• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2017.tde-21072016-163423
Documento
Autor
Nome completo
Rui Kleber do Vale Martins Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Pontes Neto, Octávio Marques (Presidente)
Éckeli, Fabiola Dach
Fabio, Soraia Ramos Cabette
Santos, Antonio Carlos dos
Título em português
Preditores de oclusão arterial proximal em pacientes com acidente vascular cerebral de circulação anterior, baseados na avaliação clínica e na tomografia de crânio não-contrastada
Palavras-chave em português
Acidente vascular cerebral
Oclusão proximal
Terapia endovascular
Resumo em português
Introdução: Após os resultados contundentes dos novos estudos de tratamento endovascular no acidente vascular cerebral isquêmico (AVCi), a detecção precoce dos casos de oclusão arterial proximal (OAP) se tornou uma medida fundamental na avaliação inicial de pacientes com isquemia cerebral no pronto-socorro. Todavia, esse diagnostico torna-se desafiador em centros de menor estrutura ou países em desenvolvimento, onde o acesso a neuroimagem vascular, como a angioressonância ou a angiotomografia, é restrito.Objetivos: Avaliar a acurácia da escala do NIHSS e da atenuação da artéria cerebral média na detecção de oclusões proximais no AVC agudo de circulação anterior. Formular um algoritmo de detecção dessas lesões baseado nesses parâmetros.Método: Foram avaliados retrospectivamente 178 pacientes consecutivos com diagnostico de AVCi de circulação anterior, através de registro prospectivo de pacientes admitidos em unidade de emergência de um hospital acadêmico terciário durante o ano de 2014. Os valores de NIHSS da admissão e de atenuação da artéria cerebral media (ACM) na tomografia de crânio não-contrastada (TCNC) foram coletados por dois examinadores cegos para os achados da neuroimagem vascular realizada na admissão. Foram destacados os valores de atenuação absoluta do vaso no lado sintomático (VA) e de atenuação relativa (rVA), através de uma razão entre o lado sintomático e sua área homóloga (imagem em espelho) no vaso contralateral. Modelos de curva ROC, estatísticas C e regressão logística foram usados para definir OAP, através da realização de um escore com os preditores de OAP. Resultados:Os valores de NIHSS e de atenuação da ACM se associaram com a presença de oclusão proximal,com uma área sob a curva de 0,88 (p < 0,001) e 0,76 (p < 0,001). Um NIHSS de 10 na admissão obteve uma sensibilidade e um valor preditivo negativo de 96,7% e 97,4%, respectivamente. Um VA >= 50 obteve uma especificidade e um valor preditivo positivode 93,9% e 81%. O OAP escore, que inclui estes preditores, demonstrou uma acurácia ainda maior na deteção de OAP, através de uma area sob a curva de 0,92 (p < 0,001). Conclusão:Os valores de NIHSS e de atenuação da ACM em TCNC estão relacionados com a presença de OAP na fase aguda do AVC.Escores baseados nesses parâmetros, como o OAP escore, podem ser usados de forma acurada na detecção de oclusão proximal. Mais estudos são necessários para validar o OAP escore em um cenário multicêntrico
Título em inglês
Predictors of proximal artery occlusion in patients with acute ischemic stroke of the anterior circulation based on clinical evaluation and noncontrast brain CT
Palavras-chave em inglês
Endovascular therapy
Proximal artery occlusion
Stroke
Resumo em inglês
Introduction: After the results of the new endovascular trials that demonstrated a robust effect of endovascular treatment for acute ischemic stroke (AIS), early detection of proximal artery occlusion (PAO) has become a fundamental task during the initial assessment of acute stroke patients at the emergency department. Nevertheless, an accurate identification of PAO may be particularly challenging in smaller hospitals and in developing countries, areas with restricted assess to vascular neuroimaging modalities such as CTA and MRA.Objectives: Evaluation of NIHSS and attenuation of middle cerebral artery (MCA) in detecting PAO. Perform an algorithm to identify these lesions. Method:We retrospectively evaluated 178 consecutive patients with AIS of the anterior circulation included in a prospective stroke registry of patients admitted to an academic tertiary emergency unit in Brazil during 2014 that had a NCCT and a CTA at admission. NIHSS scores and attenuation of middle cerebralartery (MCA) on NCCT were collected by two experienced investigators that were blind to the CT angiography findings. We used a ratio between two ROIs (rVA) that were drawn on NCCT blinded to CT angiography: (i) on the region of highest vessel attenuation ipsilateral to the involved hemisphere and (ii) mirror ROI on the corresponding vessel segment of the contralateral hemisphere. We used ROC curve analysis, C-statistics and logistic regression to predict PAO, establishing a predictor score (PAO score). Results: NIHSS and vessel attenuation values were highly associated with the PAO with an area under the curve (AUC) of 0.88 (p < 0,001) and 0.76 (p < 0,001), respectively. An NIHSS of 10 at admission had a sensitivity and negative predictive value of 96,7% and 97,4%, respectively. TheVA >= 50 had specificity and positive predictive value of 93,9% and 81%, respectively. The POA score showed an even higher accuracy for the presence of POA, with an AUC of 0.92 (p < 0,001). Conclusion:NIHSS and CMA vessel attenuation on NCCT valuesare associated to PAO in patients with AIS of the anterior circulation. Algorithms based on these findings could be used to detect PAO in this context. Further studies are necessary to validate the PAO score in a multicenter setting
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-04-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.