• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Leonardo Cleber Lima Lisbôa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Nigriello, Andreina (Presidente)
Alvim, Angélica Aparecida Tanus Benatti
Fonseca, Nuno de Azevedo
Vasconcellos, Eduardo Alcantara de
Zioni, Silvana Maria
Título em português
Transporte de Londres, Paris e São Paulo: aspectos fundamentais do planejamento e expansão das redes de transporte estruturais e sua relação com a organização do tecido urbano
Palavras-chave em português
Acessibilidade
Indicadores
Londres
Metrô
Paris
Rede estrutural de transporte
São Paulo
Uso do solo
Resumo em português
Esta tese discute a relação de interdependência entre acessibilidade e uso do solo, consolidada na década de 1960 por diversos teóricos, analisando as cidades de Londres, Paris e São Paulo. Após um levantamento dos principais indicadores de avaliação de redes propostos em planos de linhas e de redes de metrô para São Paulo, constantes de estudos anteriores, e da verificação das principais diretrizes relacionadas ao desenvolvimento urbano e aos transportes, presentes na legislação relacionada ao tema (estatutos da Cidade e da Metrópole, Política Nacional de Mobilidade Urbana, Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado e planos diretores estratégicos), foram propostos dois indicadores para avaliação de redes de transporte estruturais: Proporção de atendimento direto da rede em relação à área urbanizada da metrópole (P), aplicado às trinta e sete redes de metrô propostas para São Paulo; Cobertura da rede em relação a atividades específicas no território (C), aplicadas às atuais redes e uso do solo de Londres, Paris e São Paulo. O indicador P mostrou a pouca cobertura que as redes de metrô atualmente propostas propiciam à área urbanizada da Região Metropolitana de São Paulo. Os resultados do Indicador C mostram que quanto mais espacialmente distribuída é a rede de transporte coletivo de caráter estrutural num território urbano, mais equilibrada é a distribuição espacial das diferentes tipologias de uso do solo. Uma análise relacionando a implantação das redes de metrô com a evolução urbana das cidades estudadas evidenciou uma vinculação entre a evolução da implantação do metrô e o desenvolvimento urbano de Londres e Paris, enquanto em São Paulo essa conexão ocorreu de forma parcial. A análise também identificou diferenças na participação e interferência do Estado na implantação das redes de transporte estruturais. Tanto em Londres quanto em Paris, houve atuação do Estado na defesa do desenvolvimento do espaço urbano como um todo. Em São Paulo, o envolvimento do poder público privilegia áreas de concentração das classes sociais dominantes e das inversões do capital imobiliário. Análises finais evidenciaram a necessidade de uma rede de transporte estrutural sobre trilhos de grande extensão para melhorar o nível de atendimento do território da Região Metropolitana de São Paulo.
Título em inglês
Dado não fornecido pelo autor.
Palavras-chave em inglês
Accessibility
Indicators
Land use
London
Paris
São Paulo
Structural transport network
Subway
Resumo em inglês
This thesis discusses the relationship of interdependence between accessibility and land use, consolidated in the 1960s by several theorists, analyzing the cities of London, Paris and São Paulo. After a survey of the main network evaluation indicators proposed in the São Paulo metro lines and network plans, presented in previous studies, and the verification of the main guidelines related to urban development and transportation, present in the legislation related to the subject (Urban and National Urban Policy, Integrated Urban Development Plan and strategic director plans), two indicators were proposed for the evaluation of structural transport networks: Proportion of direct network service in relation to the urbanized area of the metropolis ( P), applied to the thirty-seven subway networks proposed for São Paulo; Coverage of the network in relation to specific activities in the territory (C), applied to the current networks and land use of London, Paris and São Paulo. The indicator P showed the little coverage that the currently proposed subway networks provide to the urbanized area of the Metropolitan Region of São Paulo. The results of Indicator C show that the more spatially distributed the collective transport network of a structural character in an urban territory, the more balanced is the spatial distribution of the different typologies of land use. An analysis relating the implantation of the subway networks with the urban evolution of the studied cities showed a connection between the evolution of the subway implantation and the urban development of London and Paris, while in São Paulo this connection occurred in a partial way. The analysis also identified differences in participation and state interference in the implementation of structural transport networks. Both in London and Paris, there was action by the State in defense of the development of urban space. In São Paulo, the involvement of the public power privileges areas of concentration of the dominant social classes and the inversions of the real estate capital. Final analysis revealed the need for a structural transportation network on long rails to improve the level of service of the territory of the Metropolitan Region of São Paulo.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-11-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.