• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.16.2014.tde-16102014-093723
Documento
Autor
Nome completo
André Luís de Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Rozestraten, Artur Simões (Presidente)
Kossoy, Boris
Pinheiro, Maria Lucia Bressan
Título em português
Imagens da cidade: a evolução urbana de Itu através da fotografia
Palavras-chave em português
Cartões-postais
Fotografia
Frederico Egner
Itu
Patrimônio histórico
Setimo Catherini
Resumo em português
Os registros fotográficos urbano-arquitetônicos da cidade de Itu têm seu início na década de 1870, quando surge a primeira fotografia conhecida do espaço público da cidade, e segue seu desenvolvimento ao longo das décadas seguintes, registrando a evolução urbana do município, a qual passa a ser divulgada por meio de cartões-postais a partir da primeira década do século XX. O mapeamento desta produção fotográfica buscou identificar os primeiros fotógrafos que atuaram na cidade - desde a década de 1860 - e sua produção fotográfica realizada até meados do século XX, quando a cidade altera sua matriz urbana. Dentro desta produção, há destaque para as coleções de cartões-postais com temas da cidade, reunidos em 15 conjuntos, e para o trabalho dos fotógrafos Frederico Egner e Setimo Catherini, maiores produtores desses cartões. A identificação e catalogação da produção fotográfica ituana permitiram o entendimento da distribuição geográfica dos temas publicados em cartões-postais, dando visibilidade às áreas claras e escuras no mapa dos registros fotográficos urbanos da cidade e permitindo a leitura da evolução espacial dos locais mais registrados ao longo do tempo. A partir do levantamento iconográfico, foram consideradas algumas propostas para a reconstituição digital do cenário urbano da cidade, bem como indicações para a salvaguarda, divulgação e ampliação do conjunto fotográfico e para a preservação e a revitalização do conjunto urbano-arquitetônico da cidade.Os registros fotográficos urbano-arquitetônicos da cidade de Itu têm seu início na década de 1870, quando surge a primeira fotografia conhecida do espaço público da cidade, e segue seu desenvolvimento ao longo das décadas seguintes, registrando a evolução urbana do município, a qual passa a ser divulgada por meio de cartões-postais a partir da primeira década do século XX. O mapeamento desta produção fotográfica buscou identificar os primeiros fotógrafos que atuaram na cidade - desde a década de 1860 - e sua produção fotográfica realizada até meados do século XX, quando a cidade altera sua matriz urbana. Dentro desta produção, há destaque para as coleções de cartões-postais com temas da cidade, reunidos em 15 conjuntos, e para o trabalho dos fotógrafos Frederico Egner e Setimo Catherini, maiores produtores desses cartões. A identificação e catalogação da produção fotográfica ituana permitiram o entendimento da distribuição geográfica dos temas publicados em cartões-postais, dando visibilidade às áreas claras e escuras no mapa dos registros fotográficos urbanos da cidade e permitindo a leitura da evolução espacial dos locais mais registrados ao longo do tempo. A partir do levantamento iconográfico, foram consideradas algumas propostas para a reconstituição digital do cenário urbano da cidade, bem como indicações para a salvaguarda, divulgação e ampliação do conjunto fotográfico e para a preservação e a revitalização do conjunto urbano-arquitetônico da cidade.
Título em inglês
Images of the city: the urban evolution of Itu through photography
Palavras-chave em inglês
Historical heritage
Itu
Photography
Postcards
Resumo em inglês
The urban-architectural photographic recording of the city of Itu has its beginning in the 1870s, when the first known photograph of the urban public space comes out to light, and this recording follows city's development over the following decades, recording the evolution of urban municipality, which passes to be disseminated by means of postcards from the first decade of the twentieth century. The mapping of this photographic production sought to identify the first photographers who worked in the city - since the 1860s - and their photographic production held until the mid- twentieth century, when the city changes its urban matrix. In this production, there is an emphasis on the collections of postcards with urban themes, gathered in 15 sets, and the work of photographers Frederico Egner and Setimo Catherini, the principal producers of these cards. The identification and cataloging of the photographic production from Itu allowed the understanding of the geographical distribution of the topics published on postcards, giving visibility to the light and dark areas on the map of urban photographic records of the city, and allowing the reading of the spatial evolution of the most recorded places over time. From the iconographic survey, some proposals were considered for the digital reconstruction of the urban landscape of the city, as well as directions to the safeguarding, promotion and expansion of the photographic collection and the preservation and revitalization of the urban-architectural ensemble.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ME_ANDRE_LIMA.pdf (44.64 Mbytes)
Data de Publicação
2014-10-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.