• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2017.tde-05012017-095359
Documento
Autor
Nome completo
Mouzarllem Barros dos Reis
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Faccioli, Lucia Helena (Presidente)
Cardoso, Cristina Ribeiro de Barros
Trindade, Reginaldo Almeida da
Título em português
Avaliação da influência da lipoxina A4 encapsulada em micropartículas de PLGA na cicatrização de úlceras cutâneas em ratos
Palavras-chave em português
Cicatrização
Inflamação
LXA4
Pele
PLGA
Reparo tecidual
Úlceras
Resumo em português
Lipoxina A4 (LXA4) é um eicosanoide derivado do metabolismo do ácido araquidônico pelas lipoxigenases (5, 12 e 15-LO), tendo propriedades antiinflamatórias e pró-resolução. A estratégia de uso de LXA4 encapsulada em micropartículas de PLGA como fármaco tem fundamento nas propriedades que tais polímeros têm de preservar as atividades biológicas de moléculas diversas, como dos lipídeos, e promover liberação prolongada e sustentada das mesmas. No presente estudo, tivemos como hipótese de trabalho que a encapsulação de LXA4 em micropartículas de PLGA (LXA4-MS) preserva suas atividades biológicas, e mais eficientemente, acelera o fechamento de úlceras induzidas na pele de ratos. Para tanto, um modelo de úlceras cutâneas na região dorsal de ratos foi utilizado. As LXA4-MS foram fixadas em pele com adesivo biológico de fibrina, e seus efeitos comparados com aqueles induzidos por micropartículas vazias (Un-MS), LXA4 solúvel ou veículo (PBS). Nossos resultados mostraram que LXA4-MS aceleram a cicatrização da ferida, pois no 7º dia após a lesão, reduziu em 80% o diâmetro da úlcera inicial, enquanto no mesmo período, nas úlceras tratadas com LXA4 solúvel, Un-MS ou veículo ocorreu diminuição de somente 60%, 45% e 39%, respectivamente. O aumento do índice de cicatrização induzido pelo tratamento das úlceras com LXA4-MS foi acompanhado pela diminuição das citocinas pró-inflamatórias IL- 1?, TNF-?, e aumento de TGF- ?, uma citocina antiinflamatória indutora da deposição de colágeno. Além disso, nas úlceras tratadas com LXA4-MS o infiltrado inflamatório foi reduzido no tecido de cicatrização, como demonstrado pela diminuição de infiltrado celular, de MPO e de mRNA da metaloproteinase MMP8. Por outro lado, LXA4-MS induziu aumento da deposição de colágeno e do número de vasos sanguíneos, de NAG e de IL-4, quando comparado com os demais tratamentos. Quando as úlceras foram tratadas concomitantemente com LXA4-MS e o antagonista do receptor de LXA4 (ciclosporina H), observamos reversão de cerca de 50% no índice de cicatrização promovido pelo mediador encapsulado, sugerindo que os efeitos tópicos do tratamento com LXA4 são devidos à sua interação com seu receptor específico. Nossos resultados sugerem que novas formulações farmacêuticas para tratamento de úlceras cutâneas poderão ser obtidas com LXA4-MS.
Título em inglês
Influence of Lipoxin A4 encapsulated in PLGA microparticles on wound healing in rats
Palavras-chave em inglês
Inflammation
LXA4
PLGA
Skin
Tissue repair
Ulcers
Wound Healing
Resumo em inglês
Lipoxin A4 (LXA4) is an eicosanoid derived from the metabolism of arachidonic acid by lipoxygenases (5, 12, and 15-LO), having anti-inflammatory and pro-resolution properties. The strategy of using LXA4 encapsulated in PLGA microparticles as drug is due to some properties that such polymers have to preserve the biological activity of several molecules such as lipids, and promote a prolonged and sustained release of these molecules. In the present study, we hypothesized that the encapsulation of LXA4 in PLGA microparticles (LXA4-MS) preserves its biological activities, and more efficiently accelerates the closing of ulcers induced in the skin of rats. Thus, a model for cutaneous ulcers in the dorsal region of rats was used. The LXA4-MS were fixed in skin using biological adhesive of fibrin, and their effects compared to those induced by empty microparticles (Un-MS), soluble LXA4 or vehicleOur results showed that LXA4-MS accelerate wound healing, once on day 7 after injury, reduced by 80% the diameter of the initial ulcer, while at the same time, the ulcers treated with soluble LXA4, Un-MS or vehicle was decreased of only 60%, 45% and 39%, respectively. The increased healing rate of ulcers induced by treatment with LXA4-MS was accompanied by the decrease of pro-inflammatory cytokines IL-1?, TNF-?, and a TGF-? increasing, an anti-inflammatory cytokine-inducing collagen deposition. In addition, the inflammatory infiltrate was reduced in scar tissue as demonstrated by the decrease of neutrophils, MPO and MMP8 metalloproteinase mRNA. Moreover, LXA4-MS induced increase in collagen deposition and the number of blood vessels when compared with the other controls. When the ulcers were treated concomitantly with LXA4-MS and the antagonist LXA4 receptor (ALX), cyclosporine H, we observed the reversal of about 50% in healing rates promoted by the encapsulated agent, suggesting that topical treatment effects of LXA4 are due to interaction with its own receptor. Our results suggest that new pharmaceutical formulations for the treatment of skin ulcers can be obtained with LXA4-MS.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-04-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.