• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.17.2019.tde-08112018-153237
Documento
Autor
Nome completo
Liliane Cristina de Além-Mar e Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Rodrigues, Fernando Bellissimo (Presidente)
Stracieri, Luis Donizeti da Silva
Dalri, Maria Celia Barcellos
Rizoli, Sandro Baleotti
Sousa, João Paulo Machado de
Título em português
Características clínico-epidemiológicas das ocorrências envolvendo traumatismo cranioencefálico (TCE) atendidos em um hospital universitário
Palavras-chave em português
Acidentes de tráfego
Epidemiologia
Qualidade de vida
Quedas
Trauma
Traumatismo cranioencefálicos
Resumo em português
Traumatismos craniencefálicos (TCE) constituem a primeira causa de morte de vítimas de trauma que chegam vivas ao atendimento hospitalar, sendo causados, na sua grande maioria, por quedas e acidentes automobilísticos. Além da mortalidade, esses eventos produzem um grande número de casos de incapacidades temporárias ou permanentes, de modo especial em indivíduos jovens. O presente trabalho teve por objetivo estudar características clínicoepidemiológicas dos pacientes com TCE de todas as etiologias atendidos na Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (UEHCFMRP) no período de 1º de janeiro de 2010 a 31 de dezembro de 2016 (componente 1) e a qualidade de vida das vítimas de TCE com alta hospitalar entre os dias 1º de janeiro e 31 de julho de 2015 (componente 2). Para o componente 1, foram analisadas informações de 3.775 pacientes com TCE notificados no banco de dados do Núcleo de Vigilância Epidemiológica Hospitalar. Após consentimento na participação, foi realizado o componente 2, em que 29 indivíduos foram visitados para a aplicação de instrumentos específicos para os objetivos do estudo, (SF-36, Escala de AVD de Lawton e Brody, HADS, FQ-VP, Questionário referente ao processo reabilitativo). Em todos os anos estudados, TCE foram predominantes em homens, brancos, jovens, solteiros, de baixa escolaridade e profissionalmente ativos. Em números absolutos, os acidentes de tráfego terrestre continuam sendo os mais frequentes mecanismos causadores de TCE. Após um ano de trauma a maioria das pessoas continua sem emprego e não incluída socialmente, e percebem comprometimento de sua qualidade de vida. Os resultados deste estudo permitem conhecer evidências sobre a previsibilidade do contexto da ocorrência do TCE, bem como das alterações de vida que ele promoverá ao traumatizado, independentemente do seu grau de gravidade. Tomadas em conjunto, essas informações podem nortear a implementação de estratégias preventivas que possam mitigar esse grave problema de saúde pública.
Título em inglês
Clinical and epidemiological characteristics of occurrences involving traumatic brain injury (TBI) admitted in a university hospital
Palavras-chave em inglês
Epidemiology
Fall
Quality of life
Traffic accidents
Trauma
Traumatic brain injury
Resumo em inglês
Traumatic brain injuries (TBI) are the leading cause of death of trauma victims who are admitted to a hospital in the most severe cases due to falls and automobile accidents. In addition to mortality, these events produce a large number of cases of temporary or permanent disability, especially among young individuals. Such people undergo long and expensive rehabilitation processes, and typically require special adaptations and equipment, as well as teams of specialized staff. Still, most of them cannot, after the medium term, manage their own lives and re-start their daily activities and professional and school commitments. This study aimed to evaluate clinical and epidemiological characteristics of patients with TBI of all etiologies admitted to the Emergency Unit of Hospital das Clínicas of the Ribeirão Preto Medical School of (UE-HCFMRP) between January 1st, 2010 and December 31, 2016 (component 1) and quality of life among TBI victims between 1st January and 31st July 2015 (component 2). For component 1, information from 3,775 patients with TBI (reported to) was analyzed in the database of the Center for Hospital Epidemiological Surveillance. After consent to participation, component 2 was performed, in which 29 individuals were visited for the fullfilliing of specific tools for the study goals (SF-36, Lawton and Brody ADL Scale, HADS, FQ-VP, Reference Questionnaire to the rehabilitation process). In the whole studied interval, TBI were predominant among men, whites, youngsters, single, low education and professionally active people. In absolute numbers, traffic accidents continue to be the most frequent mechanism causing TBI. One year after hospital discharge, most people remain unemployed and socially excluded, and perceive impairment of their quality of life. The results of this study allow us to know the evidence about the predictability of the context of the occurrence of TBI, as well as life changes that it will determine to the traumatized, regardless of their degree of severity. Taken together, that information can lead the development of preventive strategies aimed to control this frequent and severe public health problem.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-02-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.