• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2009.tde-17122009-105238
Documento
Autor
Nome completo
Claudia Emiko Yoshinaga
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Securato, Jose Roberto (Presidente)
Barros, Lucas Ayres Barreira de Campos
Eid Junior, William
Fama, Rubens
Minardi, Andrea Maria Accioly Fonseca
Título em português
A relação entre índice de sentimento de mercado e as taxas de retorno das ações: uma análise com dados em painel
Palavras-chave em português
Dados em painel
Índice de sentimento de mercado
Modelo de apreçamento
Resumo em português
Na teoria clássica de finanças, o sentimento do investidor não é considerado um fator importante sobre os preços das ações. Embora a existência do sentimento do investidor não seja negada, as teorias normalmente partem do princípio de que, em mercados financeiros competitivos, comportamentos de agentes quase-racionais são rapidamente eliminados. Esta tese tem o objetivo de investigar a relação entre o sentimento de mercado e as taxas de retorno futuras das ações. É proposta uma metodologia para a criação de um índice de sentimento específico para o mercado brasileiro com uso da análise de componentes principais. Com o objetivo de verificar a relação deste índice de sentimento com as taxas de retorno das ações, foi estimado um modelo de apreçamento em que esta variável foi incluída, para o período de 1999 a 2008. A amostra foi composta por empresas não-financeiras com ações listadas na BOVESPA, com uma negociabilidade mínima que garantisse observações suficientes e representativas para validar os resultados encontrados na pesquisa. O modelo de apreçamento foi estimado por GMM, levando em consideração o índice de sentimento de mercado, o risco sistêmico das empresas (medido pelo beta) e fatores como tamanho, índice market-to-book, alavancagem, momentum e crescimento da receita. Empregaram-se diferentes procedimentos para estimar os parâmetros dos modelos empíricos formulados, com o propósito de isolar influências espúrias, ocasionadas pela presença de heterogeneidade não-observada, pela existência de eventuais observações extremas ou mesmo pela possível endogeneidade dos regressores. Os resultados deste estudo empírico sugerem que o sentimento é um fator relevante no apreçamento das ações no mercado brasileiro. A relação negativa e significante entre o índice de sentimento e as taxas de retorno, encontrada consistentemente em diferentes modelos, indica um padrão de reversão nas taxas de retornos, ou seja, após um período de sentimento positivo, o impacto nas taxas de retorno no período seguinte é negativo, e vice-versa.
Título em inglês
The relationship between market sentiment index and stock returns: a panel data analysis
Palavras-chave em inglês
Market sentiment index
Panel data analysis
Pricing mode
Resumo em inglês
In classical finance theory investor sentiment is not considered an important factor in asset pricing. Although the existence of investor sentiment is not denied, theories assume that in competitive markets quasi-rational behavior is quickly offset by rational agents. The main goal of this thesis is to investigate the relationship between investor sentiment and future stock return rates. It is proposed a methodology to create a sentiment index specifically to the Brazilian market using principal components analysis. In order to analyze the relationship between this sentiment index and the future stock returns, it was estimated a pricing model including this variable for the period comprehending 1999 to 2008. Considering a negotiability restriction to assure representative and sufficient observations to validate a pricing model, the sample consisted of non-financial firms listed at BOVESPA. The pricing model was estimated by GMM considering the sentiment index, systematic risk (market beta) and factors as firm size, market-to-book ratio, leverage and return predictability measured by momentum or income growth. Different estimation procedures were applied to find empirical models coefficients which are less affected by spurious influence such as unobserved heterogeneity, outliers or possible regressors endogeneity. Results of the empirical study suggest that sentiment is a relevant factor in Brazilian asset pricing models. A negative and statistically significant relationship between the sentiment index and stock returns was consistently found in different models specifications. These findings suggest the existence of a reversion pattern in stock returns, meaning that after a positive sentiment period, the impact on subsequent stock returns is negative and vice-versa.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-12-17
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • YOSHINAGA, Claudia Emiko, e CASTRO JUNIOR, Francisco Henrique Figueiredo de. The Relationship between Market Sentiment Index and Stock Rates of Return: a Panel Data Analysis. Brazilian Administration Review [online], 2012, vol. 09, n. 2, p. 189-210. [acesso 2013-01-13]. Disponível em : <http://www.anpad.org.br/periodicos/arq_pdf/a_1301.pdf>
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.