• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2017.tde-10012017-114740
Documento
Autor
Nome completo
Nayara Ragi Baldoni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Fabbro, Amaury Lelis Dal (Presidente)
Garcia, Rosa Wanda Diez
Oliveira, Claudia di Lorenzo
Título em português
Perfil nutricional de pacientes com Diabetes Mellitus tipo 2 em seguimento nas Unidades de Saúde da Família
Palavras-chave em português
Diabetes Mellitus
Perfil nutricional
Unidade de Saúde da Família
Resumo em português
O objetivo deste trabalho é descrever o perfil nutricional e as variáveis associadas ao consumo alimentar de pacientes com Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2). Trata-se de um estudo descritivo, tipo inquérito, realizado com pacientes cadastrados em Unidades de Saúde da Família de Ribeirão Preto-SP. A amostra foi constituída por 100 participantes, sendo que os dados laboratoriais foram obtidos por meio de registros em prontuários médicos, e as variáveis sociodemograficas, clínicas, antropométricas e às relacionadas ao perfil nutricional foram obtidas mediante entrevista domiciliar, no período de Janeiro a junho de 2015. Para a coleta de dados foram utilizados três instrumentos: um questionário estruturado, o questionário de frequência de consumo alimentar (QFCA) e o teste de Morisky-Green. Além disso, foi realizada a avaliação antropométrica dos pacientes. Para cálculo da massa de gordura corporal (%) foi utilizada a bioimpedância elétrica. Os dados foram digitados no software Epi Info TM 7 e analisados pelo programa estatístico Stata 9.0. O trabalho foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa (CAAE: 37043914.6.0000.5414). As análises dos dados foram realizadas por meio de tabelas, gráficos, estatísticas descritivas e testes de associação (Odds Ratio), com intervalo de confiança de 95%. O teste do chi2 e o teste exato de Fischer foram utilizados para testar associações entre grupos. Para verificar associações entre variáveis numéricas foi usado o teste t de Student, a regressão linear e o coeficiente de correlação de Pearson (r). A média de idade dos participantes foi de 66,7 anos, sendo 64% do sexo feminino, com predomínio de brancos (78%), casados (58%), com ensino fundamental incompleto (56%). A morbidade auto referida de maior prevalência foi a hipertensão arterial sistêmica (71%). Em se tratando dos cuidados com a saúde, 69% são sedentários, 19% ingerem bebida alcoólica, 7% são tabagistas. Com relação ao diagnóstico nutricional, observou-se que 75% dos pacientes estão com excesso de peso ou obesidade. No que se refere, o controle glicêmico, evidenciou-se que 75% e 60% dos pacientes estão com a glicemia de jejum e Hemoglobina Glicada (Hb1Ac) acima dos valores recomendados. Quanto ao consumo alimentar, a maioria (51%) referiu realizar quatro refeições ao dia. No que se refere à quantidade de carboidratos, proteínas e lipídeos, 64%, 60% e 81%, respectivamente, dos entrevistados consomem a quantidade adequada; com relação às fibras 79% consomem > que 20 gramas/dia. A média de Valor Calórico Total foi de 1500 kcal e da Taxa Metabólica Basal foi de 1.619,5 kcal. As variáveis que apresentaram associação ao consumo adequado de macronutrientes foram maior nível de escolaridade e presença de plano privado de saúde. Em relação à adesão ao tratamento farmacológico, 51% dos pacientes aderem ao tratamento. Diante de tais evidências verifica-se a necessidade de implantar estratégias nutricionais de forma a melhorar a assistência nutricional e consequentemente proporcionar melhor controle glicêmico dos pacientes com DM2 e reduzir custos para o sistema de saúde.
Título em inglês
Nutritional profile of patients with type 2 diabetes followed up in the Family Health Units
Palavras-chave em inglês
Diabetes Mellitus
Family Health Unit
Nutritional Profile
Resumo em inglês
The aim of this study is to describe the nutritional profile and the variables associated with food intake of patients with type 2 Diabetes Mellitus (DM2). This is a descriptive study, inquiry type, conducted with patients registered in Family Health Units of Ribeirão Preto-SP. The sample consisted of 100 participants, and laboratory data were obtained through medical records, and socio-demographic, clinical, anthropometric variables and those related to nutritional profile was obtained through household interviews in the period from January to June in 2015. For data collection, three instruments were used: a structured questionnaire, the food frequency questionnaire (FFQ) and Morisky-Green test. In addition, anthropometric evaluation was performed. To calculate the body fat mass (%)bioelectrical impedance analysis was used. Data were entered into Epi InfoTM 7 software and analyzed using Stata 9.0. The study was approved by the Research Ethics Committee (CAAE: 37043914.6.0000.5414). Data analyzes were performed by means of tables, graphs, descriptive statistics and association tests (odds ratio-OR) with a 95% confidence interval. The chi2 test and Fischer's exact test were used to test associations between groups. To examine associations between numerical variables the Student t test, linear regression and Pearson correlation coefficient (r) were used. The average age of participants was 66.7 years, being 64% female, with prevalence of whites (78%), married (58%), with incomplete primary education (56%). The self-reported morbidity with the highest prevalence was hypertension (71%). In relation to health care, 69% are sedentary, 19% ingest alcohol, 7% are smokers. With regard to the anthropometric data, it was observed that 75% of patients were overweight or obese. Regarding, glycemic control, it became clear that 75% and 60% of patients have a fasting plasma glucose and glycated hemoglobin (Hb1Ac) above the recommended values. Considering food intake, the majority (51%) reported performing four meals a day. With regard to the amount of carbohydrates, proteins and lipids, 64%, 60% and 81%, respectively, of the respondents consume adequate amounts; and 79% consume more than 20 grams/day of fibers. The average Total Caloric Value was 1500 kcal and Basal Metabolic Rate was 1619.5 kcal. The variables that were associated to the adequate intake of macronutrients were higher educational level and the presence of private health insurance. In relation to adherence to the pharmacological treatment, 51% of the patients are adherent to the treatment. Faced with such evidence there is the need to implement nutritional strategies to improve the nutritional care and consequently provide better glycemic control of patients with type 2 diabetes and reduce costs to the health system.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
nayara.pdf (2.75 Mbytes)
Data de Publicação
2017-03-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.