• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2017.tde-20072016-110327
Documento
Autor
Nome completo
Geisielle Aparecida Couto Tomaz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Franco, Laercio Joel (Presidente)
Alves, Luciene
Ribeiro, Luciana Cisoto
Título em português
Estado nutricional e dieta habitual de indivíduos com diabetes mellitus tipo 2
Palavras-chave em português
Diabetes
Dieta habitual
Estado nutricional
HiperDia
Resumo em português
Introdução: O Diabetes Mellitus (DM) é considerado atualmente um grave problema de saúde pública, com o número de pessoas com a doença aumentando consideravelmente nos últimos anos. É caracterizada pela elevação de glicose sanguínea, consequência da ação insatisfatória da insulina e/ou secreção insuficiente deste hormônio. Sendo um grupo de distúrbios metabólicos, é classificado, segundo sua etiologia, em Diabetes tipo 1 (DM1), Diabetes tipo 2 (DM2), outros tipos específicos de diabetes e Diabetes gestacional. O DM2 é a forma mais comum entre os distúrbios deste grupo, representando 90 a 95% dos casos. Várias doenças são associadas ao DM2, como hipertensão arterial, dislipidemia, doenças cardiovasculares e renais, retinopatia, neuropatia, entre outras, o que torna imprescindível a adoção de medidas de prevenção, o diagnóstico precoce e seu tratamento adequado, que inclui mudanças nos hábitos de vida. Os fatores mais importantes no tratamento do diabetes são a prática regular de exercícios físicos e a dieta, acompanhados de medicamentos. Os hábitos alimentares inadequados contribuem para o aumento considerável da obesidade e de doenças associadas ao DM2. Objetivo: Caracterizar indivíduos com diagnóstico de Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2) atendidos pelo Programa Saúde da Família no município de Uberaba, MG, quanto ao consumo alimentar, estado nutricional e controle glicêmico. Casuística e métodos: Participaram da pesquisa um total de 120 indivíduos, de ambos os sexos, na faixa etária de 20 a 85 anos, residentes no município de Uberaba - MG, acompanhados pelo Sistema Hiperdia (HiperDia). Os indivíduos foram estratificados segundo faixa etária e sexo. Foi feita entrevista presencial através de um questionário semi-estruturado e um inquérito alimentar, Recordatório de 24h (R24h). Medidas antropométricas, peso, altura e circunferência da cintura, também foram aferidas na ocasião. Posterior ao encontro presencial foram aplicados mais dois R24h por telefone para cada entrevistado, em dias alternados. Os prontuários foram consultados para coleta de dados de glicemia de jejum. Resultados: Os indivíduos com DM2 participantes da pesquisa são 65% do sexo feminino. Em relação aos alimentos mais difíceis de reduzir ou eliminar o consumo, os mais citados foram doce (56,7%), massas (40%), refrigerante (28,3%), arroz (20,8%), alimentos gordurosos (18,3%) e café com açúcar (12,5%). Em relação à dieta habitual, a média de consumo energético foi de 1370,8 kcal. Entre os participantes, 53,3% apresentaram consumo proteico acima do recomendado pela Sociedade Brasileira de Diabetes; já o consumo de carboidrato e gorduras totais foi adequado em mais da metade dos entrevistados. O consumo de colesterol, gordura saturada, açúcar e fibra foram, predominantemente, inadequados em alguns grupos. O fracionamento mais relatado entre os grupos foi de 3 a 4 refeições ao dia. Segundo o Índice de Massa Corporal, 44,2% dos indivíduos são classificados como obesos e 30,8% apresentam sobrepeso. Em relação à circunferência da cintura 76,6% apresentaram risco muito elevado para doenças cardiovasculares. Resultados de Glicemia de jejum apontam que o controle glicêmico do diabetes não está sendo adequado, pois a média dos grupos foi de 155mg/dl e 55,8% dos indivíduos apresentaram média igual ou superior a 130mg/dl. Conclusão: A dificuldade na adaptação do tratamento nutricional leva ao controle inadequado do DM2, tendo como consequência altos níveis glicêmicos, obesidade e obesidade central. Os resultados aqui apresentados apontam a necessidade de ações específicas de intervenção nutricional
Título em inglês
Nutritional status and normal diet of individuals with diabetes mellitus type 2
Palavras-chave em inglês
Diabetes
HyperDay
Normal diet
Nutritional status
Resumo em inglês
Introduction: Diabetes Mellitus (DM) is currently considered a serious issue in public health, and the number of people with this diagnosis has increased considerably in the last few years. It is characterized by a rise in the blood glucose, a consequence of an unsatisfactory action of the insulin and/or its insufficient secretion. As part of a group of metabolic disorders, it is classified, in accordance with its etiology, in Diabetes type 1 (DM1), Diabetes type 2 (DM2), other specific types of diabetes and Gestational Diabetes. DM2 is the most common form among the disorders in this group, representing from 90% to 95% of the cases. Several diseases are associated with DM2, such as arterial hypertension, dyslipidemia, cardiovascular and renal diseases, retinopathy, and neuropathy, among others, a fact that demands the adoption of preventive measures, an early diagnosis, and adequate treatment, which includes changes in lifestyle. The most important factors in the treatment of diabetes are the regular practice of physical exercises, and diet, accompanied by medication. Inadequate eating habits contribute to a considerable increase in obesity and associated diseases to DM2. Purpose: To characterize individuals with a diagnosis of Diabetes Mellitus type 2 (DM2) attended by the Family Health Programme in the municipality of Uberaba, State of Minas Gerais, concerning food intake, nutritional status, and glycemic control. Casuistic and methods: A sample of 120 individuals took part in the research, of both sexes, aged between 20 and 85 years old, resident in the municipality of Uberaba, MG, accompanied by the HyperDay System (HiperDia). The individuals were stratified in accordance with their age group and sex. A face-to-face interview was carried out by means of a semi-structured interview and a nutritional survey - a 24-hour Reminder (R24h). Anthropometric measurements, weight, height and waist circumference were also verified at the time. After the face-to-face meeting, other two R24h were carried out by telephone, on alternate days. The medical records were consulted for collection of the fasting glycaemia data. Results: Women are 65% of the individuals with DM2 who took part in the research. The most difficult foods to reduce or eliminate from daily intake, were sweets (56.7%), pasta (40%), soft drinks (28.3%), fatty foods (18.3%) and coffee with sugar (12.5%). Relating to daily eating, the average of energy intake was 1370.8 kcal. Protein intake above what is recommended by the Brazilian Diabetes Society was found in 53.3% of the participants, whereas carbohydrate and total fat intake was adequate in more than half of the subjects. The intake of cholesterol, saturated fat, sugar and fibers were predominantly inadequate in some groups. The most reported meal frequency among the groups was 3 to 4 meals per day. In accordance with the Body Mass Index, 44.2% of the individuals were classified as obese and 30.8% as overweight. In relation to the waist circumference, 76.6% of the participants showed a very high risk for cardiovascular diseases. Results of fasting glycaemia point to the fact that the glycemic control is not adequate, as the average of the groups was 155mg/dl and 55.8% of the individuals showed mean values equal or higher than 130mg/dl. Conclusion: The difficulty in adapting to the nutritional treatment leads to inadequate control of DM2, with consequent high levels of glycaemia, obesity and central obesity. The results showed here point to the necessity for specific actions of nutritional intervention.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-04-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.