• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.12.2012.tde-07112012-201102
Documento
Autor
Nombre completo
Esteban José Ferrari Cálcena
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2012
Director
Tribunal
Casado, Tania (Presidente)
Guedes, Liliana Vasconcellos
Ribeiro, Marcelo Afonso
Título en portugués
A mudança da identidade profissional em transições de carreira
Palabras clave en portugués
Administração de carreiras
Comportamento organizacional
Identidade
Satisfação
Resumen en portugués
A intensificação da competição nos ambientes de negócio nas últimas décadas provocou profundas mudanças nos modelos de gestão de pessoas e, consequentemente, na forma como se conduzem as carreiras dentro e fora das organizações. A fim de alcançarem maior satisfação profissional e pessoal, os profissionais têm se responsabilizado cada vez mais pelo seu desenvolvimento e pela gestão da própria carreira. Para isso, é comum que ultrapassem as fronteiras tradicionais das organizações, buscando oportunidades e realização em novas ocupações ou empregos diferentes. Com isso, movimentos de transição de carreira têm se tornado cada vez mais comuns. Pesquisas recentes realizadas no Brasil indicam que 60% dos ex-alunos da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo já realizaram ao menos uma interrupção voluntária de carreira para empreender ou então para reduzir ou flexibilizar a carga de trabalho. Resultados semelhantes foram encontrados em pesquisas realizadas com mulheres executivas no exterior. Muito já se sabe sobre o "quando" e "com que frequência" as pessoas mudam de carreira, mas pouco se sabe sobre como elas realizam essas mudanças e quais os seus impactos sobre sua identidade profissional. Assim, nesta pesquisa de natureza exploratória, buscou-se compreender como ocorrem os processos de transição de carreira e quais as ações que as pessoas realizam para reconfigurar sua identidade profissional. Para isso, foram entrevistadas nove pessoas que realizaram, entre os 31 e 41 anos de idade, uma transição de carreira que envolveu uma mudança significativa de seu papel profissional. As narrativas de carreira resultantes dessas entrevistas foram analisadas utilizando-se o método de análise de conteúdo. Os resultados desta pesquisa apontam que transições de carreira realizadas por indivíduos que já possuem um histórico profissional relevante, construído ao longo de vários anos, demandam um grande esforço de redefinição da identidade profissional. Concluiu-se que a redefinição dessa identidade se dá por meio de um processo subjetivo e dinâmico de criação de sentido das diferenças percebidas pelo indivíduo entre um papel profissional novo e um antigo. Esse processo tem como consequência a mudança da percepção sobre quem ele é e, apesar de provocar sofrimento psicológico, ao final da transição o indivíduo atinge uma integração maior entre quem ele é e aquilo que faz, obtendo assim satisfação e realização profissional e pessoal.
Título en inglés
Professional identity change in career transitions
Palabras clave en inglés
Career management
Identity
Organizational behavior
Satisfaction
Resumen en inglés
The intensification of competition in business environments in recent decades has caused profound changes in people management models and, consequently, how careers are managed within and outside organizations. In order to achieve greater personal and professional satisfaction, professionals have increasingly held accountable for their development and management of their own career. Therefore, it is usual they transcend the traditional boundaries of organizations, seeking new opportunities and achievements in different occupations or jobs. As a result, career transitions have become more frequent. Recent research in Brazil indicates that 60% of former students of the Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade of Universidade de São Paulo, have had at least one voluntary interruption in their career, so as to endeavor or to reduce or ease the workload. Similar results were found in research studies conducted on businesswomen abroad. Much is known about "when" and "how often" people change careers, but little is known about how they carry that out and what the impacts are on their professional identity. Therefore, this exploratory research intended to understand how the career transition processes occur and what actions people take to reconfigure their professional identity. For this, nine people who made a career transition between 31 and 41 years of age which involved a significant change in their professional role were interviewed. Their career narratives were analyzed through the content analysis method. The results show that career transitions that take place when an individual already has a relevant work history, built over several years, demand a significant effort to redefine the professional identity. It was concluded that this identity's redefinition occurs through a subjective and dynamic sense making process of the perceived differences between a new and a former professional role. This process leads to a change in the perception of who he is, and despite being psychologically distressful, at the end of the transition the individual attains greater integration between who he is and what he does, thereby obtaining satisfaction and professional and personal fulfillment.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2012-11-13
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2019. Todos los derechos reservados.