• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2016.tde-19012016-150057
Documento
Autor
Nome completo
Vladimir Chagas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Reinhard, Nicolau (Presidente)
Cunha, Maria Alexandra Viegas Cortez da
Sun, Violeta
Título em português
Gastos e governança de TI no governo do estado de São Paulo
Palavras-chave em português
Administração pública
Governança de tecnologia da informação
Governo de São Paulo
Investimentos
Tecnologia da informação
Resumo em português
Os altos investimentos necessários para custear recursos de Tecnologia da Informação (TI) exigem assertividade e alinhamento com as estratégias organizacionais, assim como a responsabilidade de todas áreas da organização, e não só da área de TI. Este cenário faz com que a Governança de Tecnologia da Informação (GTI) venha ganhando importância na gestão de organizações públicas e privadas nos últimos anos. O presente trabalho estudou o nível de gastos em TI e sua evolução nas secretarias do Governo do Estado de São Paulo no período de 2004 a 2013, e sua relação com maturidade em GTI. Partiu-se do pressuposto de que gestores com maior maturidade em GTI possuem maior compreensão sobre a importância estratégica da TI, se encontram mais preparados para gerir o seu orçamento e estão mais capacitados para elaborar e defender propostas de projetos de TI. Desta forma, conseguiriam apropriar, para a TI, uma parcela maior do orçamento total da sua organização. Também se considerou que as organizações incrementaram seus investimentos em TI nos últimos anos, como decorrência natural da evolução da TI e do grande número de novos recursos disponíveis. A pesquisa se baseou em dados secundários disponibilizados pelo Governo do Estado, e aplicou a técnica de análise fatorial sobre os dados de maturidade em GTI para geração de um score fatorial que servisse como indicador único do nível de maturidade das secretarias. Este dado foi correlacionado com a parcela de gastos com TI de cada secretaria através de análise de correlação e regressão linear. Por fim, foram definidas categorias para o nível de maturidade em GTI e para o nível de gastos com TI, e as secretarias foram categorizadas e agrupadas por categoria. Com base nos agrupamentos formados, foi realizada a análise de correspondência entre as categorias. Os resultados revelaram que não existe relação entre nível de maturidade em GTI e o nível de participação de gastos com TI e sua evolução: secretarias com altos níveis de maturidade em GTI apresentaram baixos níveis de participação de gastos com TI, enquanto secretarias menos maduras apresentaram maiores níveis. Também se verificou que aproximadamente 40% das secretarias analisadas apresentaram baixos níveis de maturidade em GTI, com scores fatoriais abaixo de 1 (numa escala de 0 a 5). Os resultados também mostraram que os gastos com TI do Governo cresceram em valores absolutos ao longo do período, mas que a parcela de gastos com TI em relação aos gastos totais não cresceu, se mantendo praticamente estacionada em percentuais próximos a 1% nos últimos anos. Em muitas das secretarias estudadas, na verdade, o nível de gastos com TI diminuiu ao longo do período, o que sugere que a importância relativa da TI dentro das prioridades do Governo não cresceu.
Título em inglês
Spending ant it governance in São Paulo state government
Palavras-chave em inglês
Information technology
Information technology governance
Investments
Public administration
State of São Paulo government
Resumo em inglês
The high investments needed to finance the resources of Information Technology (IT) involve risks and demand assertiveness and alignment with the organization strategies, as well as the responsibility of all the sectors of the organization, and not only IT sector. This scenario results a continuous improvement in importance of Information Technology Governance (ITG) in public and private organizations in the last years. This research studied the level of investment in IT and its evolution within departments of São Paulo State Government from 2004 to 2013, and its relationship with ITG maturity. It started on the assumption that managers with higher ITG maturity have a greater understanding of the strategic importance of IT, are better prepared to manage their budget and are better qualified to elaborate and argue in favor of IT projects proposals. This way, they could take ownership, towards IT, of a larger portion of the company's total budget. It was also considered that companies have increased their investments in IT over recent years, as a natural consequence of IT evolution and the large number of new features available. The research was based on secondary data provided by the State Government, and used factor analysis technique for generating a factor score that could be used as a single indicator of departments maturity level. This information was correlated with the IT investment share of each department through correlation analysis and linear regression. Finally, categories have been defined for ITG maturity level and for level of investment in IT, and the secretariats were categorized and grouped by category. Based on obtained groups, a correspondence analysis among categories was undertaken. The results revealed that there is no relationship between ITG maturity level and level of investment in IT and its evolution: departments with high levels of ITG maturity had lower investment in IT levels, and less mature departments had higher levels of investment in IT. It also showed that around 40% of analysed departments showed low ITG maturity level, holding factorial scores below one (1) - on a scale from 0 to 5. Results also showed that State Government investment in IT has increased in absolute terms over the period, however the portion of total budget invested in IT has not grown, and keeps virtually frozen over last years, at percentages close to 1%. In fact, the level of investment in IT has decreased over the period for most part of State departments, which indicates that the relative importance of IT as a Government priority has not grown.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-02-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.