• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2008.tde-03092008-212811
Documento
Autor
Nome completo
Ulrico Barini Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Dutra, Joel Souza (Presidente)
Albuquerque, Lindolfo Galvao de
Cardoso, Onésimo de Oliveira
Fleury, Maria Tereza Leme
Sanches, Marcio Antonio Rodrigues
Título em português
Transmissão da competência empreendedora: um estudo de casos múltiplos
Palavras-chave em português
Cognição
Competências
Empreendedorismo
Empresas familiares
Resumo em português
Este trabalho tem como objetivo pesquisar os processos não estruturados que suportam a formação de empreendedores. A literatura contemporânea sobre administração e gestão dá a conhecer que crises de continuidade nas organizações seriam minimizadas se essas contassem com maior espírito empreendedor em suas lideranças e equipes. Subentende-se, então, que as organizações deveriam formar empreendedores, tarefa de alta complexidade, que demanda conceituação e ambiente interno para ser realizada. Uma das conceituações possíveis é considerar o empreendedorismo como resultante de um conjunto de competências, que, por definição, são passíveis de serem adquiridas. A teoria da cognição tem fornecido novas abordagens para o entendimento de como competências individuais e conhecimento são absorvidos por pessoas em formação. Aplicada ao tema do empreendedorismo, a teoria da cognição também explica como os empreendedores agem e quais são os modelos mentais (crenças e aprendizados) que dão suporte à sua ação. Uma amostra de cinco empresas familiares, em fase de sucessão de liderança foi selecionada para esta pesquisa, que é exploratória e qualitativa. O ambiente interno das organizações também foi avaliado, assim como as atitudes empreendedoras dos gestores destas organizações. Como contraponto, as características de personalidade de cada respondente também foram avaliadas por um instrumento projetivo. Segundo o resultado encontrado, pode-se afirmar que existe um processo de formação dos sucessores, usado de forma intuitiva pelos fundadores das organizações. Esse processo pode ser estruturado e repetido, sob certas condições, em organizações que desejem formar empreendedores internos. As características de personalidade exercem influência relativamente pequena, tanto na escolha dos sucessores como no processo de formação e no ambiente interno.
Título em inglês
Transmitting entrepreneurial competence: a multi case study
Palavras-chave em inglês
Cognition
Competences
Entrepreneurship
Family firms
Resumo em inglês
The objective is to research the unstructured processes which support the development of entrepreneurs. Contemporary literature on administration and management evidences that continuity crises in the organizations would be minimized if the latter could count on a higher entrepreneurial spirit in it leaderships and teams. It is hence inferred that organizations should work towards developing entrepreneurs, a highly complex task, which demands conceptualization and an internal environment in order to be carried out. One of the possible conceptualizations consists of considering entrepreneurship as a result of a set of skills. By definition, it is possible to acquire skills. Cognition theory has provided new approaches to the understanding of how knowledge and individual skills are assimilated by people in professional development. Applied to the notion of entrepreneurship, cognition theory also explains how the entrepreneurs act and which the mental models (beliefs and learning) that support their actions are. A sample of five family businesses, in the process of succession, has been selected for this research, which is exploratory and qualitative. The organizations’ internal environment has also been evaluated, along with the entrepreneurial attitudes of their managers. As a counterpoint, personality traits of each respondent have been analyzed by a projective method. As a result, it can be stated that there is a successors’ development process, employed intuitively by the organizations’ founders. This process can be structured and repeated, under certain conditions, in organizations willing to work on the development of internal entrepreneurs. Personality traits exert a relatively small influence, both in the choice of the successors and in the professional development process and internal environment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
UlricoREVISADA.pdf (3.27 Mbytes)
Data de Publicação
2008-09-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.