• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.18.2004.tde-10062010-103021
Documento
Autor
Nome completo
Silvana Brandão Fontes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2004
Orientador
Banca examinadora
Pejon, Osni Jose (Presidente)
Augusto Filho, Oswaldo
Diniz, Noris Costa
Lorandi, Reinaldo
Vedovello, Ricardo
Título em português
Estudo geoambiental da bacia do Rio Pardo, a partir da compartimentação em Ottobacias - Escala 1:100.000
Palavras-chave em português
Cartografia geotécnica
Compartimentação do meio físico
Metodologia Ottobacias
Zoneamento geoambiental
Resumo em português
Este trabalho apresenta um método de análise e compartimentação do meio físico que combina a subdivisão em Ottobacias (Pfafstetter, 1987) com cartografia geotécnica. Inicialmente a bacia foi dividida em 9 áreas, representadas pelas 4 maiores sub-bacias do rio Pardo e as 5 áreas restantes, denominadas interbacias. Em seguida, as informações dos atributos, substrato rochoso, materiais inconsolidados, declividade, drenagem e landforms, obtidos por técnicas de cartografia geotécnica, foram analisados em cada uma dessas unidades. Aquelas que não apresentaram predomínio de pelo menos 70%, quanto aos atributos analisados, foram subdivididas até atingirem este nível de homogeneidade. Na última etapa, as Ottobacias obtidas foram reagrupadas de maneira a se obter as unidades de compartimentação, respeitando semelhanças entre elas de pelo menos 70% dos atributos analisados. Esta compartimentação conduziu a obtenção de 90 unidades, pertencentes a 15 subgrupos que tiveram suas aptidões e restrições geoambientais analisadas. Este procedimento de compartimentação e análise mostrou-se adequado ao estudo em escala regional, principalmente em bacias de grandes dimensões, como é o caso da bacia do rio Pardo, fornecendo as bases para um estudo geoambiental mais detalhado.
Título em inglês
Geoenvironmental study of Pardo River basin from Ottobacias compartimentalization - scale 1:100.000
Palavras-chave em inglês
Compartimentalization environment
Engineering geological mapping
Geoenvironmental zonning
Ottobacias metodology
Resumo em inglês
This work presents a method of analysis and compartimentalization of the environment that combines the subdivision in Ottobacias (Pfafstetter, 1987) with engineering geological mapping. Initially the basin was divided in 9 areas, represented by the 4 larger Pardo river sub-basins and the remaining 5 areas called interbasins. Furthermore, the characteristics of the attributes, rocky substratum, unconsolidated materials, slope, drains and landforms were obtained by engineering geological mapping and then analyzed in each one of these units. The areas that have not predominance of at least 70%, for the analyzed attributes, were subdivided until reaching this level of homogeneity. In the last stage, the obtained Ottobacias were regrouped in order to have compartiments with similarities at least 70%, considering the analyzed attributes. This compartimentalization leads to the attainment of 90 units. These units belong to 15 sub-groups which their aptitudes and geoenvironmental restrictions were further analyzed. This compartimentalization procedure and analysis were shown to be adequate for regional scales investigation, mainly in basins of great dimensions, as it is the case for the Pardo river basin. This compartimentalization and analyses provide bases for more detailed geoenvironmental studies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese_v1.pdf (11.52 Mbytes)
tese_v2.pdf (18.06 Mbytes)
Data de Publicação
2010-07-06
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • Fontes, Silvana Brandão, and Pejon, Osni José. Proposal of a geo-environmental zoning method based on Ottobasin compartmentalization [doi:10.1007/s10064-008-0161-2]. Bulletin of Engineering Geology and the Environment [online], 2008, vol. 67, p. 555-563.
  • FONTES, S. B., e PEJON, O. J. Mapeamento geotécnico com ênfase em erosões no município de Ouro Preto-Escala 1:5.000. In 9o Congresso Brasileiro de Geologia de Engenharia, São Pedro-SP, 1999. Anais do 9o Congresso Brasileiro de Geologia de Engenharia.São Paulo-SP : Associação Brasileira de Geologia de Engenharia - ABGE, 1999.
  • FONTES, S. B., e PEJON, O. J. Uso da técnica de avaliação do terreno em estudos de zoneamento geoambiental. In 8o Congresso Nacional de Geotecnia, Lisboa, 2002. Anais do 8o Congresso Nacional de Geotecnia.Lisboa, 2002.
  • FONTES, S. B., y PEJON, O. J. Utilización de Landforms En El Estudio de Los Formas Erosivas En El Município de Ouro Preto, Minas Gerais,Brasil-Escala 1:5.000. In XI PANAMERICAN CONFERENCE ON SOIL MECHANICS AND GEOTECHNICAL ENGINEERING, Foz do Iguaçu, 1999. PROCEEDING OF XI PANAMERICAN CONFERENCE ON SOIL MECHANICS AND GEOTECHNICAL ENGINEERING.São Paulo-SP : Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica - ABMS, 1999.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.