• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2017.tde-05012017-120803
Documento
Autor
Nome completo
Tracy Kelly Monteiro Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Ana, Lauro Wichert (Presidente)
Moraes, Eder Rezende
Nunes, Altacilio Aparecido
Título em português
Fluxo de planejamento entre arquitetura e engenharia clínica aplicado no projeto do Laboratório de Medicina Nuclear
Palavras-chave em português
Arquitetura
Engenharia Clínica
Gestão
Planejamento
Resumo em português
Particularmente, a área da saúde é a que favorece a junção de diversas tecnologias, como a informática, a engenharia, a arquitetura, o uso da radiação, a bioquímica, dentre outras, ocasionando, portanto, uma adequação dos espaços. Um planejamento correto de uma obra hospitalar é importante para que se possa gerenciar as reformas ou novas construções para que estas não sofram interrupções e não apresentem problemas as pessoas que utilizam esse espaço. Garantindo assim uma qualidade das obras, tendo que o sucesso pode ser medido pelo estudo de alguns pontos, como a finalização do prazo, cumprimento do custo e a obtenção da qualidade planejada. A engenharia clínica e hospitalar é um ramo novo no Brasil, e com isso não há muitos profissionais que atuem nessas áreas, o que pode gerar vários problemas no momento do gerenciamento das obras. Adicionalmente, e aliado ao aumento da complexidade das tecnologias diagnósticas e terapêuticas em saúde, houve a necessidade da participação efetiva de engenheiros clínicos e tecnólogos nos projetos de construção de novas edificações hospitalares. Portanto, deve-se, desde o início do projeto, ter contato entre os setores de arquitetura, engenharia e engenharia clínica. O intuito deste trabalho foi o de realizar uma fundamentação teórica e a partir dela realizar uma avaliação dos setores envolvidos na construção do novo Laboratório de Medicina Nuclear, abordando a importância da execução do planejamento para obras hospitalares e a interdependência dos setores de arquitetura e engenharia clínica dentro do estudo de caso. Os resultados obtidos neste trabalho apresentam que o HCFMRP-USP não tem um planejamento para obras bem desenvolvido, faltando algumas etapas que precisam ser inseridas na rotina dos setores de arquitetura, engenharias e engenharia clínica. Realizando de forma correta o planejamento das obras realizadas, seja somente uma reforma ou uma construção nova, evita que os custos se tornem onerosos e que as obras sofram um atraso muito grande, seja durante o projeto ou durante a construção. Com esse estudo foi possível constatar que há uma carência no setor de planejamento de obras dentro do HCFMRP-USP como também de instituições de saúde de maneira geral, e há necessidade muito grande de realização de mais estudos sobre a gestão de obras, podendo ser uma nova área para que a administração aplique dentro dos setores de saúde. Foi constatado também que é como os setores envolvidos, normalmente, trabalham de forma isolada, dificulta o andamento correto das obras, esse é um outro ponto que deve ser mudando dentro do HCFMRP-USP. Para diminuir os problemas causados pela falta de comunicação e gestão foi proposto dois fluxogramas, um para o andamento dos projetos e outro para o andamento das obras. O perfeito aproveitamento desses fluxogramas devem ser avaliado após a aplicação dele nos devidos setores.
Título em inglês
Planning flow between clinical architecture and engineering applied to the Nuclear Medicine Laboratory project
Palavras-chave em inglês
Architecture
Clinical Engineering
Management
Planning
Resumo em inglês
In particular, the health is favoring the addition of various technologies, such as information technology, engineering, architecture, the use of radiation, biochemistry, among others, causing thus an adaptation of spaces. A correct planning of a hospital work is important so that you can manage the renovations or new buildings so that they don't suffer interruptions and present no problems people using this space. Thus ensuring quality of works, and that success can be measured by the study of some points, such as the completion deadline, compliance costs and the achievement of planned quality. The clinical and hospital engineering is a new branch in Brazil, and that there aren't many professionals working in these areas, which can lead to several problems at the management of the works. Additionally, and coupled with the increasing complexity of diagnostic and therapeutic technologies in health, there was the need for effective participation of clinical engineers and technologists in the construction projects of new hospital buildings. Therefore, it should be from the beginning of the project, have contact between the architectural sectors, engineering and clinical engineering. The purpose of this study was to perform a theoretical basis and from it conduct an assessment of the sectors involved in the construction of the new Nuclear Medicine Laboratory, addressing the importance of implementation planning for hospital works and the interdependence of the architectural sector and clinical engineering in the case study. The results of this study show that the HCFMRP- USP does not have a plan for well-developed works, missing some steps that need to be included in the routine of architectural sectors, engineering and clinical engineering. Realizing correctly the planning of the works, is only a renovation or new construction, prevents the costs become expensive and that the works suffer a very long delay, either during the project or during construction. With this study it was found that there is a shortage in construction planning sector within the HCFMRP- USP as well as health institutions in general, and there is great need for more studies on the management of works and may be a new area for management apply within the health sector. It was also found that is how the sectors involved usually work in isolation, makes the correct progress of the works, this is another point that should be changing within the HCFMRP- USP. To reduce the problems caused by lack of communication and management was proposed two flow charts, one for the progress of projects and the other for the progress of works. The perfect use of these flowcharts should be evaluated after his application in the appropriate sectors.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-02-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.