• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.16.2020.tde-16032020-160253
Documento
Autor
Nome completo
Lucas Martins de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Queiroga, Eugênio Fernandes (Presidente)
Campos, Ana Cecilia Mattei de Arruda
Cocozza, Glauco de Paula
Pacheco, Reinaldo Tadeu Boscolo
Silva, Jonathas Magalhães Pereira da
Título em português
Ferrovia-parque: possibilidades para paisagens das cidades do Triângulo Mineiro 
Palavras-chave em português
Ferrovias urbanas
Paisagismo urbano
Parques
Triângulo Mineiro
Resumo em português
O trabalho investiga o caráter estruturador do sistema ferroviário no processo de configuração urbana das cidades de Uberaba, Uberlândia e Araguari e seu potencial de qualificação e reestruturação de paisagens. A implantação das empresas ferroviárias na região do Triângulo Mineiro no entre-séculos XIX-XX desenhou a nova paisagem urbana nas cidades indicadas. Na década de 1970, a desativação dos antigos sistemas e a construção de novos equipamentos nas bordas urbanas desencadearam intensas reconfigurações da paisagem, tanto central, com a abertura de novos espaços livres, quanto na periferia, com a presença de novas infraestruturas que conectam e, ao mesmo tempo, rompem o território. Os sistemas, tanto desativados quanto em uso, encontram-se envoltos de urbanização, mas pouco se relacionam aos demais espaços urbanizados. São geridos de modo descoordenado e sem um plano de intervenção. Apresenta-se a tese de que os sistemas ferroviários das três cidades possuem importante potencialidade latente de reestruturação da paisagem urbana e que sua qualificação é elemento para a valorização da esfera de vida pública. Estes sistemas devem ser urbanizados dado que são espaços híbridos, uma vez que além de sua função logística, potencializam a apropriação quando devidamente qualificados. A tese assenta-se no pressuposto de que proporcionalmente ao caráter problemático das áreas ferroviárias em áreas urbanas, estão suas potencialidades. A partir da caracterização destas áreas por meio da análise de Unidades de Paisagem aplicada às linhas férreas, foi possível, além de levantar as carências e os conflitos da urbanização que as envolvem, reconhecer suas potencialidades enquanto lugares capazes de incrementar os sistemas de espaços livres cotidianos, pensando, não somente no que é possível, mas, também, necessário para o viver democrático.
Título em inglês
Railroad-park: possibilities for landscapes of the cities of Triângulo Mineiro
Palavras-chave em inglês
Parks
Triângulo Mineiro
Urban landscape
Urban railways
Resumo em inglês
This work investigates the structuring character of the rail system in the urban configuration process of the cities of Uberaba, Uberlândia and Araguari and its potential for landscape qualification and restructuring. The implantation of the railway companies in the region of the Triângulo Mineiro in the nineteenth-twentieth century has designed the new urban landscape in the indicated cities. In the 1970s, the deactivation of the old systems and the construction of new equipment on the urban borders triggered intense reconfigurations of the landscape, both centrally, with the opening of new free spaces, as well as in the periphery, with the presence of new infrastructures that connect and, at the same time, they break the territory. The systems, both deactivated and in use, are surrounded by urbanization, but have little relation to other urbanized spaces. They are managed in an uncoordinated manner and without an intervention plan. The thesis is presented that the rail systems of the three cities have important latent potential for restructuring the urban landscape and that their qualification is an element for the valorization of the public life sphere. These systems must be urbanized as they are hybrid spaces, since besides their logistic function, they enhance the appropriation when properly qualified. The thesis is based on the assumption that in proportion to the problematic character of rail areas in urban areas, their potentialities lie. From the characterization of these areas through the analysis of Landscape Units applied to the railways, it was possible, in addition to raising the needs and conflicts of urbanization that surround them, to recognize their potentialities as places capable of increasing the daily open space systems, thinking not only of what is possible but also necessary for democratic living.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-03-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.