• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2016.tde-15062016-123330
Documento
Autor
Nome completo
Greici Sarturi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Boaventura, João Mauricio Gama (Presidente)
Abreu, Mônica Cavalcanti Sá de
Aguirre, Leire San Jose Ruiz de
Ferreira, Luciana Carvalho de Mesquita
Kayo, Eduardo Kazuo
Título em português
Distribuição de valor para o stakeholder funcionário e desempenho organizacional
Palavras-chave em português
Desempenho organizacional
Estratégia organizacional
Stakeholder
Resumo em português
A teoria dos stakeholders tem apresentado significativos avanços conceituais quanto a criação e distribuição de valor para os stakeholders. No entanto, algumas questões ainda são pouco exploradas nessa literatura. Uma delas refere-se à relação entre a distribuição de valor para os stakeholders e o desempenho organizacional. Esta pesquisa contribui com esta questão ao analisar a relação entre distribuição de valor tangível e intangível para o stakeholder funcionário e o desempenho organizacional. Como objetivos específicos, definiu-se: a) analisar a relação entre distribuição de valor tangível para os funcionários e o desempenho de curto e longo prazo da empresa; b) analisar a relação entre distribuição de valor intangível para os funcionários e o desempenho de curto e longo prazo da empresa. Para operacionalização da pesquisa foi selecionado o stakeholder funcionário, uma vez que este é um dos stakeholders mais estreitamente ligado à criação de valor da empresa, tem acesso a informações chaves, possui competências críticas para a geração de renda, e, consequentemente, um custo de reposição muito alto. A Revisão de Literatura abordou três teorias. A primeira foi a Teoria dos Stakeholders, da qual emergiu o problema de pesquisa. A segunda teoria utilizada foi a Gestão Estratégica de Recursos Humanos que contribuiu para a discussão sobre atendimento do stakeholder funcionário e desempenho organizacional. Por fim, foram empregadas teorias de motivação para explicar como o valor distribuído ao funcionário afeta sua motivação e, consequentemente, o desempenho organizacional. O método utilizado compreende uma abordagem quantitativa, cuja análise dos dados foi realizada por meio da técnica de regressão. Foram analisadas 40 empresas ao longo de quatro anos. A amostra compreendeu o conjunto de empresas que responderam ao questionário do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa, nos anos de 2010 à 2013. Este conjunto incluiu tanto empresas de capital aberto, listadas na Bolsa de Valores, quanto suas controladas. Os resultados desta pesquisa indicam que o valor tangível está mais associado ao desempenho de curto prazo enquanto o valor intangível tem efeitos no desempenho de longo prazo. Esta pesquisa apresenta contribuições teóricas e gerenciais. Sob o ponto de vista teórico, apresenta os mecanismos pelos quais a distribuição de valor para o stakeholder funcionário afeta o desempenho organizacional e testa empiricamente essa relação. Em termos gerenciais, os resultados são úteis para os gestores na decisão de que tipo de valor distribuir para o atendimento do funcionário que resulte em um melhor desempenho organizacional.
Título em inglês
Value distribution for employee stakeholder and organizational performance
Palavras-chave em inglês
Organizational performance
Organizational strategy
Stakeholder
Resumo em inglês
The Stakeholder Theory has shown significant conceptual advances regarding the value creation and distribution for stakeholders. However, some issues remain little explored in this literature. One of these issues is relate to the relationship between value distribution for stakeholders and organizational performance. This research contributes to this issue since analyze the relationship between the distribution of tangible and intangible values for the employee stakeholder and organizational performance. The specific objectives are: a) analyze the relationship between distribution of tangible value for employees and short and long-term organizational performance; b) analyze the relationship between distribution of intangible value for employees and short and long-term organizational performance. In order to perform the research it was selected the employee stakeholder, since this is one of the most closely stakeholder associated with the firm's value creation, has access to key information, critical skills to generate rent, and high replacement cost. The Literature Review section covers three theories. The first one is the Stakeholders Theory, from which the research problem emerged. The second theory is the Strategic Human Resource Management (SHRM), which contributed to the discussion on the employee stakeholder and organizational performance. Finally, theories of motivation were used to explain how the value distributed for employees affects their motivation and therefore organizational performance. The method comprised a quantitative approach, which analysis was performed through the regression technique. It was analyzed 40 firms over four years. The sample is composed by firms that responded the Corporate Sustainability Index (ISE) questionnaire, from the BM&FBovespa, in the years from 2010 to 2013. This set of firms included both publicly traded companies listed on the Stock Exchange, and their subsidiaries. The results indicate that the tangible value is more associated with short-term performance while the intangible value has effects on long-term performance. This research presents theoretical and managerial contributions. From the theoretical point of view, this study presents the mechanisms through which the distribution of value for employees affects organizational performance and test empirically this relationship. In terms of management, the results are useful to managers decide what kind of value distribute to employees in order to achieve a better firm performance
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidaGreici.pdf (1.50 Mbytes)
Data de Publicação
2016-06-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.