• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2016.tde-24032016-151028
Documento
Autor
Nome completo
Simone Alves da Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Rocha, Welington (Presidente)
Borinelli, Marcio Luiz
Costa, Reinaldo Pacheco da
Diehl, Carlos Alberto
Tonelli, Maria Jose
Título em português
Gestão estratégica de custos: panorama do ensino e pesquisa sob a ótica da teoria ator-rede
Palavras-chave em português
Administração estratégica de custo
Contabilidade gerencial
Engenharia econômica
Redes de informação
Resumo em português
O objetivo deste estudo é investigar como vem sendo construído o processo de geração, disseminação e utilização do corpo de conhecimentos da Gestão Estratégica de Custos (GEC), sob a ótica da Teoria Ator-Rede (TAR). Entende-se que, ao transpor os conceitos da TAR para compreender a construção da GEC, abre-se um precedente para que outras situações dentro da Contabilidade Financeira ou de Gestão possam ser beneficiadas ao utilizar a mesma abordagem. Além de obter uma visão panorâmica sobre a GEC em termos de ensino e pesquisa, a ampliação da aplicação de métodos de outras áreas ao ambiente contábil (uma vez que a TAR vem da Sociologia) é benéfica ao desenvolvimento do campo. Nesse sentido, o referencial teórico abordou os principais conceitos da TAR e estudos anteriores de áreas correlatas que a tem utilizado. Adicionalmente, conceitos de estratégia foram retomados, a fim de compreender as bases sobre as quais a GEC está posta. Discussões sobre a GEC em relação ao conceito e estágio atuais, bem como estudos que mesclam abordagens de GEC e TAR, complementam o quadro teórico de apoio. A metodologia de pesquisa proposta, com o foco de captar a rede seguindo os atores (Latour, 2000), se utilizou de entrevistas semiestruturadas, observação participante e análise de conteúdo referente a periódicos, cursos e livros de referências na área. Foram entrevistados 22 indivíduos entre docentes, pesquisadores, coordenadores, editores, avaliadores etc. Desses, dezessete são brasileiros e cinco advindos de Alemanha, Estados Unidos, Inglaterra, Itália e Portugal. Também foram registradas 80 horas de observação em eventos da área, juntamente com material de oito periódicos, dezesseis livros e sete cursos de referência. Desse material emergiram três categorias que auxiliam na visualização da construção do campo: Domínio, Contexto (subdividida em Mercado Profissional, Ensino, Pesquisa e Funções Administrativas) e Conceito. A análise das categorias auxiliou a compreender as dificuldades existentes para estabelecimento de uma definição de GEC, entre outros aspectos. O que se nota é a diminuição de pesquisadores da área, induzida pelo mainstream e pela viabilidade de pesquisa em outros assuntos, como acesso facilitado a dados, menor dispêndio de tempo e não necessidade de deslocamento. Os temas de gestão em geral, no âmbito da Contabilidade, têm visto seu escopo diminuir em detrimento à Contabilidade Financeira. A ausência ou baixa expressividade de mecanismos específicos de fomento à GEC, como periódicos, instituições, material escrito e cursos, compõe outro fator que tem dificultado seu processo de difusão. O que se nota é uma área construída sobre diversos argumentos de autoridade e consistência retórica, expressando uma rede de convergência baixa em sua totalidade (Callon, 1991). A TAR se mostrou eficiente auxiliando na compreensão da construção da GEC como campo acadêmico. A análise de forma geral corroborou a maior parte dos estudos anteriores na área, destacando-se o de Shank (2006). A base controversa sobre a qual a GEC está posta esboça dificuldades para obtenção de coesão, ao mesmo tempo em que amplia possibilidades de pesquisa, especialmente se exploradas relações com outras áreas do conhecimento. De toda forma, a rede tem persistido e mobilizado diferentes atores, mesmo que em distintos níveis de consistência e interesse.
Título em inglês
Strategic cost management: overview of teaching and research by the view of actor-network theory
Palavras-chave em inglês
Economic engineering
Information networks
Management accounting
Strategic cost management
Resumo em inglês
The aim of this study is to investigate how has been built the process of generation, dissemination and use of the body of knowledge of Strategic Cost Management (SCM), from the perspective of Actor-Network Theory (ANT). It is known that, in translating the concepts of ANT to understand the construction of SCM, it is opened up a precedent for other situations within the Financial or Management Accounting that can be benefited by using the same approach. Besides, getting an overview of the SCM in terms of teaching and research, the expansion of its applications methods from other areas to the accounting environment (ANT comes from Sociology) is beneficial to the development of the field. In this sense, the theoretical framework addressed the main concepts of ANT and earlier studies that related areas have used. In addition, strategy concepts were taken up in order to understand the basis on which the SCM is set. Discussions on ANT regarding the current concept and stage, as well as studies that mix approaches of SCM and ANT, complement the theoretical framework of support. The proposed research methodology, focused on capture the network by following the actors (Latour, 2000), used semi-structured interviews, participant observation and analysis of content related to periodicals, courses and reference books in the area. It has been interviewed 22 individuals among teachers, researchers, coordinators, editors, reviewers etc. Out of these, seventeen are Brazilian, five coming from Germany, USA, England, Italy and Portugal. It was also recorded 80 hours of participant observation in events along with eight journals, sixteen books and seven reference courses. From this material emerged three categories that aid in the preview of the field construction: Domain, Context (subdivided into Professional Market, Education, Research and Administrative Functions) and Concept. The analysis of the categories helped to understand the difficulties to establish a definition of SCM, among others. What is seen is a decrease of researchers in the field, induced by the mainstream and by the feasibility on other research themes, with easier access to data, less expenditure of time and no need to displacement. The management themes in general within the Accounting, have seen their scope decrease, over the Financial Accounting. The absence or low expression of specific mechanisms to promote SCM as journals, institutions, written material and courses, turn it into another factor that has hindered its diffusion process. What is seen is an area built on various arguments of authority and rhetorical consistency, expressing a network of low convergence in its entirety (Callon, 1991). The Actor-Network Theory proved effective in aiding understanding of the construction of the GEC as an academic field. The general analysis confirmed the majority of previous studies in the area, highlighting Shank (2006). The controversial basis, on which SCM is set, outlines difficulties in reaching cohesion, while it expands research possibilities, especially if it explores relations with other fields of knowledge. Anyway, the network has persisted and mobilized different actors, even if at different levels of consistency and interest.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidaSimone.pdf (1.97 Mbytes)
Data de Publicação
2016-03-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.