• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.12.2011.tde-23112011-201309
Documento
Autor
Nombre completo
Rodrigo Paiva Souza
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2011
Director
Tribunal
Guerreiro, Reinaldo (Presidente)
Bio, Sergio Rodrigues
Oliveira, Marcos Paulo Valadares de
Título en portugués
Relação entre estágios de maturidade da gestão logística, ciclo de vida organizacional e utilização de artefatos de controle gerencial
Palabras clave en portugués
Cadeia de suprimentos
Ciclo de vida
Logística
Resumen en portugués
Os processos logísticos impactam direta e indiretamente a vida das pessoas e são fundamentais para o sucesso das empresas. Modelos de maturidade oferecem uma maneira de traçar um caminho para melhorar processos ao ajudar a acrescentar competências e habilidades. O conceito de Maturidade da Gestão Logística propõe que os processos têm um ciclo de vida e que se torna mais maduro à medida que esses processos são explicitamente definidos, gerenciados, mensurados e controlados. Paralelamente ao desenvolvimento da gestão logística, as organizações crescem e expandem o seu portfólio de produtos ou serviços para atender mercados mais exigentes e, nesse processo, inevitavelmente enfrentam uma maior heterogeneidade de clientes e ambientes mais hostis. Nesse sentido, espera-se que as mudanças que ocorrem no ambiente organizacional sigam um padrão previsível que pode ser caracterizado por estágios de desenvolvimento, ou seja, estágios de Ciclo de Vida Organizacional. Esta dissertação investigou a relação entre os estágios dos modelos de maturidade da gestão logística e do ciclo de vida organizacional, bem como a relação entre a classificação das empresas nesses estágios e a quantidade média de artefatos de controle gerencial, tendo como hipóteses: (H1) a existência de relação entre os estágios desses dois modelos teóricos, e (H2) que, quanto mais desenvolvido o estágio, tanto no modelo de maturidade da gestão logística quanto no ciclo de vida organizacional, maior a quantidade média de artefatos utilizados. O método de coleta de dados utilizado foi o questionário e o público alvo constitui-se por profissionais que atuam na gestão logística ou em áreas relacionadas. A amostra final contemplou 213 empresas e o método estatístico para analisar as associações entre os estágios foi a análise de correspondência. Como principais achados destacam-se: confirmação de que existem associações não aleatórias entre os estágios de maturidade da gestão logística e do ciclo de vida organizacional, indicando que os gestores logísticos devem também considerar os construtos abordados nos dois modelos em projetos de desenvolvimento da maturidade da gestão logística. Também se constatou que os estágios mais desenvolvidos de maturidade de gestão logística possuem maior quantidade média de utilização de artefato de controle gerencial. Verificou-se ainda que o artefato Análise de custo logístico total foi o que apresentou maior média de utilização pelas empresas investigadas (79,8%) e a Gestão de custos interorganizacioniais a menor (28,2%). Dentre as recomendações para aprofundamento da pesquisa, sugere-se investigar se o estágio atual de maturidade de gestão logística das empresas está relacionado com o nível de complexidade da cadeia de suprimentos, aplicar técnicas confirmatórias para investigar a dinâmica das relações entre os estágios (qual o modelo com maior influência) e buscar entender os principais motivos da baixa utilização da Gestão de custos interorganizacioniais, uma vez que este é um caminho que pode tornar a cadeia de suprimentos mais eficiente e aumentar a sua lucratividade total.
Título en inglés
Relationship between stages of logistics management maturity, organizational life cycle and use of artifacts of management control
Palabras clave en inglés
Artifacts of management control
Logistic management maturity
Organizational life cycle
Resumen en inglés
The logistics processes impact directly and indirectly the lives of people and is vital to the success of companies. Maturity models offer a way to trace a path to improve processes while helps to add competencies and abilities to it. The concept of logistics management maturity proposes that the processes have a lifecycle and that becomes more mature as these processes are explicitly defined, managed, measured and controlled. Parallel to the development of logistics management, organizations grow and expand its portfolio of products or services to meet the most demanding markets and, in this process, inevitably faced greater heterogeneity of customers and most hostile environments. In this sense, it is expected that the changes that occur in the organizational environment follow a predictable pattern that can be characterized by stages of development, i.e. stages of organizational life cycle. This dissertation investigated the relationship between the stages of logistics management maturity model and organizational life cycle model, as well as the relationship between the classification of enterprises in these stages, and the average amount of artifacts of managerial control, having as hypotheses: (H1) the existence of relationship between stages of these two theoretical models, and (H2) in the more developed stage the average amount of artifacts used is greater. The data collection method was the questionnaire and the target population was professionals who work in the logistics management or related areas. The final sample involved 213 firms and the statistical method to analyze associations between stages was the correspondence analysis. The key findings include: confirmation that there are non-random associations between stages of logistics management maturity model and organizational life cycle model, indicating that the logistics managers must also consider the constructs discussed in two models in development projects of the maturity of logistics management. Also it was found that the more developed the stages of logistics management maturity is, higher is the average amount artifact of managerial control used by companies. It was also found that the artifact Total logistic cost analysis was more common in the companies investigated (79.8%) and Interorganizacional cost management was uncommon (28.2%). Among the recommendations for further research, it is suggested to investigate whether the current stage of logistics management maturity is related to the level of complexity of the supply chain, applying techniques to investigate the dynamics of relations between stages of the two models (which has largest influence) and seek to understand the main reasons for the low utilization of Interorganizacional cost management. Since this is a too which may make the supply chain more efficient and increase its total profitability.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2011-12-09
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.