• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.16.2008.tde-30042010-093403
Documento
Autor
Nome completo
Luciano Torres Tricárico
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Ferrara, Lucrecia D'Alessio (Presidente)
Carlos, Ana Fani Alessandri
Gitahy, Maria Lucia Caira
Leite, Maria Angela Faggin Pereira
Silva, Fábio Duarte de Araujo
Título em português
Raptos do direito à cidade como categoria de análise do plano urbano na modernidade
Palavras-chave em português
Cidade
Moderno
Urbanismo
Resumo em português
Esta tese de doutorado tem como tema o estudo do urbanismo nas caracterizações que lhe foram dadas pelo movimento moderno e sua hipótese fundamental se refere à possibilidade de considerar como aquele movimento desenvolveu, indiretamente, um rapto do direito à cidade que passa a constituir uma categoria epistemológica na análise de planos urbanos desenvolvidos sob a sua inspiração. Para tanto e como estratégia metodológica de pesquisa foram utilizados planos urbanos modernos em confronto com a cidade enquanto realidade empírica e em processo constante de mudança. Concluiu-se que um dos fatores que podem levar muitos planos urbanos modernistas a se frustrarem está na condição com que eles conseguem (ainda que muitas vezes não perceptivelmente) raptar a cidade real existente. De modo que se propõe uma empiricização do plano no tempo e no espaço do vivido; portanto no cotidiano como signo potencial para se fazer e rever o plano urbano. Daí decorrem desdobramentos que o atual desenvolvimento dos meios tecnológicos podem oferecer para o plano urbano, visto que estes meios atuam como parte daquele cotidiano.
Título em inglês
Abductions of the right to the city as epistemological category in the analysis of urban plans in modernity
Palavras-chave em inglês
City
Modern
Urbanism
Resumo em inglês
The subject-matter of this PhD thesis is the study of urbanism according to the characterizations it was given by the modern movement and its fundamental hypothesis refers to the possibility of considering the way in which this movement developed, indirectly, an abduction of the right to the city, which comes to constitute an epistemological category in the analysis of urban plans developed under the inspiration of this movement. In order to do this and as a methodological research strategy, we used modern urban plans confronting them with the city as an empiric reality and involved in a constant process of changes. We came to the conclusion that one of the factors that can lead many modernist urban plans to frustration resides in the condition through which they manage (even if it is not very often perceived) to abduct the real existing city. Therefore we propose an empiricization of the plan in the time and in the space of lived experience, hence, in daily life as a potential sign in order to make and revise the urban plan. As a result of this there are interpreting signs which the present development of technological means can offer to the urban plan, since these means act as a part of this daily life.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LTTRICARICO_TESE.pdf (10.74 Mbytes)
Data de Publicação
2010-04-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.