• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.17.2017.tde-01022016-154531
Documento
Autor
Nome completo
Daiane Leite da Roza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Martinez, Edson Zangiacomi (Presidente)
Bettiol, Heloisa
Laurini, Marcio Poletti
Nunes, Altacilio Aparecido
Surita, Fernanda Garanhani de Castro
Título em português
Fatores associados à gravidez adolescente no estado de Minas Gerais, Brasil: análise espaço-temporal
Palavras-chave em português
Análise espacial
Estudo ecológico
Gravidez na adolescência
Métodos bayesianos
Modelos aditivos generalizados
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi descrever as associações entre os percentuais de gravidez na adolescência e indicadores socioeconômicos e de responsabilidade social dos municípios do estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, no ano de 2000 a 2010. Trata-se de um estudo ecológico, utilizando dados do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC). O percentual de nascidos vivos de mães adolescentes para cada município foi calculado segundo o quociente entre o número de nascidos vivos de mães com idade entre 10 e 19 anos e o número total de nascidos vivos registrados no ano de 2000 a 2010. Modelos bayesianos e modelos aditivos generalizados foram utilizados para a obtenção de percentuais de gravidez adolescente ajustados por efeitos espaciais e para avaliar as possíveis associações com os indicadores socioeconômicos e de responsabilidade social. Os percentuais brutos de gravidez adolescente em relação ao total de nascidos vivos nos municípios de Minas Gerais no ano de 2010 variaram de 0 a 46,4%, com uma mediana de 19,6%. O primeiro e o terceiro quartis são, respectivemente, 15,6% e 23,1%. O estudo evidenciou uma estreita relação entre a gravidez na adolescência e indicadores econômicos e sociais. Os percentuais de gravidez adolescente se mostraram maiores nos municípios com menor tamanho populacional, menores valores do Índice de Desenvolvimento Humano e menores valores de outros indicadores de desenvolvimento. A forte relação entre os percentuais de gravidez adolescente e os indicadores sociais e econômicos sugerem que a gravidez adolescente é muito mais um problema social que biológico. Os programas e as ações devem ir muito além de educação sexual e informações sobre métodos preventivos de saúde.
Título em inglês
Factors associated with adolescence pregnancy in the state of Minas Gerais, Brazil: analysis space-time
Palavras-chave em inglês
Bayesian methods
Ecological study
Generalized additive models
Spatial analysis
Teenage pregnancy
Resumo em inglês
The objective of this study was to describe associations between pregnancy rates in adolescence and socio-economic and social responsibility indicators in the municipalities of the State of Minas Gerais, Southeast of Brazil, in the year of 2010- 2010. This is an ecological study using data from the Brazilian Live Birth Information System (SINASC). The percentage of live births to adolescent mothers for each municipality was calculated based on the quotient between number of born alive infants of mothers aged 10-19 years old and total number of live births in the year of 2000-2010. Bayesian models and generalized additive model were used to obtain the percentages of adolescence pregnancy adjusted for spatial effects and to assess possible associations with socio-economic and social responsibility indicators. The crude percentage of adolescence pregnancy for the total number of live births in the municipalities of Minas Gerais in 2010 ranged from 0 to 46.4%, with median percentage being 19.6% and the first and third quartiles being 15.6% and 23.1%, respectively. This study has demonstrated a close relationship between adolescent pregnancy and socio-economic indicators. Live births to adolescent mothers percentages were found to be higher in municipalities with low population density, low human development index, and other low development indicators. The strong relationship between adolescence pregnancy percentages and socio-economic indicators suggests that adolescent pregnancy is more a social than a biological problem. Therefore, programs and actions should go beyond sexual education and information on preventive health methods.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-04-11
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • MARTINEZ, E. Z., et al. Gravidez na adolescência e características socioeconômicas dos Municípios do Estado de São Paulo, Brasil: análise espacial [doi:10.1590/S0102-311X2011000500004]. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso) [online], 2011, vol. 27, p. 855-867.
  • LEITE DA ROZA, D., et al. Ecological study of the association between teenage pregnancy rates and socioeconomic characteristics of municipalities in São Paulo State, Southeast Brazil: a Bayesian analysis. In International Congress on Environmental Health (ICEH 2012), Lisboa, Portugal, 2012. ICEH 2012.Lisboa : Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa, 2012. Abstract. Available from: http://iceh2012.com/.
  • LEITE DA ROZA, D., et al. Uma análise espacial das associações entre gravidez na adolescência e as características socioeconômicas dos municípios do Estado de São Paulo. In VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, São Paulo, SP, 2011. Anais.São Paulo, SP : ABRASCO, 2011. Resumo.
  • LEITE DA ROZA, D., and MARTINEZ, E. Z. Bayesian spatial analysis of teenage pregnancy rates in a Brazilian State. In URISA 2013 GIS in Public Health Conference, Miami, Florida, Estados Unidos, 2013. Conference Program.Des Plaines, Illinois : URISA, 2013. Abstract. Available from: http://www.urisa.org.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.