• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.12.2005.tde-05122005-165138
Document
Auteur
Nom complet
Claudia Mayu Konuma
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2005
Directeur
Jury
Fischer, Rosa Maria (Président)
Bouza, Graziella Maria Comini
Nogueira, Arnaldo Jose Franca Mazzei
Titre en portugais
O caso do assentamento Dom Tomás Balduíno, um estudo sobre a gestão do trabalho e das relações do trabalho no MST
Mots-clés en portugais
gestão do trabalho
método de administrar
MST
relações do trabalho
Resumé en portugais
O objetivo do presente estudo de caso é descrever como o “método de administrar” do MST, decorrente da racionalização realizada por seus integrantes sobre a problemática da produção no campo, gera condições humanitárias de trabalho, de produção, de trocas comerciais e de relações sociais. O estudo tem como unidade de levantamento e análise a gestão do trabalho e o processo decisório realizados no Assentamento Dom Tomás Balduíno e tem, como fontes de evidências, seus empreendimentos coletivos produtivos e de benefícios comunitários. Esse estudo constatou que o MST desenvolveu um “método” próprio, que se diferencia dos estudos tradicionalmente desenvolvidos pela área de conhecimentos da Administração, por pressupor que é possível transformar uma sociedade predominantemente capitalista em outra em que prevaleçam valores humanitários. Esse “método” envolve a organização funcional descentralizada de todo o Movimento, suportado pelo reforço educacional, capacitação técnica e prática nos valores humanitários, articulando a organização coletiva da produção com a atuação política dos participantes. O estudo verificou que as condições humanitárias e solidárias de vida conquistadas pelos trabalhadores em Dom Tomás resultam da interação entre assentados e militantes, estes responsáveis por introduzir no grupo a aplicação do “método de administrar”. Assim, crianças recebem educação e adultos passam a desenvolver visão crítica, a partir de reflexões teóricas e práticas, inclusive nos princípios cooperativistas. Como trabalhadores, ensaiam seus primeiros passos na autogestão de seus empreendimentos. As famílias começam a consolidar a integração de sua comunidade em função de uma visão de futuro semelhante. Constroem em mutirão equipamentos comunitários de aprendizado e de lazer, realizam o embelezamento das áreas onde vivem, desenvolvem atividades culturais e, principalmente, saem de uma situação de exclusão social para a de inclusão, inclusive, em sua dimensão política.
Titre en anglais
The Dom Tomás Balduíno Settlement's Case, a study about MST's work management and work relationship
Mots-clés en anglais
management method
MST
work management
work relationship
Resumé en anglais
The objective of this case study is to describe how MST´s “management method” generates humanitarian conditions of work, of production, of exchange and social relations. This "method" is result from the rationalization developed by its members about the countryside’s production problematic. The study uses as unit of survey and analysis the work management and the decision-making process made in the Dom Tomás Balduíno Settlement and it has, as sources of evidences, its productive and collective enterprises and communitarian benefits’ enterprises. This study evidenced that the MST developed a unique "method", that differs from traditional studies developed by the Administration’s knowledge’s field, basically because it presumes the possibility of transforming one predominantly capitalist society into another one, where humanitarian values prevail. This "method" involves the decentralized functional organization for all the Movement, supported by educational reinforcement and practical technique qualification over humanitarian values, uniting the organization of collective production with the participants’ political actions. This study verified that the humanitarian and solidary conditions of life, conquered by the workers in Dom Tomás, are the result of interaction between settled and movement activists, these responsible for introducing in the group the application of the "management method". Thus, children receive education and adults start to develop critical views, starting with theoretical and practical reflections, also over co-operative principles. As workers, they assay their first steps into self management of enterprises. The families start to consolidate the integration of their communities based on a similar vision of future. They construct collectively learning and leisure community facilities, carry through terrain embellishment, develop cultural activities and, most important, they get out of a situation of exclusion to social inclusion, even, on political dimension.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
CasoDomTomas.pdf (594.64 Kbytes)
Date de Publication
2005-12-22
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2019. Tous droits réservés.