• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
Documento
Autor
Nombre completo
Gustavo Moreira de Albuquerque
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2006
Director
Tribunal
Fleury, Maria Tereza Leme (Presidente)
Dutra, Joel Souza
Malik, Ana Maria
Título en portugués
Integração vertical na medicina suplementar: contexto e competências organizacionais
Palabras clave en portugués
Competências organizacionais
Integração vertical
Medicina suplementar
Resumen en portugués
Com a evolução das práticas administrativas, vários arranjos produtivos têm sido empreendidos pelos mais diversos setores da economia. Em algumas indústrias, podem-se constatar ciclos de integração quando uma corporação ou empresa torna-se responsável por etapas consecutivas da cadeia de produção de bens e serviços. Este conceito, denominado integração vertical, apresenta diversas implicações relativamente bem exploradas por estudos de operações industriais, de economia dos custos de transação, de competitividade e de políticas anti-truste. No campo da assistência médica privada, este arranjo tem se firmado em grandes operadoras de planos de saúde que, ao direcionar sua demanda para serviços próprios visam, principalmente, controlar os custos de produção. Este trabalho empreendeu primeiramente pesquisa bibliográfica para levantar alguns marcos conceituais sobre o tema e compreender aspectos já abordados na literatura internacional de Gestão de Saúde e, em particular, na norte-americana. A seguir, procedeu a um Estudo de Campo, para abordar a percepção de gestores do setor sobre o movimento de verticalização na Medicina Suplementar, na tentativa de obter insights sobre as motivações e as implicações de um processo ainda pouco abordado pela literatura de Gestão em Saúde no país. Diante de um panorama teórico e do entendimento da situação do processo de integração vertical na Medicina Suplementar, optou-se pela realização de um Estudo de Caso. Através da limitação do escopo de análise e da aplicação de metodologia específica, foi possível elencar algumas competências organizacionais relacionadas com os intentos estratégicos e, em maior ou menor grau, com a verticalização de uma Cooperativa Médica. Ao identificar o portfólio de recursos envolvidos na geração destas competências visou-se colaborar com o processo de orientações estratégicas desta organização e fornecer subsídios para discussão do tema no setor.
 
Ficheros
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
1.pdf (53.00 Kbytes)
2.pdf (88.93 Kbytes)
3.pdf (891.12 Kbytes)
Fecha de Publicación
2006-12-07
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2019. Todos los derechos reservados.