• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.16.2010.tde-08062010-150239
Documento
Autor
Nome completo
Érika Di Giaimo Bataglia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Bruna, Paulo Julio Valentino (Presidente)
Bido, Diogenes de Souza
Duarte, Denise Helena Silva
Faggin, Carlos Augusto Mattei
Kowaltowski, Doris Catharine Cornelie Knatz
Título em português
Arquitetura de centros de pesquisas: um estudo de caso múltiplo quantitativo
Palavras-chave em português
Arquitetura
Centros de pesquisa
Equação estrutural
Flexibilidade
Interação
Percepção de conforto
PLS
Privacidade
Resumo em português
O presente trabalho trata-se de um estudo de caso múltiplo de natureza quantitativa. Trata-se de um estudo descritivo em função da comparação e análise dos projetos de arquitetura e explicativo em função da aplicação da modelagem em equação estrutural. Foram visitados e analisados os centros de pesquisas: (A) Instituto Max Planck de Ecologia Química, localizado em Jena, Alemanha; (B) Instituto Max Planck de Antropologia Evolutiva, localizado em Leipzig, Alemanha; (C) Instituto Max Planck de Biologia e Genética de Célula Molecular, localizado em Dresden, Alemanha; (D) Instituto de Biociência, localizado em Liverpool, Inglaterra. Procedeu-se a aplicação de um questionário, para avaliar a percepção dos usuários com relação aos fatores que caracterizam os ambientes de trabalho e que se relacionam com a satisfação pelo ambiente físico. Os fatores extraídos da literatura e analisados foram: interação, privacidade, flexibilidade e percepção de conforto. Analisando as características físicas de cada edifício e os resultados do questionário, constata-se que estas características de fato têm sido percebidas pelos usuários. As evidências empíricas obtidas através do modelo de equação estrutural indicam: (1) que existe uma relação positiva entre condição física para interação e satisfação com o ambiente físico; (2) que existe uma relação positiva entre percepção de conforto e satisfação com o ambiente físico; (3) que existe uma relação positiva entre condição física para interação e condição física para privacidade.
Título em inglês
Architecture of research centres: a quantitative multiple case study
Palavras-chave em inglês
Architecture
Comfort perception
Flexibility
Interaction
PLS
Privacy
Research centres
Structural equation
Resumo em inglês
This paper consists of a quantitative multiple case study presenting a descriptive analysis based on comparisons and examinations of architectural project designs, with an explanation of the structural equation modelling application. The following research centres were visited and analysed: (A) Max Planck Chemical Ecology Institute, Jena, Germany; (B) Max Planck Evolutionary Anthropology Institute, Leipzig, Germany; (C) Max Planck Biology and Molecular Cell Genetics Institute, Dresden, Germany; (D) Bioscience Institute, Liverpool, UK. A questionnaire was completed in order to assess user perceptions of factors characterising their work environments, related to satisfaction with their physical surroundings. The factors taken from the literature and analysed were: Interaction, Privacy, Flexibility and Perception of Comfort. Analyses of the physical characteristics of each building and the findings of the questionnaire clearly demonstrate that these characteristics are really perceived by their users. Empirical evidence obtained through the structural equation model indicates that: (1) there is a positive relationship between physical conditions conducive to interaction and satisfaction with physical surroundings; (2) there is a positive relationship between perception of comfort and satisfaction with physical surroundings; (3) there is a positive relationship between physical conditions conducive to interaction and physical conditions providing privacy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-06-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.