• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.17.2020.tde-11022020-165744
Documento
Autor
Nome completo
Cynthia Maria Leão Yamada
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Langhi Junior, Dante Mário (Presidente)
Júnior, Agenor de Castro Moreira dos Santos
Machado Neto, João Agostinho
Santis, Gil Cunha de
Título em português
Estudo de cálculo de dose em transfusão de concentrado de hemácias
Palavras-chave em português
Concentrado de hemácias
Dose
Estratégia transfusional
Hemoglobina
Resumo em português
A transfusão é um dos procedimentos médicos mais comuns em pacientes hospitalizados em todo o mundo. Só no Brasil, em 2016, foram quase 3 milhões de procedimentos transfusionais por todo o país, sendo o hemocomponente mais transfundido, os concentrados de hemácias. As unidades de concentrados de hemácias apresentam grande variabilidade quanto ao seu conteúdo de hemoglobina e esta variação ocorre devido às diferenças de concentrações de hemoglobina dos doadores, das perdas no processo de produção dos hemocomponentes e do tempo de armazenamento. Atualmente, a regra utilizada para a transfusão desse hemocomponente preconiza que cada unidade de concentrado de hemácias eleva as concentrações de hemoglobina do receptor em, aproximadamente, 1g/dL e o hematócrito em 3%, apesar da aproximação ser útil, ela desconsidera as variáveis citadas anteriormente. Assim, uma forma de melhorar a prática transfusional seria transfundir apenas a dose necessária de hemoglobina para cada paciente, contudo, para que isso ocorra alguns aspectos devem ser considerados como: o volume sanguíneo do receptor e o conteúdo de hemoglobina das bolsas de sangue. Dessa forma, o presente estudo se propõe a comparar as transfusões baseadas em unidades e a dose calculada para cada paciente. O objetivo é tentar demonstrar que ao se transfundir utilizando o apenas critério "unidade" os pacientes serão transfundidos além ou aquém do necessário. Para isso, foi conduzido um estudo observacional, no período de Agosto/2018 a Maio/2019, na agência transfusional do Hospital da Região Leste, região administrativa do Paranoá/Distrito Federal. Ao todo foram analisadas 72 requisições de transfusões e um total de 136 bolsas de concentrados de hemácias. A cada solicitação de transfusão, eram dosadas as concentrações de hemoglobina nos concentrados de hemácias, calculadas a dose de hemoglobina e o volume sanguíneo de cada paciente. Os resultados foram tabulados e analisados estaticamente. Ao final do estudo, foi possível observar que, de fato, em 75% dos dados analisados houve transfusão além do necessário quando comparados com a dose calculada. Além disso, foi identificada uma correlação positiva moderada ao se comparar volume sanguíneo do paciente e dose de hemoglobina, indicando que à medida que o volume sanguíneo aumenta, doses maiores de hemoglobina são necessárias para transfusão. Os resultados encontrados, destacam a importância de se considerar o volume sanguíneo do paciente, o conteúdo de hemoglobina e a dose necessária para cada receptor, visando o melhor gerenciamento dos estoques de hemocomponentes e a redução de unidades transfundidas.
Título em inglês
Study of estimated dose in red blood cells transfusion
Palavras-chave em inglês
Dosing
Hemoglobin
Red blood cells
Transfusion strategy
Resumo em inglês
Transfusion is a medical common practice in hospitalized patients and is also greatly used throughout the world. In Brazil alone, in 2016, there were almost 3 million transfusion procedures throughout the country. It is also relevant to highlight that the red blood cell concentrate (RBC) was the most transfused blood component. The units of RBC present great variability in regard to their hemoglobin content, this variation occurs due to differences in donor hemoglobin concentrations, losses in blood component processing and storage time. Currently, there is well stablished conception for this blood component transfusion it states that each unit of red blood cells' concentrate elevates the hemoglobin concentrations of the receptor by, approximately , 1 g/dL and the hematocrit, by 3%. However useful, this notion fails to consider the aforementioned variables. Thus, one way to improve transfusion practice would be to transfuse only the required dose of hemoglobin for each patient. In this case, some aspects must be considered such as: the recipient's blood volume and the hemoglobin content of the blood packed. In this context, the present study focus on comparing two transfusion criteria: the unit-based transfusions and the calculated dose for each patient. The main aim is to demonstrate that using the "unit" criteria for transfusion can result in patients being transfused beyond what is necessary or less than expected. For this, an observational study was conducted from August (2018) to May (2019), at the Hospital of the Eastern Region's transfusion agency, located in Paranoá - Federal District. An amount of 72 transfusion requests and 136 red blood cells concentrates were analyzed. At each transfusion request, the hemoglobin concentrations in the red blood cell concentrates were measured. Also, the hemoglobin dose and the blood volume of each patient were calculated. The results were tabulated and analyzed statically. At the end of the study, it was possible to observe that, in fact, in 75% of the cases, were performed transfusions beyond what was necessary when compared to the calculated dose. In addition, a positive moderate correlation was identified when comparing the patient's blood volume and hemoglobin dose, indicating that as blood volume increases, higher doses of hemoglobin are required for transfusion. The results highlight the importance of considering the patient's blood volume, hemoglobin content and dose required for each recipient, aiming for the better management of blood components and reduction of transfused units.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-05-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.