• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2014.tde-01092014-153739
Documento
Autor
Nome completo
João Henrique Chaer Dib Netto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Menezes Filho, Naercio Aquino (Presidente)
Bianchi, Ana Maria Afonso Ferreira
Mattos, Enlinson Henrique Carvalho de
Título em português
Bem-estar subjetivo: uma abordagem intergeracional pelo método de pseudopainel
Palavras-chave em português
Abordagem Intergeracional
Bem-Estar Subjetivo
Pseudopainel
WVS
Resumo em português
O objetivo principal deste trabalho é contribuir com a literatura de bem-estar subjetivo ao sugerir a aplicação da metodologia de pseudopainel para as "happiness equations", nome pelo qual ficaram conhecidas as equações de bem-estar com variável dependente "satisfação com a vida" ou "felicidade". Utilizando a base de dados WVS - pesquisa internacional realizada com periodicidade irregular de 1981 a 2008 em mais de 50 países - e seguindo a metodologia sugerida por Deaton (1985), foram rastreadas "células" de indivíduos ao longo dos últimos 20 anos para estimação dos determinantes do bem-estar. As células foram formadas pela interação entre geração, gênero e país de nascimento. A grande vantagem do modelo de pseudopainel é que permite controlar para efeitos fixos não-observáveis de células, que são prováveis fontes de viés. Os resultados apontam que os principais determinantes do bem-estar subjetivo individual e intergeracional são: saúde, porque o bem-estar subjetivo tem associação inegável ao bem-estar físico; renda individual ou agregada, porque os bens materiais trazem utilidade, mesmo considerando o efeito adaptação e as crescentes aspirações; emprego, porque além dos ganhos monetários o trabalho também conduz a um maior status social e autoestima; religião, porque a reflexão, a introspecção e a crença em um ser superior confortam em momentos de dificuldade, ajudam a aceitar as adversidades e dão esperança e sentido à vida; senso de liberdade, porque, na maioria das situações, as pessoas preferem ter a sensação de controle sobre suas escolhas e extraem utilidade do processo de decisão. Por fim, tendo em vista a discussão recente na literatura sobre a perda de bem-estar na transição dos países ex-socialistas para o capitalismo, o modelo de pseudopainel foi adaptado para estimar o impacto dessa mudança em diferentes gerações. Os resultados apontam que as gerações mais antigas foram aquelas que mais sofreram perda de bem-estar. O comportamento da satisfação com a vida após os anos 90 nesses países, mesmo considerando diversos outros fatores sócio-econômicos, assumiu um "formato de V": repentino declínio com gradual recuperação, que se estende até os dias de hoje.
Título em inglês
Subject well-being: a pseudopanel approach
Palavras-chave em inglês
Intergeragional Approach
Pseudopanel
Subjective Well-Being
WVS
Resumo em inglês
The main concern of this work is to contribute to the recent discussion of subjective well-being (SWB) by suggesting a pseudopanel approach for the Happiness Equations. Using the WVS database and following the methodology suggested by Deaton (1985), cohorts of individuals were screened over the past 20 years to estimate the determinants of SWB. Cohorts were aggregated as an interaction of generation, gender and country of birth. It is important to point out that the pseudopanel estimation has several advantages, because it makes possible to control for unobservable cohort's fixed effects - which are likely sources of bias. Results indicate that the main determinants of SWB are: health, because subjective well-being has undeniable association to physical well-being; individual or aggregated income, because material goods bring utility, even considering the adaption effect and growing aspirations; employment, because beyond monetary gains, work also ensures self-steem and a higher social status; religion, because reflection, introspection and the belief in a Higher Self bring comfort in hard times, help to overcome adversities and bring hope and meaning to life; sense of freedom, because, in most situations, people prefer to have a sense of control over their choices and also extract utility of the decision process. Finally, considering the recent discussion in the literature about the loss of welfare of former socialist nations in transition to capitalism, the pseudopanel model was adapted to estimate the effect of this change in different generations. Results indicate that older generations were the one who suffered the most significant loss in terms of SWB. The behavior of life satisfaction in these countries assumed a V-shaped format: sudden decline with gradual recovey, which extends up until 2008.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-09-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.