• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2017.tde-11072017-111725
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula Pereira Carvalho
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2017
Orientador
Banca examinadora
Pejon, Osni José (Presidente)
Menezes, Denise Balestrero
Nishiyama, Luiz
Título em português
Mapeamento geoambiental do município de Delfinópolis (MG)
Palavras-chave em português
Análise de agrupamentos
Atributos do meio físico
Morfometria
Parque Nacional da Serra da Canastra
PNSC
Resumo em português
O estudo do espaço físico territorial é de extrema importância para o planejamento municipal, principalmente quando se situa no seu limite administrativo uma área protegida. Neste contexto, o mapeamento geoambiental se destaca como uma ferramenta essencial na identificação e delimitação de regiões que apresentam características semelhantes, direcionando de forma rápida e eficiente os órgãos gestores na solução das demandas de cada área. Este trabalho teve como objetivo realizar o mapeamento geoambiental do município de Delfinópolis (MG), na escala de 1:50.000, tendo como base a utilização da análise de agrupamentos para delimitar as áreas com alto nível de similaridade referente às características do meio físico. O município pode ser considerado especial, devido 40,35% da sua área corresponder à unidade de conservação do Parque Nacional da Serra da Canastra (PNSC). O mapeamento teve por base a caracterização física das bacias hidrográficas de até 4ª ordem de ramificação que se encontram totalmente inseridas no município. A análise de agrupamentos das bacias de 1ª ordem foi realizada considerando o percentual de área de três atributos fundamentais do meio físico (materiais inconsolidados, substrato rochoso, e declividade). Já as bacias hidrográficas de 2ª, 3ª e 4ª ordens foram inicialmente agrupadas com base em nove índices morfométricos e posteriormente analisadas frente aos mesmos atributos fundamentais do meio físico. Em todas as análises de agrupamentos foi utilizado o método pareado igualmente ponderado e na análise dos dendrogramas foi estabelecida uma linha de fusão de 20% para identificação das unidades homogêneas e de 80% para os grupos de unidades que apresentam alto nível de dissimilaridade. A integração da análise morfométrica com as informações do meio físico permitiu a delimitação de nove unidades geoambientais com nível de homogeneidade compatível com a escala de mapeamento. A análise dessas unidades mostrou certa compatibilidade das características físicas da zona intangível e da zona de ocupação temporária do PNSC com a unidade UG 8. Com relação às áreas de preservação permanente, nenhuma das unidades obedece totalmente os limites previstos na legislação. Dentre as unidades, duas apresentam-se pouco degradadas, duas encontram-se degradadas e as demais se enquadram em nível regular de degradação.
Título em inglês
Geoenvironmental mapping of the municipality of Delfinópolis (MG)
Palavras-chave em inglês
Attributes of the physical environment
Clusters analysis
Morphometry
National Park Serra da Canastra
PNSC
Resumo em inglês
The study of territorial physical space is extremely important for municipal planning, especially when a protected area is located within its administrative boundary. In this context, the geoenvironmental mapping stands out as an essential tool in the identification and delimitation of regions that present similar characteristics, directing public management quickly and efficiently in the solution of the demands of each area. The objective of this work is to perform the geoenvironmental mapping of the city of Delfinópolis (MG), in the scale of 1: 50.000, based on the use of cluster analysis to delimit the areas with high level of similarity referent to the characteristics of the physical environment. The municipality can be considered special, since 40,35% of its area corresponds to the conservation unit of National Park Serra da Canastra (PNSC).The mapping was based on the physical characteristics of the watersheds up to the 4th order of ramification that are totally inserted in the municipality. The analysis of groupings of the 1st order basins was performed considering the percentage of area of three fundamental attributes of the physical environment (unconsolidated materials, geology, and slope).The 2nd, 3rd and 4th order watersheds were initially grouped based on nine morphometric indices and later analyzed against the same fundamental attributes of the physical environment. In all cluster analysis, we used the unweighted pair-group method and in the analysis of dendrograms a 20% melting line was established to identify the homogeneous units and 80% of the groups of units with a high level of dissimilarity.The integration of the morphometric analysis with the information about the physical environment allowed the delimitation of nine geoenvironmental units with level of homogeneity compatible with the scale of mapping.The analysis of these units showed the similarity of the physical characteristics of the intangible zone and the temporary occupation zone of the PNSC with the unit UG 8.In relation to the areas of permanent preservation, none of the units fully obey the limits established in the legislation. Among the units, two are poorly degraded, two are degraded and the other ones fall into a regular level of degradation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
anapaula.pdf (12.22 Mbytes)
Data de Publicação
2017-07-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.