• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.16.2012.tde-19062012-130727
Documento
Autor
Nome completo
Jacopo Crivelli Visconti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Jorge, Luis Antonio (Presidente)
Belluzzo, Ana Maria de Moraes
Bogéa, Marta Vieira
Farias, Agnaldo Aricê Caldas
Guerra Neto, Abílio da Silva
Título em português
Novas derivas
Palavras-chave em português
Arte contemporânea
Arte performática
Situacionismo
Resumo em português
Esta tese tem como objetivo delimitar e analisar uma estratégia artística recorrente a partir do final da década de 1960, que consiste exclusivamente, ou incorpora como seu elemento fundamental, o ato de andar, na maioria dos casos por parte dos próprios artistas. Para definir essa prática, utiliza-se aqui o termo deriva, cuja matriz situacionista introduz o olhar social e politicamente engajado a partir do qual a maioria das obras analisadas foram criadas, e com base no qual elas são lidas neste contexto. Na primeira parte da tese, são desenvolvidas algumas considerações teóricas, com o fim de evidenciar algumas características recorrentes na produção das derivas, ao passo que elas são contextualizadas em preocupações e tendências mais gerais, como a que visa a desmaterialização da arte, ou a chamada estética relacional, entre outras. Na segunda parte, apresenta-se um compêndio bastante amplo, e apesar disso ainda longe de poder ser considerado completo, de obras pertinentes nesta discussão, produzidas ao longo das últimas quatro décadas.
Título em inglês
NEW DRIFTS
Palavras-chave em inglês
Contemporary art
Performance
Situationism
Resumo em inglês
This thesis seeks to delimitate and analyze an artistic strategy that can be considered recurrent since the end of the 1960s, and which consists basically, or at least includes as its core element, the act of walking, mostly undertaken by the artist him/herself. In order to define this practice, the word employed is the Situationist term "deriva" (drift), which situates the reader in the socially and politically engaged context in which most of the works here analyzed were created, and based upon which they are therefore read. In the first part of the thesis, a series of theoretical considerations is made, aiming at identifying a few recurrent characteristics of the "drifts", while at the same time placing them in the context of more general trends and concerns, as the so-called Demateriali- zation of art, or Relational Aesthetics, among others. The second part consists basically of a large, although certainly not complete, summary of works that are relevant for this research, produced during the last five decades.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese_jacobo.pdf (10.33 Mbytes)
Data de Publicação
2012-08-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.