• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.16.2018.tde-19122018-154908
Documento
Autor
Nome completo
Verena Ferreira Tidei de Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Santos, Maria Cecilia Loschiavo dos (Presidente)
Goya, Claudio Roberto y
Mendes, Francisca Dantas
Pereira, Andrea Franco
Sakurai, Tatiana
Título em português
Ensino superior em design de moda no Brasil: práxis e (in)sustentabilidade
Palavras-chave em português
Design
Design de moda
Ensino superior em design de moda
Insustentabilidade
Pedagogia crítica
Resumo em português
Esta tese propõe-se a refletir a respeito do ensino superior em design de moda no Brasil na perspectiva de uma formação crítica e ativa no que se refere à (in)sustentabilidade. A pesquisa, qualitativa, desenvolve-se sob o enfoque epistemológico do materialismo históricodialético e se encontra estruturada de modo a representar o caminho percorrido. Em relação à perspectiva teórica, adota como ponto de partida o cenário da insustentabilidade, cujo percurso histórico e analítico permite entender sua estreita relação com o design de moda, e busca compreender, a partir de um olhar crítico e contextualizado a respeito da atividade, suas potencialidades em relação à sustentabilidade. Ao admitir a necessária transformação da prática em design de moda, mediante o exame a respeito dos paradigmas educacionais do ensino em design admite sua igualmente necessária alteração e, diante do cenário delineado a respeito do ensino superior em design de moda no Brasil, identifica, na predisposição dos cursos de bacharelado em incluir a questão da sustentabilidade em seus currículos, um campo pertinente a ser explorado. A partir da compreensão de que é preciso ir além de uma inclusão pro forma da questão nos currículos - e, portanto, da necessidade de explorar em profundidade a realidade do ensino superior em design de moda -, a pesquisa investiga, a partir de uma perspectiva empírica, a situação de três cursos de graduação no Brasil em relação à (in)sustentabilidade, buscando compreendê-los em sua pluralidade e singularidade: o bacharelado em Design de Moda da Universidade Anhembi Morumbi (SP), o bacharelado em Design de Moda da Universidade Estadual de Londrina (PR) e o bacharelado em Design - Moda da Universidade Federal do Ceará (CE). Complementarmente, investiga ainda os pontos de vista de professoras e pesquisadoras envolvidas com o objeto na Inglaterra, Finlândia e Dinamarca. As investigações revelam impressões não previstas ou de explicação insuficiente, se considerados unicamente os conteúdos abordados inicialmente no referencial teórico. Os olhares que constituem o cotidiano dos cursos no Brasil - institucional, docente e discente - desvelam questionamentos subjacentes à pergunta que norteia esta pesquisa e inferem que uma formação crítica e ativa no que diz respeito à (in) sustentabilidade se relaciona, para além dos conteúdos, à forma como estes são articulados. As perspectivas internacionais, não se atendo a conteúdos específicos, mas à forma como eles são articulados e a caminhos e desafios relacionados, repercutem e complementam as análises depreendidas em um contexto nacional. A pedagogia crítica freiriana emerge, então, como um espaço formidável e fecundo de diálogo, e o referencial teórico que se constrói a partir dela possibilita completar a reflexão a respeito do ensino superior em design de moda no Brasil na perspectiva de uma formação crítica e ativa no que tange à (in)sustentabilidade: a formação que permite ao aluno, por meio de sua prática, desafiar o status quo em seu campo de atuação; a formação na qual o design de moda é ensinado, aprendido e praticado como um possível ato de proposição transformadora.
Título em inglês
Higher education in fashion design in Brazil: praxis and (un)sustainability.
Palavras-chave em inglês
Critical pedagogy.
Design
Fashion design
Fashion design higher education
Unsustainability
Resumo em inglês
This dissertation proposes to reflect on fashion design higher education, in Brazil, from the perspective of a critical and active formation regarding (un)sustainability. The research is qualitative and developed under the historical-dialectical materialism epistemological approach, and is structured in such a way as to represent its development. Regarding a theoretical perspective, the research adopts, as a starting point, the unsustainability scenario, whose historical and analytical path allows us to understand its close relationship with fashion design. It seeks to understand, from a critical and contextualized look at fashion design activity, its potential in relation to sustainability. By admitting the necessary transformation on fashion design practice, in parallel, through examining the educational paradigms of design teaching, it admits their equally necessary transformation, and before the outlined scenario of fashion design higher education, in Brazil, it identifies in the predisposition of bachelor's degrees to include the issue of sustainability in their curricula, a relevant field to be explored. From the understanding that it is essential to go beyond a pro forma inclusion of the theme in the curricula, and therefore of the need to explore in depth the reality of fashion design higher education, the research investigates, from an empirical perspective, the situation of three undergraduate courses in Brazil regarding (un)sustainability, seeking to understand them in their plurality and singularity: Fashion Design bachelor's degree at Anhembi Morumbi University (SP), Fashion Design bachelor's degree at State University of Londrina (PR), and Design - Fashion bachelor's degree at Federal University of Ceará (CE). In addition, it also investigates the points of view from professors and researchers from England, Finland and Denmark who are involved with the object. The study reveals unexpected impressions, or of insufficient explanation if only the contents initially tackled in the theoretical framework are considered. The insights that make up the daily life of the courses in Brazil - institutional, teaching and student - reveal underlying questionings to the main question that guides this research, and infer that a critical and active formation regarding (un)sustainability relates to, beyond the contents, the way in which they are articulated. The international views, not focusing on specific contents, but on how these are articulated and their related paths and challenges, echo and complement the analysis realized in a national context. The freirian critical pedagogy then emerges as a formidable and fruitful field for dialogue, and the theoretical framework that builds up from it makes it possible to complete the reflection on fashion design higher education, in Brazil, from the perspective of a critical and active formation regarding (un)sustainability: the formation that allows the student to challenge the status quo, through his/her practice, in his/her field of action; where fashion design is taught, learned and practiced as a possible act of transforming proposition.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-12-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.