• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.16.2007.tde-18052010-140610
Documento
Autor
Nombre completo
André Luís Avezum
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2007
Director
Tribunal
Montesano, Dario (Presidente)
Benevente, Varlete Aparecida
Macedo, Adilson Costa
Título en portugués
Arquitetura ecológica e tecnologia no século XX: base para o projeto arquitetônico sustentável
Palabras clave en portugués
Arquitetura ecológica
Desenvolvimento sustentável
Tecnologia
Resumen en portugués
As atividades humanas no século XX, amparadas pelo rápido desenvolvimento tecnológico e industrial, degradaram o meio ambiente resultando dentre outros problemas, o aquecimento global, principal causador das mudanças climáticas que poderão colocar em risco a vida no planeta. O início do século XXI foi marcado por um grande aumento das catástrofes naturais, que são conseqüências diretas desse fenômeno, e, vieram confirmar o que muitos cientistas já haviam previsto. As cidades são sem dúvida os grandes vilões, pois podem gerar inúmeros impactos ambientais, como, por exemplo, emitir a maior parte do CO2 produzido, causando o efeito estufa. A produção e o funcionamento dos edifícios são responsáveis por grande parte dessas emissões, e portanto, deverão ser repensados, cabendo aos arquitetos, urbanistas e outros profissionais da área, a tarefa de criar um ambiente construído mais sustentável nos próximos anos para tentar reverter este quadro. Considerando que o caminho para as mudanças necessárias passa pela conscientização ecológica e pelo desenvolvimento tecnológico, que é inerente à existência humana, o objetivo deste trabalho é abordar a tecnologia como importante elemento de transformação e viabilização do projeto sustentável para o século XXI. Essa idéia se estrutura apresentando no primeiro capítulo, as principais mudanças tecnológicas do século XX e suas implicações na produção de alguns arquitetos, que de alguma maneira estabeleceram relações com o meio ambiente. A guerra fria e a corrida espacial proporcionariam uma evolução significativa na tecnologia do pós-guerra com o surgimento da informática, telecomunicações, automação, etc; inspirando novas poéticas tecnológicas e resultando no desenvolvimento de uma arquitetura de alta-tecnologia, permitindo assim outras relações com o meio ambiente nos últimos trinta anos. Pode-se dizer que a crise do petróleo na década de 70 foi um marco para o início de uma consciência ecológica e o esforço para estabelecer um modelo de desenvolvimento sustentável. Portanto, o segundo capítulo aborda as definições de sustentabilidade, quais são as formas de implantação e os condicionantes para o desenvolvimento do projeto de arquitetura sustentável. Para finalizar, o terceiro e último capítulo foi dedicado às tecnologias disponíveis atualmente, ou em vias de se concretizar, e o seu papel no desenvolvimento da arquitetura sustentável. Na prática seu resultado é apresentado através de leituras projetuais da produção arquitetônica mais recente, sendo organizadas a partir das várias características inovadoras dessa nova arquitetura, que poderá indicar as possíveis respostas aos novos paradigmas do século XXI.
Título en inglés
Ecological architecture and technology in the 20th century: base for the sustainable architectural project.
Palabras clave en inglés
Ecological architecture
Sustainable development
Technology
Resumen en inglés
Human activities in the 20th century, sustained by rapid industrial and technological development, have deteriorated the environment resulting in, amongst other problems, global warming, the principle cause of climate changes that could put life on our planet at risk. The beginning of the 21st century was marked by a great rise in natural catastrophes, which are direct consequences of these phenomena and they confirm what many scientists have been predicting. Cities are, without doubt, the main culprits; they can generate innumerable effects on the environment, for example emitting the largest part of CO2 produced, causing the greenhouse effect. The production and functioning of buildings are responsible for the great part of these emissions and thus should be rethought, the task falling on architects, urbanists and other professionals that work in the area to create a more sustainable constructed environment in the near future to reverse this trend. Considering that the path to these necessary changes passes through ecological conscientiousness and through technological development, which is inherent to human existence, the objective of this work is to approach technology as an important element in the transformation and viability of the sustainable project in the 21st century. This idea is structured in the following manner, presenting in the first chapter the main technological changes in the 20th century and their implications in the productions of selected architects who have, in some way, established a relationship with the environment. The cold war and the space race provided a significant evolution in post-war technology with a rise in information technology, telecommunications, automation etc; inspiring new poetic technologies and resulting in the development of a high-technology architecture, thus permitting other relationships with the environment in the last thirty years. It could be said that the oil crisis in the 1970s was a catalyst for the start of an ecological consciousness and the effort to establish sustainable development. Hence the second chapter approaches the definitions of sustainability, what are the forms of implementation and what are the conditions for the development of a sustainable architectural project. To conclude, the third and final chapter is dedicated to currently available technology, or that is being finalized, and its role in the development of sustainable architecture. The results are presented through projects of more recent architectural production, being organized from the various innovative characteristics of this new architecture, which could direct us to the possible answers to the new paradigms of the 21st century.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
DISSERTAO.pdf (18.30 Mbytes)
Fecha de Publicación
2010-05-25
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.