• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2013.tde-05122013-185015
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Henrique de Araujo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Reinhard, Nicolau (Presidente)
Souza, Cesar Alexandre de
Barbosa, Alexandre Fernandes
Título em português
Análise de fatores que influenciam o uso de serviços de governo eletrônico no Brasil
Palavras-chave em português
Análise multivariada
Inclusão digital
Internet
Tecnologia da informação
Resumo em português
A presente investigação científica tem como objetivo compreender de que maneira o uso de serviços de governo eletrônico (e-gov) é influenciado pelos diferentes "locais de acesso à internet" e pelas competências de uso do internauta. Para tanto, foram utilizados os microdados da pesquisa TIC Domicílios (desenvolvida pelo Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e Comunicação) referente aos anos de 2007, 2009 e 2011, se caracterizado um estudo longitudinal. Os procedimentos referentes ao tratamento e análise dos dados se deram por meio da aplicação de técnicas estatísticas de cunho descritivo (mediana, distribuição de frequência) e multivariado (Análise de Correspondência, Análise Fatorial Binária e Regressão Logística Binária). O eixo teórico deste trabalho se fundamenta na abordagem das Capacidades desenvolvida pelo economista Amartya Sen. Os resultados desta investigação demonstram que para todas as classes socioeconômicas o uso dos serviços de governo eletrônico está fortemente relacionado às seguintes competências de uso: e-mail, e-commerce (busca de produtos e serviços) e serviços financeiros (consultas). Tais competências são favorecidas pelo acesso à internet preferencialmente em "casa" e no "trabalho", sobre as demais alternativas de acesso como as lan houses (centros públicos de acesso pago) e os telecentros (centros públicos de acesso gratuito). Esses resultados oferecem indícios de que as políticas públicas que promovem o acesso à internet preferencialmente do ambiente domiciliar (em consonância a ações que auxiliem o desenvolvimento de competências de uso da internet) são mais eficazes para promover um aumento no uso do e-gov, do que os esforços de se redefinir o papel dos centros públicos de acesso (telecentro e lan house), a fim de que estes se tornem ponto de acesso aos serviços de e-gov.
Título em inglês
Analysis of factors influencing in the usage of electronic government services in Brazil
Palavras-chave em inglês
Capabilities approach
Conditioning factors
Digital inclusion
Electronic government
Multivariate analysis
Resumo em inglês
This scientific research aims to understand how the individuals' use of e-government services (e-gov) is influenced by different "location of access to the internet" and their usage capabilities. For this purpose, the microdata from ICT Households Survey (developed by Center of Studies on Information and Communication Technologies - CETIC.br) for the years of 2007, 2009 and 2011 was used, featuring a longitudinal study. For the processing and analysis of the data, descriptive (median, frequency distribution) and multivariate (Correspondence Analysis, Binary Factor Analysis and Binary Logistic Regression) statistical techniques were applied. The theoretical basis of this research is based on the Capability Approach developed by the economist Amartya Sen. The results of this investigation states that for all social classes the use of e-government services is strongly related to the following usage competencies: e-mail, e-commerce (search for products and services) and financial services (consultations). These capabilities are favored by the Internet access preferably at "home" and "work", more than on the other location of access to the internet alternatives such as lan houses (paid public access centers) and public telecenters (free public access centers). These results provide evidence that public policies that promote access to the internet preferably at home environment (with other actions that encourage the development of internet usage competencies) are more effective in promoting an increase in the use of e-gov, than efforts to redefine the role of public access centers (telecenters and lan houses), so that they become a point of access to e-government services.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-12-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.