• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Priscila dos Santos Fernandes Melo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Salotti, Bruno Meirelles (Presidente)
Braunbeck, Guillermo Oscar
Capelletto, Lucio Rodrigues
Peleias, Ivam Ricardo
Título em português
Impacto da inclusão dos principais assuntos de auditoria na qualidade e nos honorários de auditoria das companhias de capital aberto do Brasil
Palavras-chave em português
Auditoria
Honorários de auditoria
ISA
PAA
Qualidade de auditoria
Resumo em português
Este estudo investigou se a qualidade de auditoria aumentou após as modificações implementadas pela ISA 700 revisada, que obrigou a inclusão de itens como os Principais Assuntos de Auditoria (PAAs), considerados mais informativos aos usuários das demonstrações contábeis. Além disso, investigou se os custos associados à auditoria tiveram algum impacto devido a essas novas exigências. A verificação dos possíveis impactos na qualidade de auditoria foi realizada com a utilização da proxy de qualidade das demonstrações contábeis obtida por estimação: (i) dos accruals absolutos anormais pelo Modelo de Kothari et al. (2005) derivado do Modelo de Jones (1991); (ii) dos accruals absolutos anormais pelo Modelo de Dechow e Dichev (2002) modificado; (iii) da qualidade dos accruals das receitas de Stubben (2010) e (iv) do percentual de magnitude dos accruals dos fluxos de caixa de Burgstahler et al. (2006). Os PAAs foram considerados, pois poderiam influenciar em maior qualidade de auditoria, sendo mais informativos aos usuários das demonstrações contábeis, podendo inclusive influenciar em uma gestão menos oportunista dos resultados por parte da administração (mensurado por menores accruals), com resultados ainda conflitantes na literatura contábil. A abordagem quantitativa das estimações foi realizada com dados contábeis e de mercado das companhias de capital aberto do Brasil, dos períodos de 2014 a 2017. A amostra consistiu em 1.554 observações para as quais foram coletadas, de forma manual, as informações sobre as firmas de auditoria responsáveis e as quantidades de PAAs divulgados que poderiam afetar a qualidade de auditoria. A maior parte das regressões, utilizando quatro métricas para os accruals não demonstrou evidências de melhoria na qualidade de auditoria após a adoção da ISA 700 revisada. Tais métricas foram analisadas considerando: (i) Painel A, que verificou a mudança na qualidade de auditoria na comparação do período pré e pós adoção da norma; (ii) Painel B, que incluiu o número de PAAs divulgados e (iii) Painel C, que incluiu as mudanças recorrentes de firmas de auditoria. Para a qualidade dos accruals das receitas foi obtido resultado positivo e significante no nível de 5%, indicando uma possível melhora na qualidade de auditoria. Em contrapartida, o poder explicativo diminuiu devido à alta correlação identificada entre a variável de interesse e a variável de controle que indica especificamente a quantidade de PAAs divulgados. Os honorários de auditoria também foram coletados manualmente, sendo que não apresentaram alterações estatisticamente significantes na comparação do período pré e pós adoção dos novos requerimentos. O presente estudo amplia as discussões acadêmicas para o mercado de capitais brasileiro acerca das implicações da inclusão dos PAAs nos relatórios de auditoria, bem como, na análise dos efeitos práticos da aplicação das normas expedidas pelos órgãos reguladores. Além disso, essa evidência pode auxiliar no aprimoramento das normas na busca por maior qualidade de auditoria e das demonstrações contábeis com foco no usuário que almeja redução de assimetria informacional sobre a realidade econômica das companhias.
Título em inglês
Impact of the inclusion of the key audit matters on the audit´s quality and fees of publicly traded companies in Brazil
Palavras-chave em inglês
Audit
Audit fees
Audit quality
ISA
KAM
Resumo em inglês
This study investigated whether audit quality increased after the modifications implemented by the revised ISA 700, which required the inclusion of items such as Key Audit Matter (KAM), which are considered more informative to the users of the financial statements. Moreover, it investigated whether the costs associated with the audit had any impact due to these new requirements. The verification of possible impacts on audit quality was performed using the quality proxy of the financial statements obtained by estimating: (i) the abnormal absolute accruals by Kothari's Model (2005) adapted from the Jones's Model (1991); (ii) abnormal absolute accruals by Dechow and Dichev's Model (2002); (iii) the quality of accruals revenues of Stubben's Model (2010) and (iv) the percentage of magnitude of the accruals of cash flows of Burgstahler et al. (2006). The KAM could influence the quality of the audit, being more informative to the users of the financial statements and may even influence the less opportunistic management of the results by the administration measured by smaller accruals, although there are still conflicting results in the accounting literature. The quantitative approach in the estimates was made with accounting and market data for publicly traded companies in Brazil, from 2014 to 2017. The sample consisted of 1,554 observations for which the information about the responsible audit firms and the amounts of KAM disclosed that could affect audit quality were collected manually. Most of the regressions, using four accruals metrics, did not show evidence of improvement in audit quality after the adoption of ISA 700. These metrics were analyzed considering: (i) Panel A, which verified the change in audit quality in the comparison of the period before and after adoption of the standard; (ii) Panel B, which included the number of PAAs disclosed and (iii) Panel C, which included the recurring changes in audit firms. For the quality of revenue accruals, it was obtained a positive and significant result at the 5% level indicating a possible improvement in audit quality, but the explanatory power decreased due to the high correlation identified between the variable of interest and control variable that specifically indicates the amount of KAM disclosed. The audit fees were also manually collected and did not present statistically significant changes in the comparison of the period before and after the adoption of the new requirements. The present study uses the academic discussions for the Brazilian capital market on the implications of the inclusion of KAM in the audit reports, as well as on the practical effects of the application of the norms issued by the regulatory agencies. In addition, this evidence can help improve standards in the quest for higher audit quality and user-focused financial statements that aim to reduce informational asymmetry about the companies' economic reality
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidoPriscila.pdf (3.07 Mbytes)
Data de Publicação
2019-10-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.