These behaviors may be mostly originated by the academic institutions' pressure over researchers to raise scientific production or by the pressure researchers impose themselves to obtain a higher position or revenue, to get or to keep their scientific community acceptance status, or even because they do not realize the questionable nature of their actions. Aside from these happenings, generally, Accountancy researchers have developed their studies not pondering about the ethical issues that concern the accounting research. The present work's general purpose was to examine Accountancy researchers' attitude related to scientific research misconduct, identifying its frequency of occurrence and its influential factors intensity. This study importance may be verified when it is expected that debates about ethics in research are stimulated and used as the basis for developing strategies which may reduce the research misconduct. From the mixed-methods sequential explanatory design proposed by Creswell (2008), the research misconduct occurrence and the factors that caused it were investigated by a survey applied to eighty five researchers attending USP's 2009 Controllership and Accountancy Congress, followed by semi-structured interviews taken from eight experienced and well-recognized competence researchers. The participants' general profile in this study was constituted by Accounting graduate students, Masters, and Doctors (61,1%). A share of 67% from this number has been involved in research up to nine years. Eighty eight per cent of all participants were professors, although only 19% from the total were linked to a stricto sensu program and, among them, 81, 2 % were more connected to public institutions; the remaining ones, 18,8%, to private institutions. From the professors not connected to a stricto sensu program (69%), 67,2% were linked to public institutions and 32,8% to private ones. In these participants' perspective, the survey result analysis revealed that there are evidences of Accountancy researchers' involvement in inappropriate practices, in spite of its low occurrence frequency: they were considered rare or occasional. From the seventeen misconducts assessed by their occurrence, "[A]n author shares a work's credit with a colleague that does not contribute to do it in exchange of participation in a work which he or she will not contribute as well", and "[A]n author, to increase his or her article's credibility, expands its reference sections citing unread resources observed in other articles" are, in this order, the most frequent behaviors. The results also provide evidence that when the involvement with research is longer, the frequency that researchers show belief in and know about the occurrence of misconduct is higher, although it was true only for "[A] professor struggles to impede a researcher's work to be published", which had a positive and considerable relation with the time of involvement with research. The survey's participant researchers and the interviewees believe that the need of publication is the most important factor to influence a research's misconduct. To the experienced researchers interviewed, the need of publication is associated to Capes (Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel) and to the evaluation system imposed by it. Education was considered an important means to discourage misconduct in research both by the participants and by the experienced researchers interviewed. Thus, from the latter, it is possible to infer that the current stage of the Accountancy research quality in Brazil is partly a reflex from the misconducts assessed by this study.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-07-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.