• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2017.tde-20072016-110024
Documento
Autor
Nome completo
Francine Fernandes Correia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Lima, Wilma Terezinha Anselmo (Presidente)
Massuda, Eduardo Tanaka
Pirola, Melissa Nara de Carvalho Picinato
Título em português
Eficiência mastigatória em crianças respiradoras bucais com e sem alterações na oclusão
Palavras-chave em português
Criança
Eficiência mastigatória
Mastigação
Oclusão
Respiração bucal
Resumo em português
A respiração é uma das funções vitais do organismo e deve ser realizada pelo nariz. Em indivíduos respiradores bucais, a postura e o equilíbrio normal das estruturas bucais estão alterados, com consequentes efeitos deletérios ao crescimento craniofacial. O objetivo do estudo foi investigar a relação entre padrão respiratório, alterações oclusais e eficiência mastigatória em crianças de seis a onze anos. Participaram do estudo 52 crianças de ambos os gêneros com dentição mista, divididas em Grupo Controle e Grupo Bucal. Foram realizadas avaliação miofuncional orofacial, análise do padrão mastigatório com alimentos de texturas diferentes e da eficiência mastigatória. Nesta última, foram utilizados dois métodos: o colorimétrico (cápsulas com grânulos de fucsina) e a mistura de cores após a mastigação de chiclete bicolor. Foi realizado cruzamento dos grupos controle e bucal com as variáveis gênero, oclusão e padrão mastigatório, por meio do teste de X2 ou teste exato do X2 . No cruzamento da variável oclusão e dos grupos controle e bucal com as demais variáveis aplico-se o teste nãoparamétrico de Mann-Whitney. Adotou-se como nível de significância p<=0,05. Não houve associação entre o padrão respiratório e a oclusão e nem entre o padrão respiratório e o padrão mastigatório. Não foram observadas diferenças significativas na eficiência mastigatória entre os grupos, em nenhuma das provas realizadas (p>0,05). Entretanto, foram observadas diferenças na mobilidade de lábios, língua e bochechas entre os grupos controle e bucal, com melhores resultados para o grupo controle (p<0,05). A respiração bucal crônica causa prejuízo ao sistema estomatognático e ao crescimento craniofacial. Porém, no presente estudo não foi observado prejuízo na eficiência mastigatória de crianças respiradoras bucais, quando comparadas às respiradoras nasais
Título em inglês
Masticatory efficiency in mouth breathing children with and without alterations in occlusion
Palavras-chave em inglês
Chewing
Child
Masticatory efficience
Mouth breathing
Occlusion
Resumo em inglês
Breathing is one of the vital functions of the body and should be carried out through the nose. In mouth breathers posture and the normal balance of oral structures are altered, with consequent deleterious effects on the craniofacial growth. The aim of the study was to investigate the relationship between breathing pattern, occlusal change and masticatory efficiency in children aged 6 to 11 years using two different methods. The study included 52 children of both genders with mixed dentition, divided into Control Group and Mouth Group. Was carried out orofacial myofunctional evaluation, chewing pattern analysis with different textures food and analysis of masticatory efficiency with the use of colorimetric method (capsules with fuchsin granules) and by analyzing the color mixing after bicolor gum chewing. Oral and control groups were crosses of with the variables gender, occlusion and masticatory standard, with the X2 test or X2 exact test. At the intersection of variable occlusion and control and mouth groups with the other variables we applied the non- parametric Mann -Whitney test. We adopted p <= 0.05 significance level in all the work. There was no association between breathing pattern and occlusion or with the chewing pattern. No significant differences were observed in the masticatory efficiency between the groups in any of the tests performed (p>0.05). However, differences were observed in the mobility of lips, tongue and cheeks between groups Control and Oral, with better results for the control group (p<0.05). Chronic mouth breathing damages the stomatognathic system and craniofacial growth, however in this study was not observed impairment in masticatory efficiency of mouth breathing children compared to children with nasal breathing
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.