• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2017.tde-28062017-153318
Documento
Autor
Nome completo
Vinicius de Araujo Mendes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Menezes Filho, Naercio Aquino (Presidente)
Estevan, Fernanda Gonçalves de La Fuente
Narita, Renata Del Tedesco
Rios Neto, Eduardo Luiz Goncalves
Souza, André Portela Fernandes de
Título em português
Ensaios em microeconomia do desenvolvimento: demografia, educação e mercado de trabalho
Palavras-chave em português
Demografia
Desenvolvimento econômico
Econometria
Microeconomia
Resumo em português
Este estudo, dividido em três artigos, tem por objetivo analisar as contribuições da demografia, educação e mercado de trabalho no desenvolvimento brasileiro ao longo do século XX. Os três artigos estão encadeados em uma sequência temporal tal que o primeiro artigo concentra-se na transição demográfica brasileira para as coortes nascidas entre 1890 e 1960. O segundo artigo preocupa-se em entender como os efeitos da transição demográfica são absorvidos pelas novas coortes e seu efeito na taxa de matrícula. O terceiro artigo investiga como as coortes mais jovens, com mais capital humano, mudam a oferta relativa da economia e este processo impacta os salários relativos por grupos de qualificação. No primeiro artigo, os microdados dos Censos demográficos foram utilizados na investigação usando variáveis de educação, localidade e coorte de nascimento. Uma vez controlando por coorte e localidade, assumindo a hipótese que na localidade municipal as coortes são mais homogêneas quanto à exposição da oferta escolar, educação explicou aproximadamente 30% da queda da fecundidade. A simulação contrafactual evidenciou que caso não tivesse ocorrido o aumento da escolaridade das coortes, a transição demográfica seria mais lenta e gradual. No segundo artigo, dados da PNAD foram construídos para investigar a probabilidade de matrícula assumindo que a transição demográfica gera uma variação exógena no tamanho absoluto e no tamanho relativo das coortes. Os resultados evidenciaram que para as séries com maiores avanços na taxa de matrícula, diminuição do tamanho da coorte apresentou-se negativamente relacionada com a probabilidade de matrícula. Porém, a magnitude deste efeito não gerou mudanças significativas na simulação contrafactual e, para a primeira série do ensino fundamental, o avanço da escolaridade dos pais mostrou-se significativo. No terceiro artigo, dados da PNAD são utilizados para se investigar mudanças relativas no mercado de trabalho ocasionadas pela entrada de novas coortes com melhores indicadores educacionais. Os resultados apontam que mudanças na oferta relativa de grupos etários mais jovens conduziram a mudanças em seus salários relativos e as mudanças nos salários relativos de grupos etários mais velhos são explicadas por mudanças na oferta relativa agregada da economia. A simulação contrafactual demostrou que, caso não houvesse mudança na oferta relativa da economia, os salários de qualificados em relação a não qualificados apresentaria tendência crescente entre 1981 e 2013.
Título em inglês
Essays on microeconomics of development: demography, education and labor market
Palavras-chave em inglês
Demography
Econometrics
Economic Development
Microeconomics
Resumo em inglês
This study, divided into three articles, aims to analyze the contributions of demography, education and the labor market in Brazilian development throughout the 20th century. The three articles are connected in a temporal sequence such that the first article focuses on the Brazilian demographic transition for the cohorts born between 1890 and 1960. The second article is concerned with understanding how the effects of the demographic transition are absorbed by the new cohorts and affect school attendance. The third article investigates how the younger cohorts, with more human capital, change the relative supply of the economy and this process impacts relative wages by qualification groups. In the first article, the microdata of demographic Census were used in the investigation using variables of education, municipality and birth cohort. Once the cohort and locality control, assuming the hypothesis that in the municipality the cohorts are more homogeneous regarding the exposure of the school supply, education explained approximately 30% of the decrease of the fertility rate. The counterfactual simulation showed that if there had not been an increase in cohort education, the demographic transition would be slower and gradual. In the second article, PNAD data were constructed to investigate the probability of enrollment assuming that the demographic transition generates an exogenous variation in the absolute size and relative size of the cohorts. The results showed that for the series with the greatest advances in enrollment, a decrease in cohort size was negatively related to the probability of enrollment. However, the magnitude of this effect did not generate significant changes in the counterfactual simulation, and for the first grade of elementary school, the progress of parents' schooling was significant. In the third article, PNAD data are used to investigate relative changes in the labor market caused by the entry of new cohorts with better educational indicators. The results indicate that changes in the relative supply of younger age groups have led to changes in relative wages and changes in the relative wages of older age groups are explained by changes in the aggregate relative supply of the economy. The counterfactual simulation showed that if there were no change in the relative supply of the economy, relative wages from skilled to unskilled workers would show a growing trend between 1981 and 2013.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidoVinicius.pdf (3.37 Mbytes)
Data de Publicação
2017-07-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.