• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.16.2019.tde-26092019-113927
Documento
Autor
Nome completo
Rodrigo Faria Gonçalves Iacovini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Rolnik, Raquel (Presidente)
Gonçalves, Rafael Soares
Cardoso, Adauto Lucio
Leitão, Karina Oliveira
Tovar, Carlos Alberto Torres
Título em português
A política que alimenta e a violência que mata: elementos para uma economia polí­tica da urbanização de favelas em cidades do Brasil e da Colômbia
Palavras-chave em português
Economia política
Urbanização de favelas
Violência
Resumo em português
A partir de extensa análise bibliográfica, documental e empírica, a tese busca discutir questões tratadas como secundárias pela literatura do campo e contribui para a reflexão sobre os elementos que constituem a economia política da urbanização de favelas em cidades do Brasil e da Colômbia nas últimas quatro décadas. Aprofunda-se, para tanto, na compreensão do processo de urbanização a partir de dois eixos principais: a violência estrutural que permeia e molda nossa sociedade (e como ela é mobilizada politicamente, especialmente no âmbito de políticas de urbanização de favelas) e o entrelaçamento entre as dinâmicas da "Política" (em sentido mais ampliado, do sistema político, da representação, dos governos e da cidadania) e da "política" (no sentido da política pública setorial de urbanização). Longe de ser uma questão meramente técnica ou espacial, a urbanização de favelas se revela enredada em densas e múltiplas redes e campos de força e poder; entre a violência, a política (com 'P' e com 'p'), os diversos interesses e necessidades. O problema a ser encarado são os conflitos entre as diversas e assimétricas territorialidades que configuram e constituem esses territórios e que produzem e reproduzem não somente o espaço urbano, mas o espaço político como um todo nas cidades brasileiras (São Paulo e Rio de Janeiro) e colombianas (Medellín e Bogotá) estudadas na pesquisa. Desnuda-se, ao final, como estes elementos tem dificultado o estabelecimento de uma agenda pública permanente de atuação do estado no setor, o qual, apesar do desenvolvimento histórico e da ampliação da escala, sentidos e importância na agenda política, continuamente se encontra oscilando em termos de prioridade no interior do estado de forma profundamente imbricada com os contextos social, político e econômico.
Título em inglês
The politics that feeds and the violence that kills - Reflections for a political economy of slum upgrading policies in cities in Brazil and Colombia
Palavras-chave em inglês
Political economy
Slum upgrading
Volence
Resumo em inglês
Based on na extensive bibliographical, documentary and empirical research, the thesis discusses relevant, but not usually addressed, issues on the political economy of slum upgrading policies in cities in Brazil and Colombia in the last four decades. The work is structured on two main analysis axes: the violence that permeates and shapes both societies, emphasizing on how it is politically mobilized, especially with regard to slum upgrading policies; and the relation among Politics (in the broadest sense, meaning the political system, representation, governments and citizenship) and slum upgrading policies. Far from being merely a technical or spatial issue, slum upgrading initiatives are entangled in dense and multiple networks and fields of force and power; between violence, politics and policies, diverse interests and needs. There is a need to address the conflicts between the diverse and asymmetrical territorialities that shape and produce these territories and that produce and reproduce not only the urban space, but the political space as a whole in Brazilian cities (São Paulo and Rio de Janeiro) and Colombian cities (Medellín and Bogotá). In the end, these elements hinder the establishment of a permanent public agenda for action in the sector. Despite the historical development and importance of slum upgrading policies for the inhabitants of informal settlements, they are still oscillating in terms of priority within the state, deeply intertwined with social, political and economic contexts.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.