• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2016.tde-07012016-101949
Documento
Autor
Nome completo
Divino José Otaviano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Farias, Kelen Cristina Ribeiro Malmegrim de (Presidente)
Haddad, Simone Kashima
Toledo, Karina Alves de
Título em português
Avaliação sorológica para doenças infecciosas transmissíveis por transfusão em receptores de sangue do Hospital Geral de Palmas - TO
Palavras-chave em português
Avaliação sorológica
Doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue
Hemocomponentes
Receptores de sangue
Segurança transfusional
Transfusão sanguínea
Resumo em português
A legislação brasileira obriga a realização de testes sorológicos em todas as amostras de sangue de doadores, com o objetivo de prevenir a transmissão transfusional de microorganismos causadores de doenças como hepatite B, hepatite C, síndrome da imunodeficiência adquirida (SIDA), doença de Chagas, HTLV I/II e sífilis. Este procedimento é importante, porém não é suficiente para garantir a segurança do procedimento transfusional, sendo assim durante todo o ciclo do sangue, atitudes são adotadas para minimizar sinistros no objetivo final que a transfusão. Para receptores, a mesma legislação só obriga a realização de testes imuno-hematológicos pré-transfusionais, o que não revela o perfil sorológico deles, que por vezes pode ser positivo para algum dos marcadores antes da transfusão. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o perfil sorológico pré-transfusional para doenças infecciosas transmissíveis por transfusão sanguínea em receptores de sangue de um hospital brasileiro de referência, o Hospital Geral de Palmas (HGP), no Estado do Tocantins. Foram realizados testes sorológicos pré-transfusionais para SIDA, hepatite B, hepatite C e sífilis em 514 receptores de transfusão do HGP, no período de fevereiro de 2014 a agosto de 2014. Vinte e nove receptores (5,65%) apresentaram-se reagentes para pelo menos um dos marcadores sorológicos testados. Os receptores apresentaram sorologia positiva para hepatite B (1,57%), hepatite C (0,58%), SIDA (1,17%) e sífilis (2,33%). Dentre os receptores de sangue que apresentaram sorologia positiva para alguma das doenças infecciosas testadas, 37,93% foram atendidos no centro cirúrgico e 27,59% na unidade de tratamento intensivo do HGP. Dentre os receptores com sorologia positiva, 62% não haviam sido transfundidos anteriormente. Este estudo determinou a prevalência de doenças infecciosas em receptores de sangue de um hospital brasileiro de referência, bem como discutiu a viabilidade e importância da implementação de testes sorológicos pré-transfusionais em receptores de sangue no Brasil. A avaliação sorológica pré-transfusional tem grande relevância pois possibilita o diagnóstico precoce de infecções nos receptores de sangue, minimizando assim o risco de comorbidade. Por outro lado, confere uma maior segurança judicial para os Serviços de Hemoterapia e para o Estado, quando da necessidade de esclarecimentos sobre possíveis transmissões de doenças infecciosas por transfusão sanguínea.
Título em inglês
Serologic evaluation for transfusion-transmitted infectious diseases in blood reciepients from the Palmas General Hospital - TO
Palavras-chave em inglês
Blood components
Blood recipients
Blood transfusion
Infectious diseases transmitted by blood
Serological evaluation
Transfusion safety
Resumo em inglês
Brazilian law requires serological tests in all donors of blood samples, in order to prevent transfusion transmission of disease-causing organisms such as hepatitis B, hepatitis C, acquired immunodeficiency syndrome ( AIDS), Chagas disease, HTLV I/II and syphilis. This is important, but not sufficient to ensure the safety of the transfusion procedure, so all the blood cycle, actions are taken to minimize losses in the ultimate goal that the transfusion. For receivers, the same legislation only requires the completion of pre-transfusion immuno-hematological tests, which does not reveal the serological profile of them, which can sometimes be positive for any of the markers prior to transfusion. The objective of this study was to evaluate the pre-transfusion serological profile for transfusion-transmitted infectious diseases in blood recipients from reference Brazilian hospital, Palmas General Hospital (HGP), State of Tocantins, Brazil. Pre-transfusion serological tests for HIV, HBV, HCV and syphilis were performed in 514 transfusion recipients of HGP, from February 2014 to August 2014. Twenty and nine receivers (5.65%) presented reactivity for at least one of the evaluated serological markers. The recipients were positive for hepatitis B (1.57%), hepatitis C (0.58%), AIDS (1.17%), and syphilis (2.33%). Among the blood recipients with positive serology for any of the tested infectious diseases, 37.93% were treated at the surgical center and 27.59% in the intensive care unit of the HGP, and 62% of recipients had not been previously transfused. Thus, this study determined the prevalence of infectious diseases in blood recipients from a Brazilian reference hospital, and discussed the feasibility and importance of implementing pre-transfusion serological tests for blood recipients in Brazil. The pre-transfusion serological evaluation is important because it provides both an early diagnosis of infections in blood recipients, thus minimizing the risk of comorbidity, and a greater legal certainty for Hematology Services and for the State, when clarification about possible transmissions of infectious diseases by blood transfusion are needed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Divino.pdf (1.54 Mbytes)
Data de Publicação
2016-01-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.