• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.17.2017.tde-20072016-154442
Documento
Autor
Nome completo
Barbara Cristina Zanandréa Machado Cusumano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Felicio, Claudia Maria de (Presidente)
Anastasio, Adriana Ribeiro Tavares
Bataglion, Cesar
Berretin, Giédre
Trawitzki, Luciana Vitaliano Voi
Título em português
Efeito de exercícios motores orofaciais e laserterapia nos sintomas de desordem temporomandibular e funções orofaciais
Palavras-chave em português
Dor
Medição da dor
Terapia a laser
Terapia miofuncional
Transtornos da articulação temporomandibular
Resumo em português
Introdução: Baseado nos achados sobre o efeito analgésico do laser e no fato de que a reabilitação motora é sugerida para o tratamento de desordens de dor musculoesquelética, nossa hipótese foi que a laserterapia (LLLT) combinada com exercícios motores orofaciais potencializaria a reabilitação da desordem temporomandibular (DTM) e poderia promover maior redução dos sinais e sintomas e melhor reabilitação das funções motoras orofaciais do que a LLLT exclusiva ou o protocolo de terapia miofuncional orofacial (TMO) para DTM, previamente descrito. Objetivo: Analisar os efeitos da LLLT combinada com exercícios motores orofaciais (EMO) no tratamento de DTM. Verificar se esse programa de tratamento (LLLT + EMO) apresenta vantagens ou desvantagens em relação às seguintes modalidades: protocolo de TMO completo para DTM; LLLT exclusiva; e LLLT inativa (placebo) combinada com EMO. Verificar se as referidas modalidades de tratamento permitem a recuperação da normalidade no que diz respeito às variáveis envolvidas nesse estudo. Método: Participaram 104 pacientes com DTM, examinados segundo o Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders RDC/DTM e classificados de acordo com o tipo de DTM seguindo o Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorder (DC/TMD). Participaram ainda 20 sujeitos sem DTM, equilibrados por gênero e idade com os grupos experimentais. Os pacientes com DTM foram divididos aleatoriamente em quatro grupos de tratamento com 26 participantes cada: Grupo II, no qual a TMO foi realizada de acordo com protocolo previamente publicado (Felício, 2009; Felício et al., 2010; Felício e Machado, 2012), composto por técnicas de alivio da dor e exercícios motores orofaciais e recuperação das funções; Grupo III que recebeu LLLT combinada com EMO, sendo a sessão iniciada com aplicação do laser de Arseneto de Gálio e Alumínio (AsGaAl) com uma dose de 60 J/cm², na região da ATM e sobre os locais doloridos na musculatura seguida dos EMO; Grupo IV que recebeu LLLT placebo associada a EMO, sendo os mesmos procedimentos do GIII, porém a aplicação do laser foi realizada com a ponta inativa; e Grupo V que recebeu laser de baixa intensidade exclusiva. As medidas de resultados foram: dor à palpação, limiar de dor à pressão, percepção da severidade dos sinais e sintomas de DTM, condição miofuncional orofacial e atividade eletromiográfica. Os grupos de tratamento foram comparados ao grupo controle em cada fase (FD, FF e FS) por meio do teste Kruskal-Wallis Anova by ranks. Também foram comparadas as fases do estudo somente entre os grupos tratados por meio do teste de Friedman. O post hoc teste foi aplicado para diferenças significantes (p < 0,01). Também foi realizada análise intragrupo para os grupos com DTM por meio do teste de Friedman (p < 0,05) e para as diferenças significantes foi calculado o índice Effect size (ES) para medir a magnitude do efeito do tratamento. Resultados: As modalidades com alguma estratégia de alívio da dor (LLLT ou relaxamento e massagens) e EMO combinados (GII e GIII) foram mais efetivas para a redução de sintomas de DTM, sensibilidade à palpação e dificuldade para mastigar, bem como para o aumento do limiar de dor à pressão e a recuperação das funções orofaciais. O GIII apresentou maior equilíbrio entre os músculos temporais e masseteres refletidos pelo índice ATTIV. Entre os outros dois grupos, o GIV (LLLT placebo+EMO) resultou em melhores condições miofuncionais orofaciais e maior redução de dificuldade para mastigar, enquanto o GV (LLLT) produziu maior decréscimo dos sintomas de DTM. A magnitude do efeito do tratamento para sensibilidade à palpação e limiar de dor à pressão foi similar entre estes dois grupos. Conclusão: As modalidades que incluíram estratégias de alívio da dor (LLLT ou relaxamento e massagens) combinadas aos EMO foram mais eficazes. Assim sendo, a combinação de estratégias para o controle da dor e treinamento motor orofacial mostrou-se promissora como uma opção na reabilitação das DTMs crônicas
Título em inglês
Effect of orafacial motor exercises and lasertherapy in the symptoms of temporomandibular disorders and orofacial functions
Palavras-chave em inglês
Laser therapy
Myofunctional therapy
Pain
Pain measurement
Temporomandibular joint disorders
Resumo em inglês
Introduction: Based on previous findings about the analgesic effect of lasertherapy (LLLT) and on fact that, motor rehabilitation is a potential approaches to treat musculoskeletal pain disorders, because altered motor performance may be a factor for the maintenance of pain, we raised the hypotheses that LLLT combined with orofacial motor exercises (OME) may potentiate temporomandibular disorder (TMD) rehabilitation better than either LLLT alone or OME associated with relaxation techniques and massage of the OMT protocol previously described. Objective: To analyze the effects of LLLT combined with OME for the treatment of TMD. To verify if this treatment program (LLLT + OME) has advantages and disadvantages regarding to the others modalities: complete protocol of orofacial myofunctional therapy (OMT) for DTM, only LLLT and inactive LLLT combined with OME. To verify if these treatment modalities allow the recovery of normality regarding to the variables involved in this study. Method: 104 patients with TMD were examined according to the Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders RDC/TMD and classified according to the type of TMD following the Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorder (DC/TMD). Also, 20 subjects without TMD participated, balanced by gender and age with the experimental groups. The TMD patients were randomly divided into four treatment groups with 26 participants in each one: Group II received the OMT performed according to previously published protocol (Felício, 2009; Felício et al., 2010; Felicio and Machado, 2012), consisting of pain relief techniques, OME and recovery functions; Group III was treated with LLLT combined with OME: the session was started with the laser application of gallium arsenide and aluminum (GaAlAs) at a dose of 60 J/cm², in the TMJ region and in painful muscles followed by the OME; Group IV that received LLLT placebo associated with OME and the procedures were the same as GIII, however, the laser application was performed with the inactive tip and; and Group V that received only laser therapy. The outcome measures were pain on palpation, pressure pain threshold, perception of severity of signs and symptoms of TMD, orofacial myofunctional condition and electromyographic activity. The treatment groups were compared to the control group in the phases FD, FF and FS, using Kruskal-Wallis ANOVA by ranks test. Also, the phases of the study were compared only between the treated groups by Friedman test. The post hoc test was applied for significant differences (p <0.01). Intra-group analysis was performed for the TMD groups using the Friedman test (p <0.05) and for significant differences was calculated the Effect size index (ES) to measure the magnitude of effect of treatment. Results: The therapeutic modalities involving some pain-relieving strategy (LLLT or relaxation and massage) and OME combined (GII and GIII) were more effective in reducing symptoms of TMD, tenderness on palpation and difficulty in chewing, as well as, the increase the pressure pain threshold and recovery of functions. The GIII group showed higher balance between temporal and masseter muscles represented by ATTIV index. Between the other two groups, the GIV (LLLT placebo + OME) resulted in better orofacial myofunctional conditions and reduction of difficulty chewing, while the GV (LLLT) produced a greater decrease in symptoms of TMD. The magnitude of the effect of treatment for tenderness on palpation and pressure pain threshold was similar between these two groups. Conclusion: The modalities of treatment that included pain relief strategies (LLLT or relaxation and massage) combined with OME were more effective. Therefore, the combination of strategies for the control pain and orofacial motor training proved to be promising as an option in the chronic TMD rehabilitation
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.