• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2012.tde-04122012-144614
Documento
Autor
Nome completo
Adriano Augusto Costa Carnauba
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Boaventura, João Mauricio Gama (Presidente)
Mello, Rodrigo Bandeira de
Silveira, Jose Augusto Giesbrecht da
Título em português
Governança e confiança em redes interorganizacionais: um estudo sobre a confiança e os mecanismos formais e relacionais de governança em redes imobiliárias
Palavras-chave em português
Alianças estratégicas
Coordenação
Redes de negócios
Relações interorganizacionais
Resumo em português
Esta pesquisa situa-se no âmbito dos estudos sobre redes de negócios. Em especial, tem por objetivo geral contribuir à compreensão sobre a relação entre governança em rede e a confiança interorganizacional, dois constructos considerados na literatura como fundamentais para a competitividade das redes de negócios. A despeito da importância desta relação, não há uma consolidação teórica quanto à influência do emprego de mecanismos formais e relacionais de governança em rede sobre a confiança interorganizacional. Em especial, resta inconcluso se os mecanismos formais e relacionais atuam como substitutos ou como complementares na governança de transações em rede, lacuna teórica que se configura no problema de pesquisa deste estudo. A partir desta situação, este estudo estabelece como objetivos específicos identificar a influência do emprego de mecanismos formais e relacionais de governança em rede sobre a confiança, bem como verificar se, nesta relação, mecanismos formais e relacionais atuam como substitutos ou complementares. Com suporte no referencial teórico constituído pela teoria dos custos de transação e pela teoria da imersão social e estrutural, bem como por seus respectivos desenvolvimentos no campo das redes de negócios, o estudo adota uma abordagem metodológica descritiva e quantitativa, com a realização de levantamento junto a uma amostra composta por 35 empresas imobiliárias que atuam em redes de negócios. Após análise dos resultados empregando métodos estatísticos não paramétricos, o estudo verifica que, no contexto pesquisado, os mecanismos formais e relacionais de governança se complementam em sua influência sobre a confiança, resultado aderente aos estudos mais recentes. Nas redes imobiliárias, foi observado que mecanismos formais possibilitam um maior compartilhamento de recursos e uma maior integração entre os participantes da rede, sem prejudicar a atuação dos mecanismos relacionais. O estudo contribui à teoria das redes interorganizacionais ao sustentar empiricamente o argumento da possibilidade de atuação complementar dos mecanismos formais e relacionais de governança. Informa ainda a necessidade de uma abordagem multidimensional na manipulação dos constructos da governança em rede e da confiança, uma vez que foi identificada uma associação positiva no emprego de mecanismos formais com a dimensão interorganizacional da confiança, enquanto que o emprego de mecanismos relacionais se mostra positivamente associado, ainda que mais fracamente, à dimensão interpessoal da confiança. Considerando as limitações da pesquisa social, novos estudos, em contextos distintos, são indicados para complementar os resultados obtidos, possibilitando uma maior generalização das conclusões.
Título em inglês
Governance and trust in interorganizational networks - a study about trust and mechanisms of formal and relational governance in real estate networks
Palavras-chave em inglês
Business networks
Network governance
Real estate networks
Trust
Resumo em inglês
This research lies in the context of studies on business networks. It aims to contribute for a better understanding of the relationship between network governance and inter-organizational trust, both essential constructs to the business networks' competitiveness. Despite the importance of this relationship, there is not a theoretical consolidation about the influence of use of formal and relational mechanisms of governance in inter-organizational trust. In particular, it remains inconclusive whether the formal and relational mechanisms act as substitutes or as complements in the governance of network transactions, theoretical gap that sets the research problem of this study. From this problem, this study aims to identify the specific influence of the use of formal and relational governance on trust and verify, in this relationship, if formal and relational mechanisms act as substitutes or complements. Supported by the integration of transaction cost theory and the theory of social and structural embeddedness, as well as their developments in the field of study of business networks, the study adopts a descriptive and quantitative methodological approach, by means of a survey with a sample of 35 real estate companies that operate in business networks. After analysis using non-parametric statistical methods, the study finds that, in the context of research, the formal and relational governance are complementary in their influence on trust, results that are adherent to recent studies. In real estate networks it was observed that formal mechanisms enable a greater sharing of resources and greater integration between the network participants, without impairing the performance of relational mechanisms. The study contributes to the theory of inter-organizational networks by supporting empirically the argument of the complementary role of formal and relational governance. It also stresses the need for a multidimensional approach in handling the constructs of network governance and trust, since a positive association was identified in the use of formal mechanisms to the size of inter-organizational trust, while the use of relational mechanisms shown positive association, albeit weakly, to interpersonal trust. Considering the limitations of social research, new studies, in different contexts, could complement the results of this research, allowing a greater generalization of its findings.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-12-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.