• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.16.2012.tde-14022013-161737
Documento
Autor
Nombre completo
Joana Zatz Mussi
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2012
Director
Tribunal
Pallamin, Vera Maria (Presidente)
Parra, Henrique Zoqui Martins
Rolnik, Suely Belinha
Título en portugués
O espaço como obra : ações, coletivos artísticos e cidade
Palabras clave en portugués
Arte contemporânea
Arte pública
Artes - América Latina
Artes - Aspectos políticos
Artes - Século 21
Ativismo
Cidade
Coletivos artísticos
Espaço
Imagem
Intervenção urbana
Mídia e cultura
Performance
Potência crítica
Práticas situadas
Público
Representação direta
Subjetividade política
Urbanos e sociais
Resumen en portugués
O ESPAÇO COMO OBRA: Ações, Coletivos Artísticos e Cidade é uma reflexão a respeito dos processos de criação e impacto social das ações dos coletivos artísticos Contrafilé, Frente 3 de Fevereiro e Política do Impossível de São Paulo e GAC de Buenos Aires, que começaram a atuar em meados dos anos 1990. A dissertação foi desenvolvida a partir de diversas vozes, que se complementam e entrecruzam: uma voz narrativa, que vai apresentando descobertas feitas em minha atuação como artista no espaço urbano e que surge de uma dimensão local, inclusive íntima, chegando a uma voz mais "reflexiva e acadêmica"; vozes da grande mídia; as vozes dos próprios trabalhos artísticos apresentados; vozes dos coletivos, quando são utilizados como referências teóricas; e, por último, vozes de pensadores que de alguma forma influenciam o meu pensamento e o do movimento cultural do qual fazem parte as práticas urbanas aqui analisadas. O intuito é compreender como as intervenções urbanas, ao mesmo tempo, resultam e geram uma rede de afetos e significados e evidenciam a emergência de uma subjetividade política contemporânea que passa, necessariamente, por discutir e concretizar políticas de representação, relação, subjetivação e modos de vida alternativos aos impostos pelo neoliberalismo. Interessa, portanto, pensar como acontece e toma corpo a potência crítica situada deste tipo de resistência, configurando formas atuais do fazer político no contexto específico e complexo da cidade como escala e espaço referencial. O estudo se desenvolve como uma investigação ativa e participante de diversos trabalhos realizados pelos coletivos e através da qual me interessa observar essas ações/intervenções em seu poder disruptivo, ou seja, em sua capacidade de presentificar acontecimentos que de alguma forma desestabilizem representações sociais e sensações prévias. E que, ao evidenciar a possibilidade de fazê-lo, trazem à tona um saber circulatório que difunde a imagem produzida em situação representação direta e a experiência do "público" como obra.
Título en inglés
The space as the work : actions, art collectives and city
Palabras clave en inglés
21 century art
Activism
Art collectives
Art political
City
Contemporary art
Critical potency
Cultural
Direct representation
Image
Latin American art
Media and culture
Performance
Political subjectivity
Public
Public art
Situated practices
Space
Urban and social aspectse
Urban intervention
Resumen en inglés
The Space as theWork:Actions, Art Collectives and City is a reflection on creation processes and social impact of actions carried out by art collectives Contrafilé, Frente 3 de Fevereiro and Política do Impossível dfrom São Pauloe, as well as GAC Buenos Aires. These collectives have began work in the 1990's. The dissertation stems from multiple voices, which cross over and complement each other: a narrative voice that unravel discoveries made in my work as an artist in the urban space, emerging from a local and also intimate dimension, arriving at a "more reflexive and academic" voice; voices of the mainstream media; voices of the works studied; voices of the collectives, when they are mobilised as theoretical refeb rences and, lastly, voices of the thinkers who somehow influenced my thinking and voices of the cultural movement of which the urban practices under scrutiny are part of. The aim is to understand how the urban interventions at once result from and generate a network of affects and meanings, as they render evident the emergence of a contemporary political subjectivity. This subjectivity necessarily involves discussing and carrying out a politics of representation, relation, subjectivation and modes of life alternative to those imposed by neoliberalism. Under this light, the dissertation seeks to think how the critical potency situated in this kind of resistance can be embodied and takes place at all, configuring current forms of political making, in the specific and complex context of the city as scale and as referential space. This study developed as an active and participating investigation of several works carried out by the collectives. I seek to observe the actions/interventions in their disruptive power, i.e., in their capacity to render present events that somehow destabilise social representations and previous sensations. And which, as they evidence the possibility of being carried out, they bring to the surface a circulatory knowledge that diffuses the image produced in situation direct representation and the experience of the "public" as work.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2013-03-01
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.