• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.17.2020.tde-28012020-101933
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Bergamini Vicentine
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Ferreira, Janise Braga Barros (Presidente)
Fiorati, Regina Celia
Santos, Luciane Loures dos
Teixeira, Flavia do Bonsucesso
Título em português
Jovens vivendo em aglomerados subnormais no município de Ribeirão Preto: um estudo sobre iniquidades e redes sociais
Palavras-chave em português
Aglomeração
Atenção Primária à Saúde
Determinantes sociais da saúde
Intersetorialidade
Juventude
Resumo em português
A sociedade brasileira é marcada por diversos fenômenos que promovem formas de sociabilidade específica da juventude. Para discutir a estrutura da sociedade, buscou-se a teoria sobre os Determinantes Sociais da Saúde (DSS), com destaque para o papel do Sistema de Saúde. O objetivo geral desse estudo foi identificar fatores de iniquidades aos quais os jovens de aglomerados subnormais estão expostos e a rede de apoio com a qual podem contar. Percurso metodológico: pesquisa do tipo descritiva, com abordagem qualitativa. A população de estudo foi de jovens entre 15 e 29 anos, que vivem em aglomerados subnormais, no município de Ribeirão Preto, São Paulo. Além dos jovens, também foram convidados a participar da pesquisa os trabalhadores das unidades de saúde da Atenção Primária à Saúde. A coleta de dados foi realizada entre os anos de 2017 e 2018, em fontes secundárias e primárias. Os dados secundários foram coletados em documentos relacionados às políticas públicas municipais, analisados segundo a técnica de Análise Documental e apresentados durante a banca de qualificação. Os dados primários foram coletados por meio de entrevista semiestruturada, analisados segundo a metodologia de Análise de Conteúdo e apresentados nessa tese de doutorado. O desenvolvimento da pesquisa contemplou o cumprimento da Resolução no 466/2012 da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa - CONEP. Resultados: Foram entrevistados nove jovens e seis trabalhadores de saúde. Encontrou-se que jovens de aglomerados ficam expostos a diversos tipos de violência, praticados pela sociedade em geral e pelo Estado. A iniquidade advém também dos espaços de construção de políticas públicas, sendo espaços subalternos de poder. Os Movimentos Sociais apareceram como uma importante Rede de Apoio, bem como a coesão entre os moradores. O Tráfico de drogas surgiu em apenas dois aglomerados enquanto Rede de Apoio, na ausência do Estado ou como proteção à violência exercida por ele próprio, mas nestes mesmos espaços ele também foi identificado como gerador de iniquidades. Em relação ao setor saúde foi identificada uma maior iniquidade de acesso às Unidades Básicas Tradicionais, quando comparada às equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF), ocasionando negação do direito à saúde e peregrinação em busca de atendimento. Considera-se, por fim, a importância de se assegurar o direito à moradia, como forma de condição básica para uma vida digna e de reconhecimento frente a outras instituições. Ressalta-se, entretanto, que o não acesso a esse direito não poderia implicar em negação sistemática de outros direitos garantidos constitucionalmente, como vem ocorrendo no município de Ribeirão Preto. Este estudo, sem esgotar a temática, contribuiu para a reflexão crítica acerca do direito à moradia e os impactos sociais e na saúde de jovens que vivem em aglomerados.
Título em inglês
Young people living in subnormal clusters in Ribeirão Preto: a study on inequities and social networks
Palavras-chave em inglês
Adolescent
Crowding
Intersectoral collaboration
Primary Health Care
Social determinants of health
Resumo em inglês
Brazilian society is marked by several phenomena that promote forms of youthspecific sociability. To discuss the structure of society, we sought the theory of Social Determinants of Health (SDH), highlighting the role of the Health System. The general objective of this study was to identify inequity factors to which young people from subnormal clusters of a municipality are exposed and the support network they can count on. Methodological path: descriptive research with qualitative approach. The study population consisted of young people between 15 and 29 years old, who live in subnormal clusters, in the city of Ribeirão Preto. In addition to the youth, workers from the Primary Health Care units were also invited to participate in the research. Data were collected between 2017 and 2018, from secondary and primary sources. Secondary data were collected in documents related to municipal public policies, analyzed according to the Document Analysis technique and presented during the qualification panel. Primary data were collected through semi-structured interviews, analyzed according to the Content Analysis methodology and presented in this doctoral thesis. The development of the research contemplated compliance with Resolution No. 466/2012 of the National Commission for Research Ethics - CONEP. Results: Nine young people and six health workers were interviewed. It has been found that young people in agglomerations are exposed to various types of violence by society in general and the state. Iniquity also arises from the spaces of public policy construction, being subaltern spaces of power. Social Movements have emerged as an important Support Network, as well as cohesion among residents. Drug trafficking emerged in only two clusters as a Support Network, in the absence of the state or as a protection against its violence, but in these same spaces it was also identified as a generator of inequities. In relation to the health sector, a greater inequity of access to the Traditional Basic Units was identified when compared to the Family Health Strategy (FHS) Teams, leading to denial of the right to health and pilgrimage seeking care. Finally, the importance of ensuring the right to housing is considered as a basic condition for a dignified life and recognition in relation to other institutions. However, it is noteworthy that the non-access to this right could not imply systematic denial of other constitutionally guaranteed rights, as has been happening in the city of Ribeirão Preto. This study, without exhausting the theme, contributed to the critical reflection about the right to housing and the social and health impacts of young people living in clusters.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-05-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.