• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2015.tde-28072015-090410
Documento
Autor
Nome completo
Renata Farche Alves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Antonio Carlos Duarte de (Presidente)
Casarini, Karin Aparecida
Ferreira, Janise Braga Barros
Título em português
Opinião de médicos sobre a comunicação com famílias à luz da medicina centrada na pessoa
Palavras-chave em português
Comunicação médica
Família
Humanização
Resumo em português
Este estudo aborda a humanização da comunicação médica à luz da Medicina Centrada na Pessoa. A família como colaboradora ou substituta do paciente, representa um valor substancial na assistência demandada. Nesta direção, o recorte empírico tem como objetivo descrever e discutir opiniões de médicos de um CTI- Adulto sobre a comunicação com famílias de pacientes internados em um Hospital Universitário do Brasil. O método utilizado é qualitativo com uso da análise de conteúdo temática que resultou em duas categorias: visão de totalidade para um cuidado ampliado "a família como colaboradora ou substituta do paciente" e a segunda, comunicação humanizada "olhares sobre aspectos objetivos e subjetivos para uma prática clínica centrada na pessoa". A partir dos dados coletados e com base no referencial teórico, descrevem-se e discutem-se, conteúdos chave que enfatizam a humanização, o contexto comunicativo e o preparo do médico como um todo para o desenvolvimento permanente de habilidades demandadas. Os achados apontam reflexão sobre um cuidado ampliado tendo a medicina centrada na pessoa como norteadora, o aprendizado nesta direção enquanto permanente e com foco em competências pessoais, a comunicação como instrumento de apoio técnico somada as demais rotinas do serviço, o ato comunicativo como aliança estratégica para uma assistência qualificada, as emoções dos médicos em interface com a importância do autoconhecimento para se comunicar, o desafio de lidar com sentimentos da família, a prática de orientação e acolhimento para informar e ouvir, a empatia como legitimação do familiar. Estas considerações podem ser ponto de referência para novos campos de pesquisas e estudos de comunicação em sua amplitude no universo da saúde
Título em inglês
Opinion of doctors on communication with families in the light of person-centered medicine
Palavras-chave em inglês
Family
Humanization
Medical communication
Resumo em inglês
This study discusses the humanization of medical communication in the light of the Person Centered Medicine. The family as a collaborator or replacement of the patient, is substantial value in the demanded assistance. In this sense, the empirical cut aims to describe and discuss opinions of doctors of a Intensive Care Unit about communicating with families of patients admitted to a university hospital in Brazil. The method used is qualitative with use of thematic content analysis which resulted in two categories: full of vision for an expanded care "the family as a collaborator or replacement of the patient" and humanized communication "looks on objective and subjective aspects of a clinical practice person-centered". From the collected data and based on the theoretical framework and complementary bibliography, are described and discussed as key elements of a humanized view of the object of study that includes: the communicative context, the feelings and emotions in this interaction, communication as a resource for diagnosis and treatment, the doctor's self knowledge to the communicative competence, and the preparation as a whole as a gap for the continued development of skills required to communicate with families. These considerations can be a reference point for new fields of research and studies on their range in the world of health
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-12-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.