• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.17.2020.tde-11022020-133815
Documento
Autor
Nome completo
Rangel Roberto de Assis
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Defino, Helton Luiz Aparecido (Presidente)
Salim, Rodrigo
Engel, Edgard Eduard
Pagnano, Rodrigo Gonçalves
Título em português
Estudo morfológico da placa terminal vertebral
Palavras-chave em português
Placa terminal vertebral
Ressonância magnética
Resumo em português
A placa terminal vertebral (PTV) é uma estrutura anatômica presente nas vértebras com crescente reconhecimento da sua importância e associações com outras patologias da coluna vertebral. O objetivo deste estudo foi avaliar a morfologia da PTV em indivíduos normais para a caracterização dos padrões de morfologia da placa vertebral terminal na região cervical, torácica e lombar. Método: foram avaliados 100 exames de ressonância magnética da coluna vertebral (33 cervicais, 32 torácicas e 35 lombares) de indivíduos normais entre 18 e 59 anos, sendo 42 do sexo masculino e 58 do sexo feminino. Os parâmetros foram avaliados nas sequências ponderadas em T2 das imagens de ressonância no plano sagital. Os parâmetros são o tipo morfológico da PTV (côncavo, convexo, plana e irregular), o comprimento sagital da PTV, a profundidade da concavidade e a localização do ápice da concavidade. Houve variação no tipo morfológico da PTV nos segmentos da coluna. Na coluna cervical há maior frequência de placas do tipo plana (44,94%) na porção cranial das vértebras em ambos os sexos e na coluna lombar, em especial L5-S1, houve maior concentração de placas do tipo convexa e irregular ambos com relevância estatística (p<0,05). Nas demais placas a mais frequente encontrada é a do tipo côncavo, independente do sexo e da localização cranial ou caudal da placa terminal. Os demais parâmetros se mostraram com valores absolutos maiores no sexo feminino e com a característica de aumento dos valores no sentido crânio-caudal (p<0,05). Conclusão: mostrou-se um padrão de distribuição de PTV de acordo com o segmento da coluna avaliado. Mais estudos devem ser realizados sobre anatomia da placa terminal para melhor adaptação dos implantes na coluna vertebral e entendimento das suas patologias.
Título em inglês
Morphological study of the endplate
Palavras-chave em inglês
Endplate
Magnetic resonance imaging
Resumo em inglês
The endplate is an anatomical structure present in the vertebrae with increasing recognition of its importance and associations with other pathologies of the vertebral column. The aim of this study was to evaluate the morphology of PTV in normal individuals to determine the morphology patterns of the endplate in the cervical, thoracic and lumbar regions. Method: 100 MRI (33 cervical, 32 thoracic and 35 lumbar) examinations of normal individuals between 18 and 59 years old were evaluated, 42 males and 58 females. The parameters were evaluated in the T2-weighted sequences of the MRI in the sagittal plane. The parameters are the morphological type of endplate (concave, convex, flat and irregular), the sagittal length of the endplate, the depth of the concavity and the location of the apex of the concavity. There was variation in the morphological type of endplate in the segments of the spine. In the cervical spine there was a higher frequency of flat plates (44.94%) in the cranial portion of the vertebrae in both sexes and in the lumbar spine, especially L5-S1, there was a higher concentration of convex and irregular type plaques both of relevance (p <0.05). In the other plates the most frequent one is the one of the concave type, independent of the sex and the cranial or caudal location of the endplate. The other parameters were presented with higher absolute values in females and with the characteristic of increased values in the cranio-caudal direction (p <0.05). Conclusion: the endplate distribution pattern was shown according to the column segment evaluated. Further studies should be performed on endplate anatomy to better fit spinal implants and understanding their pathologies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-04-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.