• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2013.tde-29052013-113244
Documento
Autor
Nome completo
Anne France Ariyoshi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2013
Orientador
Banca examinadora
Fabbro, Amaury Lelis Dal (Presidente)
Gomes, Luiz Sergio Marcelino
Picado, Celso Herminio Ferraz
Título em português
Características epidemiológicas das fraturas do fêmur proximal tratadas na Santa Casa de Misericórdia de Batatais - SP
Palavras-chave em português
Epidemiologia
Fraturas do Fêmur Proximal
Idoso
Levantamentos Epidemiológicos
Mortalidade
Resumo em português
As fraturas do fêmur proximal são frequentes em idosos, consideradas uma devastadora consequência da osteoporose, acometem mais o sexo feminino, estão comumente associadas a traumas de pequena energia e, embora apresentem poucas complicações referentes a consolidação no caso das fraturas extracapsulares, estão relacionadas a déficits funcionais, a elevadas taxas de morbidade e mortalidade, além dos altos custos aos serviços de saúde. Representam importante problema de saúde pública mundial devido a sua alta incidência. Trata-se de um estudo retrospectivo com base em um levantamento de prontuários, objetivando caracterizar os pacientes com fraturas do fêmur proximal atendidos na Santa Casa de Misericórdia de Batatais SP. Foram analisados 258 prontuários, de 258 pacientes, correspondendo a 260 fraturas do fêmur proximal (duas fraturas bilaterais) de indivíduos atendidos na Santa Casa de Misericórdia de Batatais no período de janeiro de 2007 a dezembro de 2010 com idade média de 74,8 anos, com predomínio de fraturas na faixa etária entre 80 e 89 anos (35,8%), mulheres (64,6%) e que se declaravam brancos (73%). As fraturas trocantéricas foram as mais incidentes com 60% dos casos, o mecanismo de trauma mais comum foi a queda da própria altura com 91,1% e o lado mais acometido foi o direito com 51,9%. O tratamento cirúrgico foi aplicado a 95,7% das fraturas do fêmur proximal. Dos 258 pacientes incluídos no estudo, 50 foram a óbito, sendo frequente entre as mulheres (61,6%) e o período mais incidente foi com três meses após a fratura.
Título em inglês
Epidemiologic characteristics of proximal femur fractures treated at Santa Casa de Misericórdia de Batatais SP.
Palavras-chave em inglês
Aged
Epidemiology
Health Surveys
Mortality
Proximal Femur Fractures
Resumo em inglês
Proximal femur fractures (PFFs) are common among the elderly. Rendered as a devastating consequence of osteoporosis, women are the most affected. PFFs are commonly associated with low-energy traumas, and, although they have few complications related to consolidation in the case of extracapsular fractures, they are related to functional deficits, high morbidity and mortality rates, besides being costly to health services. Due to the high incidence, PFFs are considered a relevant global public health issue. This is a retrospective study based on a survey of patient records with the objective to characterize the patients with proximal femur fractures seen at the Santa Casa de Misericórdia de Batatais Hospital São Paulo. A total of 258 patient records were analyzed, corresponding to 260 proximal femur fractures (two bilateral fractures) of individuals seen at Santa Casa de Misericórdia de Batatais between January of 2007 and December 2010. Most subjects were women (64.6%) with a mean age of 74.8 years, most in the age group between 80 and 89 years (35.8%), and self-declared being white (73%). Trochanteric fractures were the most common, with 60% of cases. The most common trauma mechanism was falling from ones own height with 91.1%, and the most affected side was the right side with 51.9%. Surgery was the chosen treatment in 95.7% of the proximal femur fractures. Of all the 258 study patients, 50 died, mostly women (61.6%), and the most incident time was at three months after the fracture.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Anne.pdf (3.25 Mbytes)
Data de Publicação
2014-07-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.