• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.16.2017.tde-20122016-144850
Documento
Autor
Nome completo
Diego Mauro Muniz Ribeiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Pallamin, Vera Maria (Presidente)
Fabbrini, Ricardo Nascimento
Jacques, Paola Berenstein
Título em português
Internacional Situacionista e Superstudio: arquitetura e utopia nos anos 1960-1970
Palavras-chave em português
Década de 60
Europa
História da arquitetura
Internacional situacionista
Superstudio
Utopia
Resumo em português
Esta dissertação se propõe a investigar, no campo da arquitetura e urbanismo, os empregos do termo "utopia" num período em que este foi especialmente movente e dissensual: o final dos anos 1950 até o início dos anos 1970, no contexto europeu. Elegeu-se, para estudo de caso, as proposições da Internacional Situacionista e do Superstudio. Acompanharemos de forma mais detida os escritos situacionistas desde a fundação do movimento (1957) até cerca de 1961, período em que as discussões do grupo estão voltadas para a arquitetura, o urbanismo e a arte. No caso de Superstudio, priorizaremos a sua produção desde o seu surgimento (dezembro de 1966) até 1973, que é quando o interesse do grupo migra do tema da utopia para o estudo de modos de vida vernaculares e não-urbanos. A eleição destes dois grupos diz respeito à forma bastante distinta com que cada um lida com a questão das utopias, ao mesmo tempo que o lastro marxista comum nos permite traçar uma série de comparações, marcando as suas aproximações e divergências
Título em inglês
International Situationist and Superstudio: architecture and utopia in the years 1960-1970
Palavras-chave em inglês
Europe (1960s)
History of architecture
International situationist
Superstudio
Utopia
Resumo em inglês
This dissertation proposes to investigate, in the field of architecture and urbanism, the The term "utopia" in a period in which it was especially Dissensual: the late 1950s to the early 1970s in the European context. The case of the Situationist International and the Superstudio. We will more closely follow the situationist writings from the Foundation of the movement (1957) until about 1961, when discussions of the Focus on architecture, urbanism and art. In the case of Superstudio, We will prioritize its production from its inception (December 1966) until 1973, Which is when the interest of the group migrates from the theme of utopia to the study of modes of Vernacular and non-urban life. The election of these two groups concerns the Quite different from what each one deals with the question of utopias, at the same time That the common Marxist ballast allows us to draw a series of comparisons, marking Their approximations and divergences.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
diegomaurorev.pdf (7.49 Mbytes)
Data de Publicação
2017-01-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.