• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.12.2019.tde-06122019-122708
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Meirelles Saboia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Fischer, Rosa Maria (Presidente)
D'Amario, Edison Quirino
Hourneaux Junior, Flávio
Rebehy, Perla Calil Pongeluppe Wadhy
Título em português
Organizações da sociedade civil no Brasil: um estudo dos principais desafios de gestão
Palavras-chave em português
Captação de recursos
Estratégia
Gestão das organizações da sociedade civil
Gestão de pessoas
Governança
Resumo em português
A partir da década de 1990 houve um crescimento significativo das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) no Brasil, impulsionado por transformações na sociedade e no Estado brasileiro. Atualmente essas organizações representam um universo de mais de 820 mil entidades, mas ao mesmo tempo em que se verifica este crescimento quantitativo, não se observa que a maioria delas esteja em processo de desenvolvimento organizacional, principalmente no que concerne ao aperfeiçoamento das práticas de gestão. Prevalecem a informalidade dos processos e controles, ao mesmo tempo em que elas têm que enfrentar novas demandas e desafios, operando em um cenário de maior complexidade. Frente à necessidade destas organizações se prepararem para superar vulnerabilidades que acarretam riscos à sua sobrevivência institucional, foi desenhada uma pesquisa descritiva de abordagem quantitativa, que utiliza a base de dados obtida em um survey previamente realizado com 773 organizações da sociedade civil atuantes em atividades socioeducativas, inseridas em todas as regiões do Brasil, e no qual foram identificados os principais desafios de gestão na perspectiva de seus gestores. Submetidos à análise fatorial, estes dados trouxeram a identificação de cinco categorias que apresentam maior relevância como desafio de gestão para continuidade das OSCs participantes do survey: gestão de pessoas, captação de recursos, estratégia, formação de conselhos e desenvolvimento de habilidades técnicas. Como a grande maioria dos gestores indicava o desejo de manter as atividades de suas organizações, apesar das dificuldades enfrentadas, neste estudo foram feitos cruzamentos entre essas expectativas dos gestores e essas categorias identificadas, para aferir a importância dos desafios de gestão na perspectiva de perenidade das OSCs. Apesar da maioria dos gestores indicarem a captação de recursos como um desafio de gestão que exerce grande importância, os resultados dos cruzamentos demonstram que outros desafios são também relevantes, destacando-se: a gestão de pessoas, o desenvolvimento de habilidades técnicas e a formação de conselhos. Esses resultados indicam que embora a continuidade de atuação das OSCs dependa, obviamente, da sustentabilidade financeira, esta não se resolve apenas através de ações de captações tradicionais. O aperfeiçoamento da gestão das OSCs necessita da adoção de soluções mais ágeis, criativas e inovadoras, bem como do aperfeiçoamento integrado das demais práticas de gestão como: a elaboração de estratégias de médio e longo prazo, a valorização e o desenvolvimento das pessoas e a formação da governança.
Título em inglês
Civil society organizations in Brazil: a study of the main challenges in management.
Palavras-chave em inglês
Fund-raising
Governance
Management of civil society organizations
People management
Strategy
Resumo em inglês
Starting in the 1990´s, there was significant growth of Civil Society Organizations (OSCs, in Portuguese) in Brazil, fueled by transformations in society and state. Currently, these organizations represent an universe of more than 820 thousand entities, but, at the same time that this quantitative growth is verified, it is not clear that their majority is undergoing a process of organizational development, specially in what concerns improvement of management practices. Process and control informality prevail, at the same time that they must face new demands and challenges, operating under a higher complexity scenario. In order to address these organization´s needs to prepare to overcome vulnerabilities that result in risks to their institutional survival, a descriptive and quantitative-driven survey was designed, which utilizes a database obtained from a previous survey conducted with 773 civil society organizations acting in social educational activities, present in all regions of Brazil, and where the main management challenges, from the perspective of their managers, were identified. When submitted to factorial analysis, these data enabled the identification of five categories that were most relevant as management challenges to the continuity of OSCs participating in the survey: people management, fund-raising, strategy, assembling boards and technical abilities development. Since the majority of managers indicated their intent in continuing their organization´s activities, despite the many difficulties faced, this study cross-referenced these manager´s expectations with the identified categories, in order to ascertain the influence of the management challenges under the perspective of the OSCs perpetuity. Despite the majority of managers indicating fund-raising as a management challenge that exerts strong influence, the cross-referencing of results demonstrates that other challenges are also very influent, in particular: people management, technical abilities development and board formation. These results indicate that while the operational continuity of OSCs depends, obviously, on financial sustainability, this cannot be addressed solely through traditional fund-raising actions. The improvement of OSC management requires the adoption of solutions that are more agile, creative, and innovative, as well as the integrated betterment of other management practices such as: establishment of medium- and long-term strategies, personnel development and nurturing, and governance formation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidaLuciana.pdf (1.19 Mbytes)
Data de Publicação
2019-12-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.